Espiões já estarão a estudar como assassinar Putin — mas o golpe pode vir do Kremlin

16

Mikhail Klimentyev / Sputnik

O Presidente russo, Vladimir Putin.

Um antigo espião francês, perito em assassinatos, diz que já haverá planos em curso para assassinar Vladimir Putin — mas que o golpe deverá vir de dentro do Kremlin.

A invasão da Ucrânia pela Rússia levou uma panóplia de países a condenar as ações do Presidente russo, Vladimir Putin, que governa o país com mão de ferro há quase dez anos. Poderá o fim da guerra passar pelo assassinato do líder russo?

Um antigo agente admite que haverá agências de espionagem a esboçar planos para matar o Presidente russo.

“A operação está em cima da mesa de todas as agências de inteligência”, disse um veterano agente da Direção Geral de Segurança Externa de França (DGSE) ao The Daily Beast. “Eu sei disso porque costumava planeá-las”, disse o agente em anonimato.

Diplomaticamente, o eventual assassinato de Putin nunca é posto em questão, visto que seria um ponto sensível que poderia agravar o clima de tensão atual. Este é, regra geral, um tema discutido fora dos holofotes da imprensa.

O espião especialista em eliminação, agora reformado, disse que o método mais eficiente para assassinar Vladimir Putin seria com veneno.

“A tentativa será de dentro do Kremlin. Este não é um trabalho de fora”, disse o espião ao The Daily Beast.

“A inteligência russa é provavelmente a única que resta a usar veneno”, diz o francês. Vários inimigos do Kremlin foram assassinados desta forma, desde o desertor da KGB Nikolai Khokhlov (café misturado com tálio) ao candidato presidencial ucraniano Viktor Yushchenko (jantar temperado com dioxina).

Mas a tarefa de assassinar Putin está longe de ser fácil. O líder russo está nas sombras da guerra e, de acordo com uma fonte do governo russo, Putin terá despedido as cerca de 1.000 pessoas — de cozinheiros a guarda-costas — que trabalhavam para si e substituiu-as.

“Duvido que Putin viaje longe de veículo. Não há veículo blindado que possa sobreviver a algumas toneladas de explosivos enterrados na rua”, disse o ex-espião gaulês.

Desta forma, matar o Presidente russo “será um trabalho caro, uma fortuna”, acrescenta o agente, salientado que já deve haver uma cifra fixada.

  Daniel Costa, ZAP //

16 Comments

  1. Também acredito que ele vai acabar por cair por dentro. O descontentamento entre oligarcas e população é seguramente enorme. Pode ter os dias contados.

  2. A forma leviana como se fala (e normaliza a ideia ) de um assassinato, só porque este sr pisa os interesses da ordem mundial (que comete exatamente os mesmos pecados).

    Enganam-se se pensam que existem os bons e os maus.. são todos maus

    Liberdade para a Palestina! não sejam fantoches..

  3. Se for necessário também dou já o meu singelo contributo monertário para se arranjar dinheiro para “arrumar” com este louco perigosíssimo.

  4. Seria um exemplar serviço prestado aos ucranianos, aos russos e ao mundo em geral, com esta guerra para além das mortes de parte a parte e dos prejuízos materiais, ele consegue afastar ainda mais os cidadãos das duas nações e aumentar a desconfiança acerca da Rússia por todos os seus vizinhos de países livres, acabando por isolar Rússia perante quase todas as nações do mundo.

  5. é impressionante como se fala do assassinato de um chefe de Estado de um outro país com esta veleidade quando nem sequer estando em guerra com outro país este chefe de Estado pede o assassinato do chefe de Estado desse mesmo país.

    o que seria se pedissem ou noticiassem o assassinato de um qq chefe de Estado de um país da NATO nomeadamente o POTUS.

    • Oh, coitadinho do Putin… o ditador louco ameaça todo o mundo com armas nucleares e nos temos que baixar a calças e aceitar tudo o que esse “animal” exigir?!
      É já a seguir…

  6. Vemos por aqui alguns comunistas a defender o Sr. Putin, todos com uma grande moral e defensores da vida. Não os vejo falar assim dos milhares de ucranianos e russos que morreram e vão morrer por causa do Sr. Putin. Hà pessoas que podem e devem morrer pois isso será uma benesse para toda a raça humana. Hitler, Estaline, Sadan, Bin Laden, Mao, e muitos mais… Putin com esta guerra colocou-se entre eles, antes era um vulgar ditador que assassinava e mandava prender que se lhe opunha, mas aumentou a parada e subiu para a classe de criminoso de guerra .

  7. Fico francamente incomodado quando um orgão de comunicação social fala do assassinato de um chefe de estado, como se fosse a coisa mais natural do mundo. O que revela a que ponto os EUA e a Europa estão desesperados com uma iniciativa militar que não esperavam, e que lhes vai estragar todo o arranjinho estratégico na forja há mais de duas décadas.

  8. Os que opinam contra a europa e nato, assim como EUA, tem todo o direito de o fazer, mas nao saem de cá para viver em regimes como o Russo, sabe-lhes bem o conforto e segurança propircionado pelo ocidente. Cospem no prato onde comem!
    São meninos de copo de leite qud se houvissem um rebentamento de um missil choravam baba e ranho.
    Hipócritas.

  9. Sem querer ofender ninguém, as inteligências que aqui estão a pregar contra o ocidente, caso putin disparasse as 6000 mil ogivas nucleares, como tem ameaçado, mantinham a mesma opinião?O problema de doentes totalitários é esse ?

    A palestina está errado
    O estado islâmico está errado
    As ditaduras está errado

    O ocidente alimentar guerras está errado

    O PUTIN Está ERRADO

  10. Já agora as guerras que a russia tem alimentado, por ex na republica centro africana pelos recursos foi igual ao que o ocidente tem feito noutros lados, por isso quem aqui critica europa e estados unidos, pense que a Rússia fez igual.

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.