Cavaco Silva e Jorge Sampaio não vão às comemorações do 25 de abril no Parlamento

José Coelho / Lusa

O antigo Presidente da República, Jorge Sampaio

Os dois ex-Presidentes da República não vão comparecer na sessão solene que assinala o 46.º aniversário do 25 de Abril, na Assembleia da República.

Fonte do gabinete de Jorge Sampaio disse à agência Lusa que o ex-Presidente, de 80 anos, não se vai deslocar ao Parlamento, no próximo sábado, “por razões de saúde, de idade e da pandemia” de covid-19 porque “integra um grupo de risco”.

O antigo chefe de Estado “já recebeu o convite e também já respondeu” que não iria estar presente, mas “verá a cerimónia pela televisão”, disse a mesma fonte.

Entretanto, esta terça-feira, fonte do gabinete de Aníbal Cavaco Silva também adiantou que o ex-chefe de Estado não vai estar presente nas comemorações na Assembleia da República.

“O professor Cavaco Silva não estará presente na sessão solene comemorativa do 25 de Abril”, informou a mesma fonte, não especificando qual a razão.

Entre os ex-Presidentes da República, Ramalho Eanes anunciou que irá marcar presença por uma questão de “responsabilidade institucional”, apesar de discordar do modelo adotado para a cerimónia.

Devido às restrições impostas pela pandemia de covid-19, a Assembleia da República decidiu, na quarta-feira, realizar a sessão solene do 25 de Abril com um terço dos deputados (77 dos 230 parlamentares) e menos convidados, com o gabinete de Ferro Rodrigues a estimar que estejam presentes cerca de 130 pessoas, contra as 700 do ano passado.

A decisão da conferência de líderes teve o apoio da maioria dos partidos: PS, PSD, BE, PCP e Verdes. O PAN defendeu o recurso à videoconferência, a Iniciativa Liberal apenas um deputado por partido, enquanto o CDS-PP — que propôs uma mensagem do Presidente da República ao país — e o Chega foram contra.

Nos últimos dias tem-se intensificado a polémica à volta do tema, com duas petições online em sentido contrário: uma que pede o cancelamento da sessão solene no Parlamento, enquanto outra que defende a celebração pela Assembleia da República, encabeçada por históricas figuras de esquerda como Manuel Alegre, do PS, Fernando Rosas, do BE, e Domingos Abrantes, do PCP.

No sábado, o líder do CDS-PP, Francisco Rodrigues dos Santos, anunciou que não iria à sessão solene por a considerar “um péssimo exemplo para os portugueses”, e o deputado único do Chega, André Ventura, escreveu ao presidente do Parlamento, pedindo a Ferro Rodrigues que cancele a sessão, dizendo que esta “está a gerar um enorme sentimento de revolta e indignação no povo português”.

Esta segunda-feira, houve uma “reunião de trabalho” sobre a sessão solene entre os serviços da Assembleia da República e representantes da Direção-Geral de Saúde (DGS).

Segundo o semanário Expresso, os grupos parlamentares decidiram reduzir o número de deputados que vão convocar e deverão estar no hemiciclo 65 deputados, e não 77 como tinha ficado estipulado em conferência de líderes.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

RESPONDER

Nakajima recusa-se a treinar com a equipa portista

O avançado japonês recusa-se a treinar com o restante plantel portista, tendo invocado os problemas de saúde da mulher, e está naturalmente de fora do jogo desta quarta-feira com o Famalicão. Esta terça-feira, na conferência de …

Tribunais retomam atividade. Juízes recusam fazer julgamentos em salas sem condições

Os tribunais retomam hoje a realização de diligências presenciais, mas dirigentes do setor anteveem que o regresso à atividade normal será assimétrico e progressivo, sendo em alguns casos difícil assegurar totalmente as medidas de segurança …

Espanha sem mortes pelo segundo dia consecutivo. Há 41 mil profissionais de saúde infetados

Espanha registou esta terça-feira o segundo dia consecutivo sem mortes associadas à covid-19, mantendo-se o total 27.127 de óbitos desde o início da pandemia, anunciaram as autoridades de saúde. O ministério da Saúde de Espanha informou …

Petição pela "anulação imediata" do Avante já conta com mais de 16 mil assinaturas

Uma petição online para a "anulação imediata" da Festa do Avante!, a festa anual organizada pelo PCP, conta já com mais de 16 mil assinaturas. Às 10:30 desta quarta-feira, a petição, disponível no portal Petição Pública, …

Venda de Wendel ao Everton sofre revés. Nápoles e Nice entram em jogo

A licença de trabalho pode deitar por terra uma eventual transferência de Wendel para o Everton. O Nápoles é o favorito na corrida à sua contratação, mas o Nice também está atento. As negociações entre o …

Celebrações do 10 de junho só terão oito pessoas. “É como achei que devia ser o 25 de abril e o 1º de maio”

A “cerimónia simbólica” comemorativa do Dia de Portugal que se realizará no Mosteiro dos Jerónimos, em Lisboa, terá apenas oito presenças, incluindo o chefe de Estado e o presidente desta edição do 10 de Junho, …

O futebol português está de volta. Uma corrida de dois cavalos e a montra para Amorim

A bola volta hoje a rolar em Portugal após a interrupção devido à pandemia de covid-19. Regresso o futebol que tão bem conhecemos, mas de uma forma como nunca vimos antes. Estádios desertos e jogos quase …

Cientistas identificam fóssil do inseto mais antigo do mundo

Um fóssil de um milípede descoberto em 1899 é o inseto mais antigo do mundo, concluiu um novo estudo. O espécime em causa tem 425 milhões de anos. Uma equipa de investigadores da Universidade do Texas …

Jorge Jesus renova com o Flamengo por mais uma época

O treinador português anunciou, esta quarta-feira, que vai ficar mais uma época nos brasileiros do Flamengo, até junho de 2021. "Digam à nação que fico!". É esta a frase que acompanha a fotografia publicada, esta quarta-feira, …

Governo deixa cair lay-off simplificado. Novo apoio vai variar em função da quebra de faturação

O apoio às empresas em lay-off que retomarem a atividade será diferenciado em função da quebra de faturação, com vista a direcionar as ajudas públicas “a quem mais precisa”, afirmou esta terça-feira a ministra do …