Putin anunciou mobilização militar. Há 20 países onde isso nunca aconteceria

Presidente da Rússia exige presença de militares na reserva, mas há Estados que nem têm exército. EUA tem a maior força militar do planeta há muitos anos.

As forças armadas da Rússia, aparentemente, já não são suficientes para os objectivos de Vladimir Putin e seus aliados, no conflito na Ucrânia.

Nesta quarta-feira o presidente da Rússia anunciou uma “mobilização militar parcial” dos militares na reserva. 300 mil pessoas deverão combater, nesta nova chamada.

A Rússia é a segunda maior potência militar no planeta, atrás dos Estados Unidos da América e à frente da China.

Um pódio que se mantém, por esta ordem, há 15 anos, de acordo com a tabela do Global Fire Power.

Nessa tabela não aparecem 20 países. Em qualquer posição. Porque…nem têm forças armadas.

Entre os países/micro-estados que não têm militares, há cinco que se situam na Europa.

Andorra é o caso mais próximo de Portugal. Aqui até há um exército, mas voluntário e com compromissos relacionados apenas com cerimónias, eventos. Espanha e França defenderão o território, em caso de ataque.

O Mónaco ainda teve forças armadas até há 400 anos. Mas agora limita-se a duas unidades: uma para proteger o Príncipe local e outra de bombeiros. A defesa do país cabe à França.

Um pouco mais a Leste, o Vaticano, o menor território do mundo onde o Papa é protegido pela Guarda Suíça.

Outro país muito pequeno, o Liechtenstein, deixou de ter exército há 150 anos porque era muito caro.

Mais a Norte, na Islândia, também não há exército há muitos anos – mas o país está “protegido” por ser membro da NATO.

De resto, os outros países sem exército são quase todos ilhas pequenas, ou na América Central, ou na Oceania. Com uma excepção.

O país talvez mais conhecido é a Costa Rica. Que tem um contexto curioso: em 1949 a formação de um exército foi proibida pela Constituição.

Na América Central estão também Dominica, Grenada, Panamá, Santa Lúcia e São Vicente e Granadinas – todos sem exército.

Na Oceania não há forças armadas em: Samoa, Tuvalu, Kiribati, Ilhas Salomão, Ilhas Marshall, Nauru, Palau e Vanuatu.

A excepção destes dois grupos é uma ilha a meio do Oceano Índico, perto de África: Maurícia.

  Nuno Teixeira da Silva, ZAP //

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.