Crise no Governo

José Sena Goulão / LUSA