700 imigrantes desaparecidos em naufrágio no Mediterrâneo

(dr)

Marinha italiana resgata imigrantes norte-africanos em Lampedusa

Cerca de 700 imigrantes estão desaparecidos no mar mediterrâneo, depois de a traineira onde viajavam com destino a Itália ter naufragado a 60 milhas da costa da Líbia, informam meios de comunicação social locais.

As mesmas fontes, citadas pelas agência EFE e AFP, acrescentam que terá sido um barco português a fazer uma chamada de emergência para a guarda costeira italiana, depois de ter salvo 28 sobreviventes, que terão relatado que o barco transportava outras 700 pessoas.

O barco que transportava os cerca de 700 imigrantes virou cerca das 00:00 de hoje, nas proximidades do sul da ilha italiana de Lampedusa.

Segundo a BBC, o primeiro-ministro de Malta Joseph Muscat já reagiu, dizendo que muitas pessoas poderão ter morrido no naufrágio, e a porta-voz da agência de refugiados da ONU, Carlotta Sami, adiantou que, “no momento, há receio de que se trate realmente de uma tragédia de grandes proporções.”

O jornal italiano Corriere della Sera refere que o navio que lançou o pedido de ajuda para o resgate nacional da Guarda Costeira tinha bandeira portuguesa, com o nome “King Jacob”, e salvou 28 dos imigrantes.

Um dos imigrantes salvos terá contado que a guarda costeira italiana recebeu uma chamada de socorro durante a noite, avisando que uma embarcação se encontrava em perigo.

Perante a impossibilidade de chegar a tempo, a guarda costeira pediu ajuda a um navio português que navegava na zona e que se desviou até ao local do naufrágio.

Quando o navio se aproximou da embarcação, os imigrantes “colocaram-se todos do mesmo lado da embarcação, provocando o naufrágio“.

Pelo menos 24 cadáveres foram já resgatados dos cerca de 700 imigrantes desaparecidos.

Segundo os órgãos de comunicação locais, os serviços da guarda costeira italianos e a marinha militar, em colaboração com a armada de Malta, terão já recolhido os corpos de 24 pessoas.

Marinha confirma envolvimento de navio português nas operações de salvamento

A Marinha Portuguesa confirmou este domingo à agência Lusa o envolvimento de um navio com bandeira portuguesa nas operações de buscas e salvamento do naufrágio no mar do mediterrâneo.

O porta-voz da Marinha, comandante Paulo Vicente, adiantou que o navio com bandeira portuguesa, com o nome “King Jacob”, está envolvido nas operações desde as 22:30 de sábado.

Segundo o mesmo responsável, o navio com bandeira portuguesa encontrava-se a navegar na zona do naufrágio, tendo sido contactado pelo Centro Coordenador de Buscas e Salvamento Marítimos de Itália para prestar assistência, uma obrigação que todos os navios têm quando existe situações graves.

O navio com bandeira portuguesa participa nas operações de buscas e salvamento juntamente com 30 navios e três helicópteros.

/Lusa

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. Afundem esses barcos todos assim que entrem em zona marítima Europeia. Ando eu a descontar para estes Giadistas entrarem na Europa e terem apoio social.

  2. Que andava um navio português a fazer ali? Andava a pescar ou à espera dos barcos que se afundam? Não há mais nada para fazer de útil ao serviço do país?

RESPONDER

PCP quer reposição da reforma aos 65 anos

O Partido Comunista Português propôs esta quinta-feira, no debate na especialidade do Orçamento do Estado de 2020 (OE2020), a reposição da idade legal de reforma nos 65 anos e dos 25 dias de férias na …

OE2020. Carga fiscal é ainda maior do que o previsto, alerta UTAO

O conceito de carga fiscal usado pelo Ministério das Finanças na proposta orçamental não corresponde ao utilizado pelo INE e pela Comissão Europeia, afirma a UTAO, dando que o valor é “ainda maior” do que …

A matemática ensina-lhe como tirar a chávena de café perfeita

Através de um modelo matemático, uma equipa de cientistas conseguiu encontrar a forma perfeita de fazer uma chávena de café expresso. Para além de ser mais saboroso, há um menor desperdício. Já alguma vez se perguntou …

Irmã de Isabel dos Santos desafia empresária a devolver 75 milhões a Angola

A ex-deputada do MPLA Welwitschia (Tchizé) dos Santos desafiou esta quinta-feira a irmã Isabel a devolver 75 milhões de euros ou dólares a Angola "para resolver o problema", argumentando que "Angola é de todos". "Como cidadã, …

Dakar novamente de luto. Morreu o piloto holandês Edwin Straver

Morreu o piloto holandês Edwin Straver, que estava internado em estado crítico na sequência de uma queda de mota no rali Dakar, na Arábia Saudita. Edwin Straver, piloto de 48 anos da KTM, estava hospitalizado em …

Armas roubadas ao exército suíço encontradas em Vila Nova de Paiva

Um homem foi identificado pelo núcleo de investigação de Moimenta da Beira da GNR, distrito de Viseu, por posse armas que tinha sido roubadas ao exército suiço, avança a agência Lusa esta sexta-feira.  As armas estavam …

Criada molécula capaz de aproveitar todo o espectro da luz solar

Uma equipa de químicos da Universidade Estadual de Ohio, nos Estados Unidos, criou pela primeira vez uma molécula capaz de recolher energia de todo o espectro da luz solar, releva um novo estudo. A nova …

O gás escondido no halo da Via Láctea está a escaldar

O XMM-Newton da ESA descobriu que o gás escondido no halo da Via Láctea atinge temperaturas muito mais quentes do que se pensava anteriormente e que tem uma composição química diferente da prevista, desafiando a …

Meio pombo, meio drone. O PigeonBot mostra como é que os pássaros voam

O PigeonBot procura explorar a morfologia das asas de um pombo e mostrar como é que eles voam. Um melhor entendimento disto pode ter aplicações na aeronáutica. Há muitos anos que o dom dos animais de …

Incêndios na Austrália permitiram descobrir canal mais antigo do que as Pirâmides do Egipto

Depois de a vegetação ter sido devastada pelos incêndios em Victoria, na Austrália, investigadores descobriram que este sistema de canais é significativamente maior do que se pensava. Desde setembro do ano passado que a Austrália enfrenta uma …