Cavaco Silva e Jorge Sampaio não vão às comemorações do 25 de abril no Parlamento

José Coelho / Lusa

O antigo Presidente da República, Jorge Sampaio

Os dois ex-Presidentes da República não vão comparecer na sessão solene que assinala o 46.º aniversário do 25 de Abril, na Assembleia da República.

Fonte do gabinete de Jorge Sampaio disse à agência Lusa que o ex-Presidente, de 80 anos, não se vai deslocar ao Parlamento, no próximo sábado, “por razões de saúde, de idade e da pandemia” de covid-19 porque “integra um grupo de risco”.

O antigo chefe de Estado “já recebeu o convite e também já respondeu” que não iria estar presente, mas “verá a cerimónia pela televisão”, disse a mesma fonte.

Entretanto, esta terça-feira, fonte do gabinete de Aníbal Cavaco Silva também adiantou que o ex-chefe de Estado não vai estar presente nas comemorações na Assembleia da República.

“O professor Cavaco Silva não estará presente na sessão solene comemorativa do 25 de Abril”, informou a mesma fonte, não especificando qual a razão.

Entre os ex-Presidentes da República, Ramalho Eanes anunciou que irá marcar presença por uma questão de “responsabilidade institucional”, apesar de discordar do modelo adotado para a cerimónia.

Devido às restrições impostas pela pandemia de covid-19, a Assembleia da República decidiu, na quarta-feira, realizar a sessão solene do 25 de Abril com um terço dos deputados (77 dos 230 parlamentares) e menos convidados, com o gabinete de Ferro Rodrigues a estimar que estejam presentes cerca de 130 pessoas, contra as 700 do ano passado.

A decisão da conferência de líderes teve o apoio da maioria dos partidos: PS, PSD, BE, PCP e Verdes. O PAN defendeu o recurso à videoconferência, a Iniciativa Liberal apenas um deputado por partido, enquanto o CDS-PP — que propôs uma mensagem do Presidente da República ao país — e o Chega foram contra.

Nos últimos dias tem-se intensificado a polémica à volta do tema, com duas petições online em sentido contrário: uma que pede o cancelamento da sessão solene no Parlamento, enquanto outra que defende a celebração pela Assembleia da República, encabeçada por históricas figuras de esquerda como Manuel Alegre, do PS, Fernando Rosas, do BE, e Domingos Abrantes, do PCP.

No sábado, o líder do CDS-PP, Francisco Rodrigues dos Santos, anunciou que não iria à sessão solene por a considerar “um péssimo exemplo para os portugueses”, e o deputado único do Chega, André Ventura, escreveu ao presidente do Parlamento, pedindo a Ferro Rodrigues que cancele a sessão, dizendo que esta “está a gerar um enorme sentimento de revolta e indignação no povo português”.

Esta segunda-feira, houve uma “reunião de trabalho” sobre a sessão solene entre os serviços da Assembleia da República e representantes da Direção-Geral de Saúde (DGS).

Segundo o semanário Expresso, os grupos parlamentares decidiram reduzir o número de deputados que vão convocar e deverão estar no hemiciclo 65 deputados, e não 77 como tinha ficado estipulado em conferência de líderes.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

Responder a Eu! Cancelar resposta

Cientistas investigam estranho gelo cor-de-rosa num glaciar dos Alpes italianos

Uma equipa de cientistas anunciou esta segunda-feira estar a tentar averiguar a origem de gelo cor-de-rosa num glaciar nos Alpes italianos. O fenómeno deverá ser provocada por algas que aceleram os efeitos das mudanças climáticas. A origem …

Especialistas de 32 países alertam OMS: covid-19 também se transmite pelo ar

Numa carta aberta à Organização Mundial de Saúde, 239 cientistas pedem que a organização reveja as recomendações que tem emitido, alertando para o facto de a covid-19 poder transmitir-se pelo ar. Numa carta dirigida à Organização …

Moreirense 0-0 Sporting | Nulo em jogo de pólvora seca

A 30ª jornada fechou no Minho com um nulo entre Moreirense e Sporting, que continua sem derrotas sob o comando de Rúben Amorim. A formação leonina poderia muito bem ter vencido em Moreira de Cónegos, pois …

Armazém flutuante. A China está a guardar petróleo no mar (e já se sabe porquê)

A China está a guardar uma quantidade épica de petróleo no mar. De acordo com a CNN, o país comprou tanto petróleo estrangeiro a preços baratos que formou um congestionamento maciço de navios-tanque no mar, …

Peregrinos em Meca proibidos de tocar ou beijar a Caaba por causa da covid-19

Os muçulmanos que vão participar na peregrinação a Meca não poderão tocar ou beijar a Caaba nem a "pedra negra", presentes na Grande Mesquita, local considerado como um dos mais sagrados pelo Islão, informaram as …

Países Baixos continuam a abater milhares de martas. 20 quintas afetadas pela pandemia

Esta segunda-feira, as autoridades holandesas abateram milhares de martas em mais duas fazendas onde foram detetados surtos de covid-19. Esta segunda-feira, as autoridades abateram milhares de martas em mais duas fazendas, sendo agora 20 as quintas …

Cientistas criam robô para fazer testes à covid-19 (e proteger os profissionais de saúde)

O Korea Institute of Machinery & Materials (KIMM) desenvolveu um novo robô de coleta remota de amostras que elimina o contacto direto entre os profissionais de saúde e os pacientes, potencialmente infetados com o novo …

"Não use desodorizante". A peculiar estratégia de Berlim para promover o uso de máscaras nos transportes públicos

"Não use desodorizante". Esta é a peculiar campanha adotada pela empresa que controla os transportes públicos em Berlim, na Alemanha, para promover o uso correto de máscaras, evitando assim novos casos de covid-19.  Tal como escreve …

Vírus pode ter estado adormecido antes de surgir na China, diz investigador de Oxford

O novo coronavírus pode ter estado adormecido algures no mundo antes de ter surgido na China, defendeu o investigador da Universidade de Oxford, Tom Jefferson, apontando para várias descobertas de amostras do vírus em Espanha, …

Federer sente falta de Wimbledon. "Deu-me tudo"

Roger Federer admitiu sentir a falta de Wimbledon, o torneio do "Grand Slam" que, se não tivesse sido cancelado devido à pandemia de covid-19, estaria a decorrer em Londres. O tenista suíço Roger Federer admitiu, esta …