Trump recusa ouvir gravações sobre morte de Khashoggi e promete “relatório completo” para breve

Kevin Dietsch / EPA

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump

O Presidente dos Estados Unidos anunciou no sábado “um relatório completo” sobre a morte do jornalista saudita Jamal Khashoggi, avançando que o documento deverá ser divulgado “nos próximos dias”, provavelmente na terça-feira, e que incluirá “quem o fez”.

Donald Trump considerou “prematuras” as informações da noite de sexta-feira em que o Washington Post noticiou, citando fontes anónimas, que a CIA, os serviços de informações norte-americanos, concluiu que o príncipe herdeiro saudita ordenou o homicídio de Jamal Khashoggi em Istambul.

Já neste domingo, em entrevista à Fox News, o Presindente norte-americano disse que se recusava a ouvir as gravações áudio do crime, dizendo não haver razão para a ouvir. Trump disse ainda, sobre o conteúdo da gravação, que foi um crime “violento e terrível”.

As autoridades turcas afirmaram desde o início que tinham gravações áudio relacionadas com a morte do jornalista, mas a Casa Branca demorou a confirmar essas alegações.

Questionado pelo jornalista sobre o motivo de não querer ouvir as gravações, Trump foi claro: “É uma gravação de sofrimento. É terrível. Já me puseram a par do seu conteúdo”, disse apenas. “Não quero ouvir, não há razões para que eu tenha de ouvir”.

Khashoggi um saudita que vivia nos Estados Unidos e era colunista do Washington Post, e crítico do regime de Riade e da família real, entrou a 2 de outubro no consulado saudita de Istambul e acabou por ser assassinado.

A Arábia Saudita, em várias ocasiões, mudou sua versão oficial do que aconteceu com Jamal Khashoggi, mas na quinta-feira o ministério público saudita admitiu que o jornalista foi drogado e desmembrado no local.

De um total de 21 suspeitos, a Justiça saudita indiciou 11 pessoas pelo crime, cinco das quais enfrentam agora a pena de morte.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. É aquilo a que já nos habituámos das administrações pragmáticas dos EUA.
    Businness as usual.
    Justiça,…só se não for inconveniente
    Se o ‘desmembrado’ assassinado fosse americano,…ou até mesmo francês ou alemão, se calhar a opinião pública tivesse um peso diferente e aí o Trampinha teria que fazer o que lhe mandassem.

RESPONDER

Em apenas três anos, a Austrália perdeu um terço dos seus coalas

A seca, os incêndios florestais e a desflorestação na Austrália levaram o país a perder um terço dos seus coalas nos últimos três anos. A Austrália perdeu cerca de 30% dos seus coalas nos últimos …

Há modelos matemáticos que preveem se uma música vai ser viral — os mesmos utilizados com a covid-19

O uso de modelos matemáticos para antecipar o nível de sucesso de uma música pode começar a ser usado, a partir da publicação do presente estudo, por artistas e editoras para melhorar o desempenho dos …

Alemanha. Funcionário de posto de combustível abatido a tiro por cliente que se recusou a usar máscara

Um homem de 49 anos matou um funcionário de um posto de combustível na Alemanha, após tentar comprar cerveja sem utilizar a máscara. No país, o uso deste equipamento de proteção é obrigatório para entrar …

Um violino gigante flutuou no Grande Canal de Veneza (ao som de Vivaldi)

No passado fim de semana, um violino gigante, com quase 12 metros de comprimento, desceu o Grande Canal de Veneza. A bordo estava um quarteto de cordas, que tocou Four Seasons de Vivaldi. O Noah's Violin …

Assembleia de credores aprova recuperação da Groundforce

Esta quarta-feira, os credores da Groundforce aprovaram a recuperação da empresa. Em causa está uma dívida de 154 milhões de euros. Os credores da Groundforce, reunidos esta quarta-feira em assembleia de credores, no tribunal de Monsanto, …

Europeus acreditam numa "guerra fria" entre os EUA e a China e Rússia

A maioria dos cidadãos da União Europeia (UE), 62%, considera que os Estados Unidos (EUA), com apoio das instituições comunitárias, estão numa nova "guerra fria" com a China, mas recusam envolvimento nacional, revelou um inquérito …

Desenho de Van Gogh esteve guardado mais de 100 anos. Agora, é exibido pela primeira vez

O Museu de Amesterdão, nos Países Baixos, ganhou um novo inquilino: Study for 'Worn Out', um desenho recém-descoberto de Vincent van Gogh. O holandês Vincent van Gogh ainda continua a impressionar o mundo inteiro com a …

No Afeganistão, as professoras estão prontas para desafiar o regime talibã

No Afeganistão, as professoras estão prontas para desafiar o regime talibã, com receio de que os avanços dos últimos 20 anos tenham sido conquistados em vão. A Vice falou com algumas professoras afegãs que garantem continuar …

Apenas um terço das crianças em 91 países tem acesso a uma alimentação adequada, alerta UNICEF

Apenas um terço das crianças com menos de dois anos em 91 países em desenvolvimento têm acesso aos alimentos que necessitam para um crescimento saudável, revelou um relatório da UNICEF, apontando que nenhum progresso foi …

Preços das casas voltaram a aumentar no segundo trimestre

Entre abril e junho, o índice de Preços da Habitação (IPHab) cresceu 6,6% em termos homólogos. A revelação foi feita esta quarta-feira pelo Instituto Nacional de Estatística (INE). O Índice de Preços da Habitação (IPHab) cresceu …