Serviços secretos de Kiev alertam que conflito irá durar (pelo menos) até ao final do ano

1

Atef Safadi / EPA

“Putin não vai desistir” disse Vadym Skibitsky, operacional dos serviços de informações ucranianos, que garante que o conflito irá durar, pelo menos, até ao final do ano.

Os serviços de informações ucranianos revelaram, esta sexta-feira, que a guerra pode prolongar-se até, pelo menos, ao final de 2022. Segundo argumentam, o Presidente russo não está disposto a desistir dos seus planos de conquista.

Putin não vai desistir dos seus planos, esta guerra vai arrastar-se”, alertou Vadym Skibitsky, funcionário dos serviços secretos militares ucranianos, em declarações à comunicação social, citadas pelas agências internacionais.

Vadym Skibitsky acrescentou ainda que Putin não está a ouvir ninguém que tente convencê-lo a acabar com o conflito.

Não confia em ninguém, não ouve ninguém. Tem os seus próprios planos para a restauração do império russo”, assegurou o operacional ucraniano.

“O seu plano é governar a Rússia até à sua morte, exclui um cenário que prevê um sucessor”, garantiu Skibitsky.

Segundo o operacional ucraniano, os planos imediatos de Moscovo passam por cercar as forças ucranianas e alcançar as fronteiras dos territórios ocupados.

Analistas ocidentais têm garantido que a Rússia se está a preparar para uma guerra prolongada. Tudo indica que Moscovo estará a apostar numa “guerra de desgaste“.

  ZAP //

1 Comment

  1. A sucessão interminável de agressões Russas só termina quando a Rússia for derrotada. Até lá, a guerra não acaba, pois o aparente final duma guerra é apenas uma pausa para retomar fôlego e iniciar a próxima.
    Ou, como disse alguém: A guerra termina quando Putin perder.
    Aprecio muito os genuinos protestos contra a guerra e pela Paz. Aprecio todos, mas aprecio sobretudo os que ocorrem na Rússia, pois apenas a Rússia pode parar a guerra que começou. Os que ocorrem no Ocidente, se dificultarem a tarefa de travar Putin, arriscam-se a ser efectivamente promotores de mais guerra.

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.