Dois mortos e três feridos em Aguiar da Beira. Suspeito continua a monte

Miguel Pereira da Silva / Lusa

Duas pessoas morreram e três ficaram feridas, na sequência do tiroteio desta terça-feira em Aguiar da Beira, no distrito da Guarda. A GNR montou uma operação policial mas o suspeito continua desaparecido.

Tudo aconteceu na madrugada desta terça-feira, quando dois guardas da GNR estavam a patrulhar a zona de um hotel em construção nas Termas da Cavaca, em Aguiar da Beira, distrito da Guarda.

Os dois consideraram suspeita a presença de uma carrinha no local, pensando tratar-se de assaltantes de cobre, mandando-a então parar para identificar os sujeitos.

Enquanto faziam a identificação, o condutor da carrinha disparou sobre um dos agentes da GNR, Carlos Caetano, a primeira vítima mortal deste tiroteio.

O corpo foi colocado na bagageira do veículo da GNR, no qual seguiu o suspeito. O outro agente, António Ferreira, foi amarrado a uma árvore e encontra-se em estado grave.

O suspeito fugiu até à estrada nacional 229, onde baleou um casal e fugiu com o seu automóvel. O homem morreu e a mulher encontra-se em estado crítico.

Ao início da noite, a imprensa chegou mesmo a circular a notícia de que a mulher tinha morrido, mas o hospital veio corrigir essa informação.

Segundo a agência Lusa, a mulher sofreu um traumatismo cranioencefálico grave e encontra-se na unidade de cuidados intensivos depois de ter sido submetida a uma intervenção cirúrgica.

As autoridades lançaram então uma caça ao homem e o principal suspeito chegou a ser intercetado no Candal, em Viseu, onde baleou mais um agente da GNR que, entretanto, já teve alta hospitalar.

De acordo com a imprensa, o homem chama-se Pedro Dias, tem 44 anos e é piloto de aviação de cargas. Esteve emigrado na África do Sul, já é conhecido das autoridades por outros roubos e é considerado “perigoso”.

A GNR montou um cerco na zona de São Pedro do Sul durante a noite, pedindo aos habitantes de Candal, Póvoa das Leiras e Coelheira que não saíssem de casa.

Apesar das condições climatéricas adversas, estiveram no local cerca de 250 militares da GNR e vários elementos da Polícia Judiciária. O suspeito continua a monte.

Caça ao homem continua

Hoje, a GNR informou os residentes onde decorrem as buscas que podem retomar as suas atividades mas pede para que se mantenham atentos.

Segundo o major Pedro Gonçalves, do Comando Territorial da GNR da Guarda, as buscas decorrem “com maior incidência junto à localidade de Candal, o último local onde o suspeito foi visto”.

“[Nas últimas horas] direcionámos mais a ação no terreno junto das populações para impedir que o suspeito se direcionasse para alguma casa e para garantir a segurança das populações e dar-lhe segurança psicológica com a nossa presença”, disse.

“Não se sabe se [o suspeito] pode ter progredido ou se se abrigou face às condições climatéricas adversas”, explicou.

Em casos suspeitos ou caso saibam alguma informação, as autoridades apelaram para serem alertadas de imediato, através do número de telefone 232 467 940 ou do número de emergência 112.

ZAP / Lusa

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Boa tarde,

    Só espero que este aparato todo não venha a ser como o do “Palito”.
    O pobre coitado era visto em todo o lado, ia a casa, comprava pão ao padeiro, etc…
    Só a GNR é que não o conseguia ver 🙂

    E agora se algum elemento da GNR der um tipo no homem será que esse GNR é preso tal, será que também tem que pagar à família uma indemnização tal como foi o caso da família de ciganos que teve direito a uma indemnização por levarem o filho para um assalto.
    E o GNR será que não disparou 1.º só com o receito de ser condenado e acabou morto…
    Penso ser importante reflectir nisto…

  2. Se a justiça não mudar a sério neste país durante pouco tempo será muito difícil viver por cá, cabe aos partidos refletirem sobre o que se está a passar e se acham justo que um indivíduo que mata três pessoas e deixa mais um ou dois em estado grave deve apanhar simplesmente 25 anos de prisão que raramente os cumprem, é caso para dizer que o crime compensa.

RESPONDER

Cinco anos depois, Volkswagen nega reembolso a 125 mil portugueses lesados

A marca alemã Volkswagen respondeu à Deco Proteste, cinco anos após o caso "dieselgate", informando que não irá indemnizar mais consumidores, tendo em vista os processos judiciais em curso. Segundo noticiou esta sexta-feira a Madremedia, em …

Novo recorde em cinco meses. Mais 780 casos por covid-19 em Portugal

Portugal regista mais seis mortos e 780 casos de infeção por covid-19 esta sexta-feira, de acordo com o boletim epidemiológico divulgado pela Direção-Geral da Saúde (DGS). Os números revelados no boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde …

"Podemos chegar a 1.000 novos casos por dia". Costa pede cautela

No final da reunião de emergência com o gabinete de crise para o acompanhamento da evolução da covid-19 em Portugal, Costa deixou conselhos e pediu cautela. A reunião, convocada na quinta-feira por António Costa, surgiu …

13 de Outubro em Fátima "sim, mas sem peregrinos". Delegada de Saúde espera que a Igreja se "porte bem"

A delegada de Saúde Pública do Médio Tejo defende que as cerimónias religiosas do 13 de Outubro no Santuário de Fátima decorram "sem peregrinos", esperando que a Igreja se porte "tão bem" como aquando do …

Espanha acusa hackers chineses de roubarem informações de vacina contra coronavírus

O Centro Nacional de Inteligência (CNI) espanhol argumenta que hackers chineses terão, alegadamente, acedido a informações confidenciais sobre o desenvolvimento de uma vacina contra o novo coronavírus. A diretora do CNI, Paz Esteban, alerta para um aumento …

Tribunal de Loures. António Joaquim vai manter-se em liberdade

O Tribunal de Loures decidiu esta sexta-feira manter a medida de coação de termo de identidade e residência a António Joaquim, condenado pelo Tribunal da Relação pelo homicídio do triatleta Luís Grilo, após um pedido …

Mesmo com o aumento de infetados, diminuir a quarentena para 10 dias é uma hipótese

A DGS deverá decidir em breve se o período de quarentena pode ser reduzido de 14 dias para apenas 10 dias, mas não para todos os casos. Para ficar menos tempo isolado é necessário cumprir …

Porfírio Silva vê “papel positivo” na candidatura de Ana Gomes, mas critica farpas a Costa

O dirigente socialista Porfírio Silva considera que a candidatura presidencial de Ana Gomes pode ser positiva se não cair na "armadilha" de se centrar no ataque a António Costa e se não "atropelar" o Estado …

Operação Lex. Três juízes acusados de corrupção. Luís Filipe Vieira vai ser julgado por um crime

Os juízes Rui Rangel, Fátima Galante e Vaz das Neves e o presidente do Benfica, Luís Filipe Vieira, estão entre os 17 acusados da Operação Lex. Em causa estão crimes de corrupção, abuso de poder, …

Em tempos difíceis, Von der Leyen diz que “sempre vi em Portugal um forte aliado"

Numa entrevista, Ursula von der Leyen disse que Portugal terá “a tarefa de liderar” com a recuperação da pandemia quando chegar à presidência do Conselho da UE em 2021. E promete uma proposta “mais humana …