Sem cartadas na manga, Ana Gomes registou a “hostilidade” da direção do PS

rtppt / Flickr

Ana Gomes, candidata à Presidência da República

Ana Gomes não guarda cartadas na manga, mas “regista” o silêncio de António Costa e a hostilidade à sua candidatura, depois de ter ficado em segundo lugar nas eleições presidenciais.

“Desculpem os erros que cometi – nunca consegui desencantar vacina contra alguma propensão marginal para a asneira…”

Esta é uma das frases que surge na carta de quatro páginas que Ana Gomes enviou, na quarta-feira, a todos os apoiantes e membros da equipa que a acompanhou na campanha eleitoral.

Da filha ao enteado; dos autarcas e deputados do PS até aos membros do Livre e do PAN; dos amigos e conhecidos aos ecos que o “bom PS” lhe fazia chegar: o agradecimento de Ana Gomes foi, de acordo com o Observador, humorado e até emotivo.

Esta sexta-feira, o Expresso avança que a candidata presidencial vai agora dedicar-se à escrita. Ana Gomes vai escrever um livro de memórias sobre o processo de independência de Timor e, na manga, não tem “nenhuma jogada”. Ainda que não se considere “calculista”, diz ter registado o silêncio da direção do PS.

“Sei com quem estou a lidar. E não tive apenas o não-apoio do PS à minha candidatura. Tive a hostilidade da direção do meu partido“, disse, em declarações ao semanário.

Ana Gomes ficou em segundo lugar nas eleições de domingo passado e acusou António Costa de uma “deserção” da corrida às presidenciais. Na noite eleitoral, o atual primeiro-ministro não dirigiu uma única palavra à militante socialista e o silêncio mantém-se até hoje.

“Não me surpreende, sei com quem estou a lidar“, reagiu Ana Gomes ao semanário, que escreve que a antiga eurodeputada “regista” todos os sinais recebidos, mas não tem planos para uma atuação imediata.

Ana Gomes diz que nunca sentiu “falta de apoios” do interior do PS. Pedro Nuno Santos é um dos mais fortes apoios públicos e, recentemente, a diplomata retribuiu-lhe a confiança política, garantindo ser o ministro das Infraestruturas o seu candidato à liderança socialista.

É certo que Pedro Nuno Santos lidera a ala mais à esquerda do PS, mas, segundo o Expresso, ainda não é o momento de descartar Ana Gomes de uma possível corrida.

“Não estou reformada e nunca me reformarei da política”, disse a candidata no final da noite eleitoral, da qual se despediu com um “até à próxima”. No inner circle da candidatura, parece certo que “é bem possível que ela avance“.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Portugueses esperam quase até aos 40 para comprar casa

Um barómetro que avalia a preferência dos consumidores na hora de comprar um imóvel indica que a maioria dos portugueses só liquida o crédito à habitação após a reforma. O indicador destaca ainda que os portugueses …

Moedas fecha lista para a Câmara de Lisboa

O candidato à Câmara de Lisboa, Carlos Moedas, já fechou a equipa que o vai acompanhar nas próximas autárquicas. O anúncio de que a lista de Carlos Moedas para a Câmara de Lisboa está fechada será …

Abaixo-assinado apelida Bolsonaro de genocida após 550.000 mortes no Brasil

Dezenas de personalidades e organizações da sociedade civil portuguesa subscreveram um abaixo-assinado de solidariedade internacional para com o Brasil, no qual apelidam o Presidente, Jair Bolsonaro, de "genocida" após mais de 550.000 mortes devido à …

Jovens com 18 ou mais anos já podem agendar a vacina contra a covid-19

O autoagendamento da vacina contra a covid-19 para pessoas com 18 ou mais anos ficou disponível, esta quarta-feira, no portal da Direção-Geral da Saúde (DGS). "O auto-agendamento para os utentes com idade igual ou superior a …

Juiz Carlos Alexandre aceita proposta de pagamento de caução de Joe Berardo

O juiz Carlos Alexandre aceitou, esta quarta-feira, a proposta e a forma de pagamento da caução de cinco milhões de euros apresentada pelo empresário madeirense no processo da Caixa Geral de Depósitos. A decisão favorável do …

Mais 13 mortes e 3452 casos de covid-19 nas últimas 24 horas

Portugal registou, esta quarta-feira, mais 13 mortes e 3452 casos de infeção pelo novo coronavírus, segundo o último boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). De acordo com o último boletim da DGS, dos 3452 novos …

MPT junta-se a PDR e pedem que Nós, Cidadãos! seja banido das autárquicas pelo TC

O MPT juntou-se ao PDR e ambos pedem que o Nós, Cidadãos! seja impedido de "apresentar candidaturas" às eleições autárquicas de setembro. Em junho, o PDR deu entrada com um pedido no Tribunal Constitucional (TC) para …

Relatório revela envolvimento da Igreja Católica em 100 casos de pedofilia na Polónia

Uma comissão estatal que analisou as denúncias de crimes de pedofilia registadas na Polónia entre 2017 e 2020 denunciou na terça-feira que quase um terço dos casos estudados, num total superior a 300 processos, envolvem …

Polícias voltam aos protestos por causa do subsídio de risco em dia de nova reunião com o Governo

Elementos da PSP e da GNR voltam esta quarta-feira aos protestos por causa do subsídio de risco, uma concentração que vai decorrer enquanto os sindicatos e associações socioprofissionais estão reunidos no Ministério da Administração Interna …

Vieira continua em domiciliária. MP vai pedir reforço de garantias de caução

O Ministério Público (MP) vai pedir reforço de garantias de caução por entender que o uso das ações da SAD do Benfica não é a forma apropriada. O Correio da Manhã avança, esta manhã, que o …