Ouviu-se um tiro na aldeia. Polícia aperta cerco ao “Piloto”

(dr)

Pedro Dias, assassino de Aguiar da Beira

Pedro Dias, assassino de Aguiar da Beira

A viatura, que tinha sido roubada em Arouca, foi encontrada esta segunda-feira à tarde numa aldeia de Vila Real. A caça ao homem mais procurado do país continua.

A GNR mantém esta terça-feira os militares no terreno para tentar deter Pedro Dias, centrando atenções na zona de Vila Real, onde foi avistado e abandonou um carro roubado.

Além disso, a Guarda foi esta manhã alertada por moradores da localidade de Assento que estranharam o ladrar insistente dos cães e ouviram um tiro.

De acordo com o major Marco Cruz, estão no terreno elementos da componente territorial e de trânsito e ainda militares da unidade de intervenção e da investigação criminal.

A GNR fez, durante a manhã, buscas em armazéns agrícolas e casebres desta zona, muito próxima do local onde ontem as autoridades encontraram o carro roubado pelo suspeito.

A viatura terá sido abandonada pelo suspeito junto a um depósito de resina, próximo de uma estrada municipal e na entrada da aldeia, e foi levada para as instalações da PJ no centro da cidade.

O alegado homicida foi avistado pela última vez no domingo passado por uma patrulha da GNR na zona industrial de Vila Real e na aldeia de Constantim.

Populares contaram que o presumível homicida terá passado por uma rua central da aldeia, onde teve de parar atrás de um carro que fazia manobras de estacionamento.

O condutor desviou-se para deixar passar o carro branco alegadamente roubado e, numa segunda tentativa de estacionamento, acabou por impedir também a passagem dos militares da GNR.

Horas antes, “Piloto” terá sequestrado duas pessoas numa residência em Moldes, Arouca, e roubou a viatura de uma delas, pondo-se em fuga.

Tentou asfixiar mulher com almofada

Segundo o Jornal de Notícias, o fugitivo foi surpreendido na casa que usou como esconderijo, em Arouca, pela filha da inquilina e, por isso, terá tentado asfixiá-la com uma almofada.

O homicida terá batido em retirada não só porque a mulher resistiu, atacando-o como podia, mas também porque um reformado, que vivia na casa ao lado, ouviu gritos e foi ver o que se passava.

A GNR está focada na zona de Vila Real, mas continua a exercer ações também nos distritos limítrofes, tanto a norte como a sul.

As autoridades reforçaram também o pedido à população para que se mantenha atenta, devendo em casos suspeitos alertar de imediato a GNR.

A Guarda insiste que a “prioridade continua a ser a segurança das populações mais isoladas“.

Foi há uma semana que um militar e um civil foram assassinados a tiro em Aguiar da Beira, no distrito da Guarda, onde também um outro militar e uma civil ficaram feridos com gravidade.

ZAP / Lusa

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. Vai ser como o palito…
    A história vai durar…

    infelizmente será mais certo o homem ser encontrado pela CM TV mas não admira.

    Se eu fosse policia e visse esse “gajo” deixava-o seguir em liberdade pois o mais certo é o policia dar um tiro e ter que indemnizar a família ou o criminoso.
    Deve ser altura de repensar o que se quer para a policia e que tipo de policias o pais quer…

  2. Armindo tens toda a razão, garanto-te que se eu fosse policia a arma ficava no carro ou andava descarregada, ainda podia ter o azar de ter que disparar no cumprimento do dever e teria a minha vida desgraçada ( e a da minha família )

  3. Se apanharem o dito criminoso que matou duas pessoas e feriu outras para mim era mata lo com direito a louvor para quem lhe deu o tiro. Mas infelizmente quem ia preso era a autoridade com uma série de problemas ás costas eu quero uma policia protegida pela justiça e não o contrário. Neste país infelizmente quem sofre são PSP GNR e outras forças militares, é o que temos visto de há uns anos para cá. Estou farta de ver as nossas autoridades a serem condenados quando disparam contra criminosos.
    Por cada agente da autoridade morto deviam ser mortos vinte criminosos, esta é a minha opinião

RESPONDER

Quim Torra acusa Governo espanhol de tentar "excluir um presidente no meio de uma pandemia"

Um recurso do presidente separatista catalão Quim Torra contra uma condenação por desobediência que pode afastá-lo do exercício de cargos públicos durante ano e meio foi analisado na quinta-feira pelo Supremo Tribunal de Espanha. Antes …

Cinco anos depois, Volkswagen nega reembolso a 125 mil portugueses lesados

A marca alemã Volkswagen respondeu à Deco Proteste, cinco anos após o caso "dieselgate", informando que não irá indemnizar mais consumidores, tendo em vista os processos judiciais em curso. Segundo noticiou esta sexta-feira a Madremedia, em …

Novo recorde em cinco meses. Mais 780 casos por covid-19 em Portugal

Portugal regista mais seis mortos e 780 casos de infeção por covid-19 esta sexta-feira, de acordo com o boletim epidemiológico divulgado pela Direção-Geral da Saúde (DGS). Os números revelados no boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde …

"Podemos chegar a 1.000 novos casos por dia". Costa pede cautela

No final da reunião de emergência com o gabinete de crise para o acompanhamento da evolução da covid-19 em Portugal, Costa deixou conselhos e pediu cautela. A reunião, convocada na quinta-feira por António Costa, surgiu …

13 de Outubro em Fátima "sim, mas sem peregrinos". Delegada de Saúde espera que a Igreja se "porte bem"

A delegada de Saúde Pública do Médio Tejo defende que as cerimónias religiosas do 13 de Outubro no Santuário de Fátima decorram "sem peregrinos", esperando que a Igreja se porte "tão bem" como aquando do …

Espanha acusa hackers chineses de roubarem informações de vacina contra coronavírus

O Centro Nacional de Inteligência (CNI) espanhol argumenta que hackers chineses terão, alegadamente, acedido a informações confidenciais sobre o desenvolvimento de uma vacina contra o novo coronavírus. A diretora do CNI, Paz Esteban, alerta para um aumento …

Tribunal de Loures. António Joaquim vai manter-se em liberdade

O Tribunal de Loures decidiu esta sexta-feira manter a medida de coação de termo de identidade e residência a António Joaquim, condenado pelo Tribunal da Relação pelo homicídio do triatleta Luís Grilo, após um pedido …

Mesmo com o aumento de infetados, diminuir a quarentena para 10 dias é uma hipótese

A DGS deverá decidir em breve se o período de quarentena pode ser reduzido de 14 dias para apenas 10 dias, mas não para todos os casos. Para ficar menos tempo isolado é necessário cumprir …

Porfírio Silva vê “papel positivo” na candidatura de Ana Gomes, mas critica farpas a Costa

O dirigente socialista Porfírio Silva considera que a candidatura presidencial de Ana Gomes pode ser positiva se não cair na "armadilha" de se centrar no ataque a António Costa e se não "atropelar" o Estado …

Operação Lex. Três juízes acusados de corrupção. Luís Filipe Vieira vai ser julgado por um crime

Os juízes Rui Rangel, Fátima Galante e Vaz das Neves e o presidente do Benfica, Luís Filipe Vieira, estão entre os 17 acusados da Operação Lex. Em causa estão crimes de corrupção, abuso de poder, …