/

Ministro da Defesa infetado. Tem sintomas ligeiros

Manuel De Almeida

O Ministro da Defesa Nacional, João Gomes Cravinho, “testou positivo à covid-19”, informou este domingo o Ministério da Defesa Nacional. É o oitavo membro do Governo a ficar infetado.

João Gomes Cravinho está infetado com covid-19. Segundo um comunicado, o ministro está “em confinamento, mantendo-se a trabalhar à distância”.

No Twitter, o governante agradeceu os votos de melhoras e disse que apresenta apenas “falta de olfato”. O ministro aproveitou para desejar as melhoras a todos os infetados, nomeadamente “os que têm outros sintomas”.

Na sexta-feira, o Governo confirmou que Maria do Céu Antunes, ministra da Agricultura, tinha testado positivo à covid-19, no âmbito da preparação de uma viagem a Bruxelas, estando em confinamento domiciliário.

A nota de imprensa adiantava que a ministra está em confinamento domiciliário e sem apresentar até ao momento quaisquer sintomas para a doença e que vai manter a sua agenda e trabalhar à distância.

Já na terça-feira, o Governo confirmara que o ministro de Estado da Economia e da Transição Digital, Pedro Siza Vieira, tinha testado positivo depois de ter estado em contacto com o ministro da Finanças, João Leão, cuja infeção fora confirmada em 16 de janeiro.

A 14 de janeiro, o Governo confirmou que a ministra do Trabalho, Ana Mendes Godinho, tinha recebido um diagnóstico de covid-19 e, em novembro, o ministro Nelson de Souza, titular da pasta do Planeamento, recebeu um teste positivo depois de o secretário de Estado do Planeamento, Ricardo Pinheiro, ter sido diagnosticado com covid-19.

Em consequência de “outros contactos”, João Pedro Matos Fernandes, ministro do Ambiente, e Serrão Santos, ministro do Mar, acabaram por ficar em isolamento.

O primeiro membro do Governo diagnosticado com covid-19 foi o ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Manuel Heitor, em outubro.

Assim, Gomes Cravinho é o oitavo membro do Governo (e sétimo ministro) a testar positivo à covid-19, segundo o ECO.

  ZAP // Lusa

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.