Portugal prepara-se para reconhecer Palestina como Estado

Carles Palacio / arietcat / Flickr

O Governo está a preparar-se para reconhecer a Palestina como Estado, de acordo com informações do Expresso. 

De acordo com fontes governamentais, citadas pelo semanário, o Partido Socialista preparou um projeto de resolução que recomenda ao Governo o reconhecimento da Palestina como país. O Executivo liderado por Passos Coelho está a analisar a recomendação e a estudar eventuais propostas de alteração.

O Expresso adianta que, para o Governo, Portugal “sempre fez parte do grupo de países que defende que a solução dos dois Estados é a mais adequada para garantir a paz e a segurança na região”. O deputado do PSD, António Rodrigues, afirma à publicação que não tem dúvidas de que o partido vai assumir uma posição favorável.

O assunto esteve em debate no Parlamento Europeu esta semana, mas a votação só será realizada entre 15 e 18 de dezembro. A questão foi também debatida a 17 de novembro no Conselho de Ministros dos Negócios Estrangeiros da UE, quando a Alta Representante da UE para Política Externa e Segurança, Federica Mogherini (que substituiu Catherine Ashton este verão), adiantou que “fiaria feliz se o Estado palestiniano existisse” no termo do seu mandato.

A 30 de outubro, a Suécia reconheceu a Palestina como Estado, e desde então Reino Unido, Espanha e França são alguns dos países que avançaram com propostas que recomendam o reconhecimento do Estado palestiniano. Outros sete países membros da União Europeia, na Europa de leste e no Mediterrâneo, já reconheceram o estado palestiniano – Bulgária, Chipre, República Checa, Hungria, Malta, Polónia e Roménia. A Islândia, que não pertence à União Europeia, foi o único país da Europa ocidental que o fez até agora.

ZAP

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. Creio ser muito importante, pecando apenas por tardio, que seja reconhecido o Estado da Palestina. Já o foi por muitos outros paises, alguns da U.E. e não será por isso que se irão agravar as relações entre israelitas e palestinianos. Trata-se de um verdadeiro sofisma – que só pretende manter o staus quo ou permitir a Israel reforçar o seu poderia bélico -insistir, e é a teoria israelita, de que a Palestina só deverá ser reconhecida com Estado independente quando alcançada a paz!!!

  2. Já vamos tarde, como sempre não temos vontade própria foi necessário ver os outros, devemos reconhecer, apoiar e mostrar aos semitas que não temos medo

  3. Caro Guilherme, Israel não coloca o “alcançar da paz” como condição para reconhecimento da Palestina, mas sim que os árabes, auto-denominados palestinos, reconheçam o Estado de Israel. Basta isso. Só que os tais palestinos recusam-se a fazer aquilo que pedem que os outros façam. Eles querem o reconhecimento do seu Estado, mas recusam-se a reconhecer o Estado de Israel. Quanto ao sr. Caallipi, tendo ou não um Estado reconhecido, os ismaelitas continuarão a temer Israel. Foi sempre assim ao longo da História e continuará sendo.

Capital das tempestades, Júpiter tem relâmpagos bizarros e chuva "mole" nunca antes vista

Com tempestades constantemente a devastar a sua superfície e uma Grande Mancha Vermelha que se agita há séculos, Júpiter é conhecido como a "capital das tempestades do Sistema Solar". Agora, a missão Juno, da NASA, …

Metro de Nova Iorque pede à Apple para melhorar sistema de reconhecimento facial

A autoridade que gere o metro de Nova Iorque, nos Estados Unidos, pediu à gigante tecnológica Apple para melhorar o reconhecimento facial dos seus dispositivos depois de serem observados vários passageiros a retirar a máscara …

Rival da Tesla diz que o seu carro terá uma autonomia de 832 quilómetros

A empresa Lucid Motors, concorrente direta da Tesla no mercado automóvel elétrico, afirma que o seu carro Air terá uma autonomia de 832 quilómetros. A confirmar-se a autonomia deste carro, o automóvel da Lucid Motors ultrapassará …

Moradores das Maurícias estão a cortar o próprio cabelo para ajudar a evitar um desastre ambiental

Moradores das Maurícias estão a cortar o seu próprio cabelo para para tentar minimizar os danos causados pelo derrame de petróleo de um navio janponês encalhado nos recifes de coral ao largo da ilha. Estima-se que …

Atalanta 1-2 PSG | Reviravolta épica vale bilhete para as “meias”

Um final impróprio para cardíacos e o epílogo perfeito num excelente jogo. O PSG esteve a perder desde o minuto 27, mas em apenas três minutos dos descontos deu a volta ao texto diante da …

Um emblemático transplante nos EUA aconteceu graças a um coração "roubado"

Um dos primeiros transplantes de coração realizados no mundo aconteceu no Estados Unidos. O que muitos não sabem é que este caso de sucesso também deu aso ao primeiro processo civil no país por homicídio …

"Pandemia de sem-abrigo" nos EUA. Há 30 milhões de pessoas sob risco de despejo

Nos Estados Unidos da América avizinha-se uma "pandemia de sem-abrigo". Até ao final de setembro, 30 milhões de norte-americanos estão em risco de despejo devido à covid-19. Nos Estados Unidos, a pandemia de covid-19 pode estar …

Tráfego nas autoestradas cai para quase metade. Foi o pior trimestre de sempre

A rede da Associação Portuguesa das Sociedades Concessionárias de Autoestradas ou Pontes com Portagens (APCAP) registou de abril a junho "o pior trimestre de circulação e tráfego médio desde que há registos", recuando 46% devido …

Bielorrússia cortou acesso à internet e tentou fazer com que parecesse um acidente

No seguimento da reeleição de Alexandr Lukashenko na Bielorrússia, multiplicam-se os apagões de internet. O Governo diz que se trata de um ataque cibernético, mas há suspeitas de que seja um plano do presidente. Os protestos …

Resgatados 28 cães sem registo ou vacinas de barracões onde também vivia a proprietária em Lisboa

Vinte e oito cães foram retirados pela PSP terça-feira de barracões em Lisboa onde também vivia a proprietária, avança a agência Lusa, detalhando que os animais serão depois colocados para adoção.  Os animais foram posteriormente recolhidos …