Rio destaca “esmagamento da esquerda” e pede a Marcelo para ser “um bocadinho mais exigente”

PSD / Flickr

O líder do PSD, Rui Rio

“A marca mais forte” destas eleições presidenciais é “a derrota do PS”. A análise é de Rui Rio, presidente do PSD, que fala do “esmagamento da esquerda” e da “vitória do candidato do centro”, apelando ao reeleito Marcelo Rebelo de Sousa para ser “um bocadinho mais exigente com o Governo”.

Rio começa por dar os parabéns a Marcelo Rebelo de Sousa pela reeleição para o segundo mandato como Presidente da República e destaca que “se há alguém derrotado é o PS” por “falta de comparência” por não ter apoiado nenhum candidato.

O líder dos sociais-democratas também sublinha o que define como o “esmagamento da esquerda”, considerando que “os candidatos à esquerda” não vão conseguir “passar muito para lá dos 20%”.

Portanto, os “outros 75% são não de esquerda”, constata, frisando que “a direita e a extrema-direita” só tiveram 14%.

Sobre André Ventura, Rio refere que “ficou à frente do PCP no Alentejo todo” e que ficou “em terceiro lugar nos Açores”, atrás de Ana Gomes, Arquipélago onde o PSD foi muito criticado pelo acordo de Governo que assinou com o Chega.

Rio constata que Ventura obteve “uma votação com algum significado, mas não é absolutamente brutal”. E, portanto, diz que não fica “particularmente preocupado”.

“Há uma marca fortíssima: a vitória é do candidato do centro, Marcelo Rebelo de Sousa”, vinca também Rio, reforçando que o PSD não apoiou “um candidato de direita nem de esquerda”, mas “um candidato moderado de centro”.

Perante esta reeleição, Rio assume que gostaria que, “neste segundo mandato, Marcelo Rebelo de Sousa fosse um bocadinho mais exigente com o Governo“.

Susana Valente Susana Valente, ZAP //

PARTILHAR

6 COMENTÁRIOS

  1. Este senhor ainda não percebeu que PR não é esquerda ou direita mas sim a pessoa que se candidata!
    Esmagamento, realmente aproveita tudo para tentar que não se perceba que o psd desde que o passos o destruiu já não é o que era, se é que alguma vez foi alguma coisa de bom para o país!

  2. Este gajo ou é burro, ou quer fazer dos portugueses burros.
    Primeiro não se pode ligar a vitória de Marcelo a uma “derrota na esquerda” já que a maioria dos votantes de Marcelo terá sido do PS…. ou, onde é que essa cabecinha pensadora vai arranjar 60% de eleitores do PSD?
    Segundo as ultimas sondagens o PS terá já ultrapassado os 40% de intenções de voto… se desses, votaram 30% em Marcelo +25% (intenção de voto no PSD)+5% (PCP,BE)… será igual a 60%
    Ainda ficam 10% do PS para Ana Gomes que teve o apoio de PAN e mais alguns do PCP e BE…
    NÃO SEI ONDE ESTE GAJO VÊ UMA DERROTA DA ESQUERDA!!!

  3. Vamos lá ver afinal quem foi derrotado? só não ganhou o PS porque para Presidente não se tem hipote-se de fazer uma giringoça se não era o António Costa Presidente porque neste País não é importante ganhar as eleições.
    Lembrem-se que o A Costa quando andava na Universidade sempre n/ disse 1º vou ser presidente da Camara de Lisboa depois vou ser 1º Ministro e depois vou ser Presidente da Republica por essa razão se formou um governo 1ª Ministra Catarina Martins Vice 1ª ministra Maria Mortágua e A Costa Marcting e Publicidade

RESPONDER

Governo aprova 11 milhões de euros para SIRESP de indemnização compensatória

A indemnização compensatória foi aprovada no dia em que o Presidente da República promulgou o decreto-lei que define o modelo transitório de gestão, operação, manutenção, modernização e ampliação da rede de comunicações do Estado SIRESP. O …

Tal como os humanos, há animais que podem sofrer ataques cardíacos (mas é raro)

Todos os dias milhões de pessoas no mundo são vítimas de ataques cardíacos. Mas será possível que também os animais possam passar por isto? Um ataque cardíaco ocorre quando um vaso sanguíneo que distribui sangue oxigenado …

Antigos corais revelam terramoto em "câmara lenta". Durou 32 anos

Uma equipa de investigadores descobriu um terramoto em "câmara lenta" que durou 32 anos - o mais lento já registado. O sismo levou eventualmente ao catastrófico terramoto de Sumatra em 1861. Terramotos de "câmara lenta" ou …

Astrónomos encontram uma das mais antigas estrelas do Universo

Uma equipa de investigadores descobriu uma estrela gigante vermelha a 16 mil anos-luz de distância que parece ser um membro da segunda geração de estrelas do Universo. Embora tenhamos uma boa compreensão da forma como o …

Marinha dos EUA está a desenvolver drones para matar ovos em ninhos de pássaros selvagens

A Marinha norte-americana e a empresa Hitron Technologies uniram esforços para desenvolver um drone autónomo projetado especificamente para procurar e destruir o maior inimigo da Marinha: os pássaros. Os drones, que estão já a ser testados …

Cientistas criam hologramas que se movem pelo ar

Uma equipa de cientistas da Universidade Brigham Young, nos Estados Unidos, conseguiu desenvolver um holograma que projeta imagens em movimento. Se é fã de Star Treck, ficará impressionado com a mais recente inovação. Um grupo de …

Gangue detido por falsificar a especiaria mais cara do mundo

As autoridades espanholas detiveram um gangue que fazia milhões de euros por ano a falsificar a especiaria mais cara do mundo: o açafrão. Os 17 membros da quadrilha foram detidos na região de Castela-Mancha. Os criminosos …

Santuário medieval recebe escultura em pedra que usa máscara contra a covid-19

Uma catedral histórica do Reino Unido renovou um santuário do século XIV, acrescentando um detalhe que coloca em evidência o momento pandémico que o mundo vive. Agora, a nova escultura está a usar uma máscara …

Aos 10 anos, Adewumi chegou à elite mundial do xadrez (e fugiu ao Boko Haram)

Tanitoluwa Adewumi foi perseguido pelo Boko Haram, fugiu da Nigéria e foi sem-abrigo nos Estados Unidos. Agora, com apenas 10 anos, chegou à elite mundial do xadrez. Grande Mestre é um dos títulos vitalícios concedidos pela …

Hegemonia económica da China cada vez mais longe. Queda demográfica coloca Pequim sob pressão

O objetivo do país é tornar-se na maior potência económica do mundo nos próximos anos, mas a corrida pela hegemonia - disputada com os EUA - pode não ser uma meta fácil de alcançar. O …