Guerra na Ucrânia

Na manhã de 24 de fevereiro, pelas 5h50 de Moscovo, Vladimir Putin dirigiu-se aos seus compatriotas para anunciar o que há semanas os governos europeus e norte-americano vinham a antecipar, mas que o Kremlin insistiu em classificar como “especulações provocatórias“:  a Rússia invadiu a Ucrânia.

Siga, abaixo, o desenrolar do conflito.

Guillaume Galdrat / Flickr

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE