Governo manda preparar aulas à distância. Há 700 escolas para filhos de trabalhadores de serviços essenciais

António Cotrim / Lusa

.

O Ministério da Educação já deu instruções aos estabelecimentos de ensino para começarem a preparar as aulas à distância. Enquanto isso, há cerca de 700 escolas de acolhimento disponíveis para receber os filhos de trabalhadores de serviços essenciais.

O Correio da Manhã avança esta segunda-feira que o Ministério da Educação já deu indicações às escolas para começarem a preparar o ensino à distância.

“Tendo as escolas, na preparação do ano letivo, previsto o funcionamento em regime não presencial, este deve estar preparado para poder ser ativado”, lê-se num email de “instruções e recomendações” enviado aos diretores na quinta-feira passada, dia em que o Governo anunciou a interrupção das aulas durante duas semanas.

Segundo o CM, o documento assinado por João Miguel Gonçalves, diretor-geral dos Estabelecimentos Escolares, informa que as escolas voltam a ter acesso a plataformas de editoras e outros recursos oferecidos no ano letivo passado para apoiar a implementação do ensino à distância.

Em declarações ao Jornal de Notícias, o Ministério da Educação esclareceu que o email enviado incluía “várias informações redundantes, mas necessárias para que toda a organização escolar ocorra devidamente”, e que tal não indica uma decisão do Governo.

O regresso ao ensino à distância deverá retomar no próximo dia 8 de fevereiro. Porém, há cerca de 200 mil alunos da Ação Social Escolar sem os computadores prometidos pelo Governo.

“O regime não presencial está ativado há muito tempo, faltando no entanto a entrega dos recursos tecnológicos prometidos pelo Governo”, disse Arlindo Ferreira, diretor do Agrupamento de Escolas Cego do Maio, em declarações ao CM.

Filinto Lima, diretor da Associação Nacional de Diretores de Agrupamentos e Escolas Públicas, disse acreditar que “as autarquias vão continuar a apoiar no fornecimento de equipamentos aos mais carenciados”.

O Governo prometeu que ia entregar computadores com Internet a 1,3 milhões de alunos e professores, mas até agora só entregou 100 mil aos cerca de 300 mil estudantes com Ação Social Escolar. O Ministério da Educação já adquiriu mais 335 mil computadores, que espera começar a entregar neste 2º período.

Há 700 escolas para filhos de trabalhadores essenciais

Com as escolas fechadas durante o confinamento geral, o Governo anunciou que vão estar disponíveis cerca de 700 escolas de acolhimento para filhos e outros dependentes dos trabalhadores de serviços essenciais que têm mesmo de ir trabalhar, não podendo ficar em casa com os filhos.

Estas escolas servirão também refeições aos alunos abrangidos por apoios no âmbito da Ação Social Escolar, segundo um comunicado do Ministério da Educação citado pelo ECO.

“A partir desta segunda-feira, as escolas continuam assim a cumprir uma função social imprescindível, em todo o território, garantindo diariamente, às crianças e jovens que o necessitem, acolhimento ou uma resposta alimentar adequada”, acrescentou o Ministério.

É possível consultar a lista de estabelecimentos que vão estar abertos durante o confinamento geral no site da Direção-Geral dos Estabelecimentos Escolares.

CDS quer ouvir ministro da Educação

De acordo com o jornal Público, o CDS quer ouvir o ministro da Educação com urgência no Parlamento sobre os próximos passos a dar pelo Governo no plano escolar deste ano letivo.

Para o partido liderado por Francisco Rodrigues dos Santos, a decisão de encerrar as escolas por 15 dias sem permitir o ensino à distância não contribui para minimizar as desigualdades entre os alunos.

“Se a situação se prolongar por mais de 15 dias, como muitos especialistas aventam, qual será o plano?”, questionou a deputada Ana Rita Bessa.

No requerimento da audição, que foi enviado para a comissão parlamentar de Educação, o CDS considera que “a proibição de as escolas, estatais ou privadas poderem continuar em ensino a distância não serve os alunos, não ajuda os pais – entretanto em teletrabalho –, minoriza a escola pública e aprisiona a escola privada”.

O CDS está contra o que chama de “férias compulsivas” ao não ser permitido o ensino à distância – nem que fosse apenas para consolidar matéria ou fazer revisões.

“Não é indiferente os alunos estarem confinados em casa a ver televisão ou terem acesso a aulas ou a algum ensino ainda que de forma aliviada e apesar de ter de haver sempre uma compensação com aulas presenciais noutros momentos do ano”, defendeu a deputada, em declarações ao Público. “Isto é que era uma política ativa de correção de desigualdades”.

A centrista disse-se preocupada com as decisões que o Governo tomará daqui a 15 dias, tendo em conta que “vários especialistas” avançam com a probabilidade de a situação grave da pandemia “se prolongar até fevereiro ou até março”.

O requerimento para ouvir o ministro da Educação deve ser discutido e votado esta terça-feira.

Maria Campos Maria Campos, ZAP //

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

RESPONDER

Sporting 2-1 Santa Clara | Super-Coates volta a ser herói

Arrancado a ferros… à campeão? O Sporting esteve a poucos segundos de registar o terceiro empate em casa, perante um Santa Clara que não foi em nada inferior aos “leões” e até conseguiu ser superior em …

Os gatos demonstram ser menos leais do que os cães (mas pode haver uma razão)

Ainda existe um estereótipo sobre a diferença entre cães e gatos. Normalmente as pessoas associam os cães a animais amorosos e leais, enquanto os gatos são tidos como distantes e indiferentes. Um novo estudo pode …

O mistério do "lago dos esqueletos" na Índia intriga cientistas há décadas

O Roopkund, localizado na parte indiana dos Himalaias, é um lago glacial com centenas de ossos humanos. E ninguém sabe como foram lá parar. Em 1942, um guarda florestal revelou ao mundo a existência deste lago …

A fronteira mais importante da China é imaginária: a Linha Hu

A Linha Hu, também conhecida como linha Heihe-Tengchong, é uma linha imaginária que divida a China em duas partes com áreas quase iguais. Estende-se da cidade de Heihe até Tengchong. Desenhada pela primeira vez em 1935, …

Algumas pessoas moram em aeroportos durante meses (ou até mesmo anos)

Aeroportos não servem de casa apenas para os sem-abrigo. Há pessoas que, involuntariamente ou não, ficam lá durante meses e, em alguns casos, até mesmo anos. Em janeiro, as autoridades de Chicago prenderam um homem de …

Senado da Carolina do Sul aprova fuzilamento como método de execução

Com esta decisão, a Carolina do Sul poderá converter-se no quarto estado do país a incorporar este método de execução de pena de morte, depois do Utah, Oklahoma e Mississípi. De acordo com a agência noticiosa …

"Oxigénio tornou-se ouro". Criminosos lucram com a sua escassez no México

A pandemia de covid-19 deixou a Cidade do México a atravessar uma grande escassez de oxigénio médico. Criminosos estão a aproveitar para lucrar com a situação. A capital mexicana registou um pico de infeções e hospitalizações …

Meteorito do tamanho de um damasco caiu em França (e os astrónomos precisam de ajuda para encontrá-lo)

Os entusiastas do Espaço estão a ser instados a procurar um meteorito do tamanho de um damasco que caiu no fim de semana passado no sudoeste de França.  O meteorito, com peso estimado em 150 gramas, …

Professora pediu a alunos para fingir que eram escravos e escreverem carta para África

Uma professora de uma escola secundária no Mississippi, nos Estados Unidos, está a ser alvo de críticas devido a uma fotografia de um trabalho de casa divulgada nas redes sociais. Foi pedido aos alunos do 8.º …

Obra de Churchill que pertencia a Angelina Jolie vendida por valor recorde

O quadro pintado pelo antigo primeiro-ministro britânico foi vendido por 8,3 milhões de libras. A pintura foi um presente de Winston Churchill para o presidente dos Estados Unidos, Franklin D. Roosevelt, e agora foi leiloada …