Ministério Público propõe a prisão domiciliária de José Sócrates

 

Mário Cruz / Lusa

Ex-primeiro ministro e ex-líder do PS, José Sócrates

Ex-primeiro ministro e ex-líder do PS, José Sócrates

O Ministério Público (MP) propôs a alteração da medida de coação do ex-primeiro-ministro José Sócrates, de prisão preventiva para prisão domiciliária, disse hoje aos jornalistas o advogado de José Sócrates, à saída do estabelecimento Prisional de Évora.

O advogado do ex-primeiro-ministro, João Araújo, acrescentou que a medida de coação do ex-primeiro-ministro, que se encontra detido preventivamente desde 25 de novembro de 2014, será analisada na terça-feira e que o ex-líder socialista se irá pronunciar sobre a questão.

O advogado acrescentou ter sido informado da pretensão de alteração da medida de coação pelo Ministério Público, que propôs que a pena de prisão preventiva fosse mudada para obrigação de permanência na residência.

O ex-primeiro-ministro foi detido no dia 21 de novembro de 2014, há seis meses e meio. Tratou-se da primeira vez na história da democracia portuguesa que um chefe de Governo foi detido.

Três dias depois, no dia 24, o juiz Carlos Alexandre anunciava a prisão preventiva como medida de coação para o ex-governante.

Além de Sócrates, foram detidos no mesmo dia o empresário Carlos Santos Silva, o advogado Gonçalo Trindade Ferreira e o motorista João Perna.

O inquérito a Sócrates, que ao longo da carreira esteve envolvido em vários casos polémicos, teve origem numa comunicação bancária efetuada ao Departamento Central de Investigação e Ação Penal (DCIAP) em cumprimento da lei de prevenção e repressão de branqueamento de capitais.

A Operação Marquês tem sete arguidos.

José Sócrates está indiciado por fraude fiscal qualificada, branqueamento de capitais e corrupção. Carlos Santos Silva está indiciado por fraude fiscal, branqueamento de capitais e corrupção.

O advogado Gonçalo Trindade Ferreira é suspeito de ter cometido os crimes de fraude fiscal e branqueamento de capitais, e o motorista João Perna está indiciado por fraude fiscal qualificada, branqueamento de capitais e posse de arma proibida.

Estão também indiciados a esposa de Santos Silva, Inês Pontes do Rosário, o administrador da farmacêutica Octapharma, Paulo Lalanda Castro, e o vice-presidente do Grupo Lena, Joaquim Barroca Rodrigues

ZAP / Lusa

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. Evolução natural do processo de investigação, provavelmente concluída, a recolha de prova.
    Aguarde-se pela formalização processual ou antes, pela cedência legal do processo (para consulta) ao arguido (advogados) e eventuais “comunicações”

RESPONDER

Petição quer acabar com o uso de perfumes nos transportes públicos

Um cidadão endereçou uma petição ao Parlamento para que o uso de perfumes seja proibido em transportes públicos e locais públicos. De acordo com o jornal Público, a petição — apresentada numa folha de papel A4, …

Governo estuda hipótese de aeroporto na base aérea de Monte Real

O Governo está a estudar a hipótese de criar um aeroporto civil na Base Aérea 5 de Monte Real, em Leiria, confirmou o ministério das Infraestruturas. Em declarações a vários jornais, entre os quais o Público, …

Coronavírus chegou à Europa. Dois casos confirmados em França

O novo coronavírus chegou à Europa. A ministra da Saúde francesa anunciou, esta sexta-feira, que há dois casos confirmados no país. "Há dois casos confirmados", vincou a ministra da Saúde francesa, Agnes Buzyn, em conferência de …

Ucrânia perdeu 11 milhões de habitantes desde 2001

A Ucrânia perdeu mais de 11 milhões de habitantes desde o último censo de 2001 devido à imigração, à anexação da Crimeia e à guerra no leste do país. De acordo com os novos dados oficiais, …

CGD sobe comissões a partir deste sábado (incluindo MB Way)

As transferências por MB Way, as contas-pacote e os serviços mínimos bancários na Caixa Geral de Depósitos vão sofrer um agravamento a partir deste sábado. Tal como tinha sido anunciado em outubro do ano passado, a …

Isabel dos Santos não vai ser detida se for a Angola, garante PGR

O procurador-geral da República de Angola afirmou, esta sexta-feira, que a justiça quer esgotar todos os procedimentos para notificar a empresária angolana antes de pedir um mandado internacional de captura. "Primeiro vamos esgotar a possibilidade de …

Assange deixa ala médica da prisão e passa para área com outros reclusos

O fundador do WikiLeaks, Julian Assange, foi transferido da ala médica da prisão de Belmarsh, no sudeste de Londres, onde estava isolado, para uma área da prisão com outros presos, anunciou hoje um membro do …

"Saudações da Tailândia." Depois de fugir da prisão, Sekkaki enviou um postal aos diretores

Depois de fugir da prisão, Oualid Sekkaki provocou os responsáveis do estabelecimento prisional e enviou-lhes um postal. Em dezembro do ano passado, Oualid Sekkaki e outros quatro indivíduos fugiram do estabelecimento prisional de Turnhout, na Bélgica. …

Irlanda. Tribunal decide extraditar motorista acusado da morte de 39 migrantes vietnamitas

O tribunal de Dublin sentenciou, esta sexta-feira, que o motorista acusado da morte de 39 imigrantes vietnamitas - encontrados em outubro num contentor refrigerado, perto de Londres - pode ser extraditado para o Reino Unido, …

Atriz norte-americana confronta em tribunal Weinstein com acusação de violação

A atriz americana Annabella Sciorra, conhecida por ter participado na série "Os Sopranos", confrontou na quinta-feira o produtor Harvey Weinstein em tribunal, acusando-o de a ter violado, em meados dos anos 1990. Segundo avançou o Expresso, …