Portugal prepara-se para reconhecer Palestina como Estado

Carles Palacio / arietcat / Flickr

O Governo está a preparar-se para reconhecer a Palestina como Estado, de acordo com informações do Expresso. 

De acordo com fontes governamentais, citadas pelo semanário, o Partido Socialista preparou um projeto de resolução que recomenda ao Governo o reconhecimento da Palestina como país. O Executivo liderado por Passos Coelho está a analisar a recomendação e a estudar eventuais propostas de alteração.

O Expresso adianta que, para o Governo, Portugal “sempre fez parte do grupo de países que defende que a solução dos dois Estados é a mais adequada para garantir a paz e a segurança na região”. O deputado do PSD, António Rodrigues, afirma à publicação que não tem dúvidas de que o partido vai assumir uma posição favorável.

O assunto esteve em debate no Parlamento Europeu esta semana, mas a votação só será realizada entre 15 e 18 de dezembro. A questão foi também debatida a 17 de novembro no Conselho de Ministros dos Negócios Estrangeiros da UE, quando a Alta Representante da UE para Política Externa e Segurança, Federica Mogherini (que substituiu Catherine Ashton este verão), adiantou que “fiaria feliz se o Estado palestiniano existisse” no termo do seu mandato.

A 30 de outubro, a Suécia reconheceu a Palestina como Estado, e desde então Reino Unido, Espanha e França são alguns dos países que avançaram com propostas que recomendam o reconhecimento do Estado palestiniano. Outros sete países membros da União Europeia, na Europa de leste e no Mediterrâneo, já reconheceram o estado palestiniano – Bulgária, Chipre, República Checa, Hungria, Malta, Polónia e Roménia. A Islândia, que não pertence à União Europeia, foi o único país da Europa ocidental que o fez até agora.

ZAP

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. Creio ser muito importante, pecando apenas por tardio, que seja reconhecido o Estado da Palestina. Já o foi por muitos outros paises, alguns da U.E. e não será por isso que se irão agravar as relações entre israelitas e palestinianos. Trata-se de um verdadeiro sofisma – que só pretende manter o staus quo ou permitir a Israel reforçar o seu poderia bélico -insistir, e é a teoria israelita, de que a Palestina só deverá ser reconhecida com Estado independente quando alcançada a paz!!!

  2. Já vamos tarde, como sempre não temos vontade própria foi necessário ver os outros, devemos reconhecer, apoiar e mostrar aos semitas que não temos medo

  3. Caro Guilherme, Israel não coloca o “alcançar da paz” como condição para reconhecimento da Palestina, mas sim que os árabes, auto-denominados palestinos, reconheçam o Estado de Israel. Basta isso. Só que os tais palestinos recusam-se a fazer aquilo que pedem que os outros façam. Eles querem o reconhecimento do seu Estado, mas recusam-se a reconhecer o Estado de Israel. Quanto ao sr. Caallipi, tendo ou não um Estado reconhecido, os ismaelitas continuarão a temer Israel. Foi sempre assim ao longo da História e continuará sendo.

RESPONDER

PJ detém cinco pessoas por esquema fraudulento com tratamentos para a covid-19

Cinco profissionais ligados ao ramo da saúde foram detidos, esta quinta-feira, pela Polícia Judiciária (PJ) numa operação que envolveu buscas a clínicas médicas, residências e empresas e que investiga crimes de corrupção, burla qualificada, falsificação …

Suárez aborda eventual saída de Messi. "Saberá do que precisa"

O futebolista Luis Suárez comentou a possível saída do seu companheiro de equipa Lionel Messi do Barcelona. "Saberá do que precisa", disse o internacional uruguaio, frisando que não consegue ver o astro argentino noutra equipa. …

Mário Centeno nomeado governador do Banco de Portugal

O Conselho de Ministros aprovou, esta quinta-feira, o nome do ex-ministro das Finanças para o cargo de governador do Banco de Portugal (BdP). A decisão foi revelada, esta quinta-feira, depois do Conselho de Ministros, pela ministra …

Finanças admitem queda de 9% no PIB. Governo prepara-se para rever projeção inicial de 6,9%

O Ministério das Finanças admite a possibilidade de que a queda do PIB se aproxime dos 9%, revelou esta quinta-feira o Jornal de Negócios, adiantando que o Governo se prepara para rever a projeção inicial …

Vacina de Oxford testada em humanos com "resultados promissores"

Os testes clínicos em humanos da potencial vacina contra a covid-19 que a Universidade de Oxford criou tiveram "resultados prometedores" e desencadearam a resposta imunitária que se pretendia. Os testes em humanos, que desde abril envolveram …

Goa decreta novo confinamento, com Índia a rondar um milhão de casos

Depois de ter aberto portas ao turismo, Goa decreta um novo confinamento de três dias. Registaram-se 198 novos casos nas últimas 24 horas, o número mais alto desde o início da pandemia. O estado de Goa, …

Tribunal da Concorrência confirma coima de 75 mil euros a Ricardo Salgado

O Tribunal da Concorrência confirmou, esta quinta-feira, a coima de 75 mil euros aplicada pelo Banco de Portugal a Ricardo Salgado, no caso do financiamento do Grupo Alves Ribeiro (GAR) para compra de ações da …

Mais três mortes e 339 novos casos de covid-19 em Portugal

Portugal regista, esta quinta-feira, mais três mortes e 339 novos casos de infeção por covid-19 em relação a quarta-feira, mostra o boletim mais recente da DGS. Segundo o boletim diário da Direção-Geral de Saúde (DGS), dos …

Crise entrou em nova fase mas mundo "não está fora de perigo", diz FMI

A diretora do Fundo Monetário Internacional (FMI), Kristalina Georgieva, disse esta quinta-feira que a crise provocada pela pandemia entrou numa nova fase, que exige flexibilidade para assegurar "uma recuperação sustentável e equitativa", alertando que o mundo …

China bane importação de ovelhas portuguesas

As alfândegas chinesas baniram as importações de ovelhas e produtos relacionados de Portugal, alegando um aviso da Organização Mundial de Saúde Animal sobre um surto de paraplexia enzoótica dos ovinos na Guarda. A notícia foi avançada …