PS diz que Marcelo deve vitória aos socialistas (e cobra-lhe apoio em tempos difíceis)

António Cotrim / Lusa

O presidente do PS, Carlos César

“A democracia venceu na primeira volta e o extremismo de direita foi derrotado”. É desta forma que o presidente do PS, Carlos César, comenta os resultados das eleições presidenciais ganhas por Marcelo Rebelo de Sousa, considerando que o Presidente da República deve a reeleição aos socialistas.

“Os eleitores socialistas conferiram, de forma esmagadora, o seu apoio a Marcelo Rebelo de Sousa”, aponta Carlos César na reacção do PS aos resultados das eleições presidenciais 2021.

O presidente do PS quis vincar que Marcelo deve a reeleição aos socialistas e, especialmente, à estratégia de António Costa que lhe deu o seu apoio, recusando apresentar um candidato próprio e negando apoio a Ana Gomes.

Carlos César considera que os eleitores socialistas “terão também, de forma significativa, votado em Ana Gomes”. Mas não duvida de que é “aos eleitores socialistas que se deve esta vitória da democracia e, sobretudo, que a democracia tenha saído vencedora logo à primeira volta“.

Destacando que Marcelo Rebelo de Sousa mereceu “a confiança e o voto dos eleitores do PS”, Carlos César salienta ainda que “fez bem o PS, valorizando a condição unipessoal e não partidária da eleição, em deixar ao critério de cada um dos seus dirigentes e eleitores a avaliação dos méritos das candidaturas”, sem apoiar oficialmente qualquer candidato.

Felicitando “de forma especial” Marcelo Rebelo de Sousa pela reeleição “com uma margem folgada”, César também nota que é a vitória de uma candidatura que “satisfez a escolha dos que, mais à esquerda ou mais ao centro, apreciaram uma forma aberta e próxima das pessoas no exercício do cargo de Presidente da República e que apreciam a moderação, a ponderação e o equilíbrio nas decisões, para além de uma capacidade alargada de diálogo, de procura de convergências, de aposta na estabilidade política, envolvendo todas as forças partidárias e todos os parceiros sociais”.

Portanto, foi também uma vitória do PS e do Governo, interpretando as palavras de Carlos César.

O presidente do PS também faz questão de deixar recados a Marcelo, salientando que a sua vitória “é uma boa notícia” para “a confirmação do regime democrático” e para a “valorização da estabilidade política” e da “continuidade de uma prática responsável de cooperação institucional entre o Governo e o Presidente da República”.

Esta cooperação será “ainda mais importante” no futuro próximo, “considerando as dificuldades da crise que atravessamos e que se irão prolongar”, alerta ainda o presidente do PS.

Reforçando o aviso a Marcelo, César realça que é “muito essencial a cooperação entre as várias instituições, especialmente entre o Presidente da República e o Governo”.

 

“André Ventura é ameaça maior ao PSD do que ao país”

Quanto à “competição eleitoral” pelo 2º lugar entre Ana Gomes e André Ventura, César considera que “não é importante”.

“A extrema direita em Portugal, com mais 2 pontos ou menos 2 pontos percentuais, é uma realidade com a qual nos devemos confrontar com coragem, com lucidez, apostando na democracia e nos seus méritos”, vinca.

André Ventura é “por enquanto, mas só por enquanto, uma ameaça maior ao PSD do que ao país”, constata também.

César também comenta a “elevada abstenção”, destacando que estará relacionada com vários factores, nomeadamente com a “situação difícil do ponto de vista sanitário”, “as filas”, a “chuva”, “a convicção de vitória” de Marcelo que “desmobilizou alguns eleitores” e a “abstenção técnica” motivada pelas dificuldades de votação no estrangeiro.

Apesar disso, o presidente do PS entende que foi uma votação “muito honrosa” e com “uma elevada legitimidade democrática”.

Susana Valente Susana Valente, ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Este homem, o César, destila ódio! Se querem um ditador a sério, votem nele! André Ventura ao pé dele é um aprendiz! O senhor C. César é daqueles que diz que a democracia é do PS, dos apoiantes do PS dos amigos do PS e daqueles que dizem que votam no PS. Os outros são todos fascistas, racistas, xenofobistas, homofobistas, e outros “istas” que ele bem entender.
    Tenho pena dos Açorianos… continuam a ser enganados à boca cheia! Avé César!

RESPONDER

Governador de Nova Iorque volta a ser acusado de assédio sexual

O governador de Nova Iorque, Andrew Cuomo, foi acusado por outra ex-assessora de assédio sexual, que foi sua assistente executiva e conselheira de políticas de saúde até novembro do ano passado. Segundo noticiou no sábado o New …

Francisco Assis alerta Governo para riscos das raspadinhas

O presidente do Conselho Económico e Social (CES), Francisco Assis, vai promover um estudo sobre o impacto social do vício da raspadinha e informar o Governo, na esperança de que este repondere o lançamento da …

Mais de 75% dos refugiados sírios podem sofrer de stress pós-traumático

Mais de três quartos dos refugiados sírios podem estar a sofrer de distúrbios mentais, como transtorno de stress pós-traumático (TEPT), dez anos após o início da guerra civil no país. De acordo com um artigo do …

AVC foi a principal causa das 112.334 mortes em 2019

As doenças circulatórias foram as principais causas das 112.334 mortes verificadas em Portugal em 2019, divulgou esta segunda-feira o Instituto Nacional de Estatística, assinalando que a mais mortífera foi o acidente vascular cerebral (AVC). Em 2019, …

Iémen irá enfrentar a pior fome já vista nas últimas décadas. Guterres implora por generosidade

De acordo com a ONU, a situação humanitária no Iémen é muito grave e o país irá enfrentar a pior fome à qual o mundo já assistiu. Esta situação pode ser revertida se os seus …

"Um erro histórico". Tratado assinado em Portugal incentiva aquecimento global

Um tratado assinado em Lisboa concede um grande poder às empresas de energia para processar os Estados caso se sintam prejudicadas por políticas climáticas. O Tratado da Carta da Energia (TCE) é um acordo internacional assinado …

Jornalistas estrangeiros denunciam "declínio da liberdade" na China

A China utilizou as medidas para controlar o coronavírus, a intimidação e restrições de visto para limitar a cobertura jornalística estrangeira em 2020, dando início a um "rápido declínio da liberdade na media", denunciou o …

Sindicato dos chefes da PSP interpôs ação judicial por causa da pré-aposentação

O Sindicato Nacional da Carreira de Chefes da PSP indicou este domingo que interpôs uma ação judicial para impugnar um despacho da direção nacional da Polícia Segurança Pública sobre a lista de pedidos da passagem …

"A agricultura em Montalegre vai acabar". Praga de javalis destrói culturas

Os agricultores do concelho de Montalegre andam desesperados com o facto dos javalis andarem a destruir as culturas. A população destes animais tem aumentado muito nos últimos anos e as medidas de controlo têm sido …

50 mil euros. Governo cria prémio nacional para proteger florestas

No próximo Conselho de Ministros, na quinta-feira, o Governo vai discutir um prémio bianual para projetos que ajudem a melhorar a floresta, do ponto de vista técnico, científico ou da comunicação. A notícia é avançada esta …