Nas presidenciais, os jovens votaram menos em Marcelo e André Ventura

António Cotrim / Lusa

Os jovens portugueses, entre 18 e 30 anos, votaram menos em Marcelo Rebelo de Sousa e em André Ventura do que a restante população, nas eleições presidenciais de janeiro, e colocaram João Ferreira na última posição.

Segundo uma sondagem do Conselho Nacional de Juventude (CNJ), realizada pela Universidade Católica, cerca de metade desta fatia do eleitorado participou no sufrágio de 24 de janeiro (entre 45 e 52%), no qual se registou um recorde de abstenção global de 60,74%, sendo o índice de participação oficial do universo de cidadãos inscritos de apenas 39,26%.

O estudo estima que o recandidato Marcelo Rebelo de Sousa, apoiado oficialmente por PSD e CDS-PP, obteve menos três pontos percentuais (58%) entre os jovens, o mesmo sucedendo com o líder do Chega, André Ventura (9%).

Quem tem ainda menos votos entre os eleitores até aos 30 anos é o dirigente comunista João Ferreira, com menos um ponto percentual, mas relegado para a sétima e última posição em vez do quarto lugar obtido nas urnas.

A ex-eurodeputada socialista Ana Gomes (PAN, Livre), entre os jovens, obteve mais um ponto percentual (14%), tal como a sua antiga colega bloquista em Bruxelas, Marisa Matias, também com mais um ponto percentual (5%) e ascendendo assim ao quarto lugar.

O advogado e fundador da Iniciativa Liberal Tiago Mayan Gonçalves granjeou igualmente mais votos entre os cidadãos mais novos, aumentando o pecúlio em dois pontos percentuais (5%), bem como o calceteiro e líder do RIR, Vitorino Silva, com mais um ponto (4%).

Os resultados da sondagem foram calculadas “com base nas estimativas da população publicadas pelo Instituto Nacional de Estatísticas (INE), de 15 de junho de 2020, os resultados eleitorais oficiais Presidenciais 2021, de 04 de fevereiro e os dados da sondagem realizada à boca das urnas no dia das eleições”.

“Os resultados refletem o afastamento dos jovens em relação à política, o que é particularmente preocupante, pois conduz ao empobrecimento da democracia”, declarou o presidente do CNJ, João Pedro Videira, citado em comunicado.

Segundo este responsável, “é urgente encontrar soluções que promovam a participação das gerações mais jovens nos momentos eleitorais por forma a reverter esta tendência”, a qual, segundo Videira se deve a “polarização da política, a não identificação dos jovens com a classe política e o sentimento de que o seu voto não terá impacto no resultado das votações”.

Oficialmente, segundo a Comissão Nacional de Eleições, Marcelo Rebelo de Sousa obteve um total de 2.531.692 votos (60,66%) no universo de 4.258.356 votantes.

Com 10.847.434 cidadãos eleitores inscritos, a abstenção saldou-se em 60,74%, o valor mais alto de sempre em Presidenciais.

A Ana Gomes ficou na segunda posição, com 540.823 votos (12,96%), seguida do deputado único do partido da extrema-direita parlamentar, André Ventura, com 497.746 (11,93%).

O eurodeputado e vereador lisboeta do PCP, João Ferreira, alcançou 179.764 votos (4,31%), enquanto a sua homóloga do BE, Marisa Matias, conseguiu 165.127 (3,96%).

Tiago Mayan quedou-se pela sexta posição, com 134,991 (3,23%) e o ex-autarca socialista “Tino de Rans” foi o último classificado, com 123.031 (2,95%).

Registaram-se ainda 47.164 votos em branco e outros 38.018 nulos. Estes dois tipos de boletins juntos correspondem a mais de 85 mil, ou seja, 2%.

Lusa // Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Um reparo apenas: Se referem o Chega como partido de extrema direita parlamentar, por igualdade de tratamento deveriam chamar ao BE e ao PCP partidos de extrema esquerda…

RESPONDER

Já pode "adotar" um pedaço de Notre-Dame para ajudar na sua reconstrução

Uma organização está a dar a oportunidade de o público ajudar na reconstrução de artefactos específicos da catedral de Notre-Dame, em França, que foi parcialmente destruída por um incêndio em 2019. De acordo com a cadeia …

Proporção divina identificada na gerbera

Descobrir como se formam os padrões distintos e omnipresentes das cabeças das flores tem intrigado os cientistas há séculos. Quando se pede a alguém que desenhe um girassol, quase todas as pessoas desenham um grande círculo …

Audi apresenta o novo Q4 e-tron que traz uma autonomia até 520 km

Ainda antes do verão, a Audi vai colocar no mercado o seu primeiro SUV elétrico concebido de raiz e não adaptado a partir de uma plataforma concebida para motores a combustão. O Q4 e-tron destaca-se pela …

Vanuatu em alerta depois de um corpo com covid-19 ter dado à costa

Vanuatu proibiu viagens de e para a sua principal ilha três dias depois de ter dado à costa um corpo de um pescador filipino, que testou positivo à covid-19. De acordo com a Radio New Zealand, …

Cientistas russos querem criar a primeira vacina comestível contra a covid-19

O Instituto de Medicina Experimental de São Petersburgo, na Rússia, anunciou o seu plano de concluir dentro de um ano os testes pré-clínicos da primeira vacina comestível do mundo contra o novo coronavírus. Em entrevista à …

Em plena crise política, o país mais pobre das Américas ainda não recebeu nenhuma vacina

Numa altura em que a maior parte dos países já têm o processo de vacinação a decorrer, o governo do Haiti ainda não garantiu uma única dose da vacina contra o coronavírus. O país mais pobre …

Afinal, Leonardo da Vinci não esculpiu o busto de Flora

Está terminada a controvérsia que durou mais de cem anos após a aquisição do Busto de Flora em 1909, por Wilhelm von Bode. A datação por radiocarbono revelou, recentemente, que a obra não foi …

Crise climática "implacável" intensificou-se em 2020, diz relatório da ONU

Houve uma intensificação "implacável" da crise climática em 2020, com a queda temporária nas emissões de carbono devido ao confinamento a ter um impacto pouco significativo nas concentrações de gases de efeito de estufa, revelou …

Já se sabe o que causou a misteriosa "tempestade de asma", que vitimou dez pessoas em 2016

Em 2016, na cidade de Melbourne, aconteceu o evento de "tempestade de asma" mais grave do mundo. Os cientistas descobriram agora o culpado. No dia 21 de novembro de 2016, as urgências de um hospital em …

Carlos César reivindica papel do PS na construção da democracia e no combate à corrupção

O presidente do PS defendeu, esta segunda-feira, que se deveu ao seu partido o aprofundamento da democracia e os avanços no combate à corrupção, embora admitindo desvios", "erros" e "omissões num ou outro momento da …