UE admite intervenção militar contra traficantes de imigrantes

Os chefes de Estado e de governo da União Europeia vão solicitar na quinta-feira o início dos preparativos para uma operação militar destinada a destruir as embarcações dos traficantes de imigrantes, refere o projecto da resolução.  

O projecto em discussão, divulgado pelas agências internacionais, solicita aos líderes europeus que desenvolvam “esforços sistemáticos para identificar, capturar e destruir as embarcações antes que sejam utilizadas pelos traficantes” no Mediterrâneo.

A Alta representante para a política externa e de segurança da União, Federica Mogherini, “é convidada para iniciar de imediato os preparativos para uma eventual operação de segurança e defesa para este efeito, de acordo com a lei internacional”, acrescenta o projecto de resolução.

As primeiras consultas sobre esta proposta demonstram “uma vontade política de emitir este forte sinal”, disse à agência noticiosa AFP uma fonte próxima do dossiê.

“Não podemos ser sérios caso não tenhamos em consideração o pedido de Mateo Renzi“, afirmou um alto responsável europeu.

O chefe do governo italiano solicitou que fosse examinada a possibilidade de efectuar “intervenções precisas” contra os traficantes na Líbia, que se tornou no país de embarque de migrantes e candidatos a asilo em direcção a Itália e Malta.

Caso seja aceite, a organização desta operação militar europeia seria uma decisão inédita no combate à imigração clandestina.

“A sua concretização levará tempo”, advertiram diplomatas envolvidos nas conversações. “Vão ser necessários planos operacionais, e depois mobilizar os meios militares”, explicaram.

A missão militar da UE contra a pirataria ao largo das costas somalis, Atalante, foi desencadeada em 2008, mas as primeiras acções contra as embarcações piratas apenas ocorreram em 2011-22012, recordou o eurodeputado francês Arnaud Danjean.

Para destruir as embarcações na Líbia será necessário um mandato jurídico” das Nações Unidas, sublinhou.

“A possibilidade de acção em terra fornecida à força naval Atalante na Somália quase nunca foi utilizada, porque não é tão simples”, explicou.

O apelo para novas medidas e a pressão sobre os líderes europeus aumentou após o devastador naufrágio no domingo que terá provocado a morte de cerca de 800 imigrantes provenientes da Líbia.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Fuse Valley, Matosinhos

Está a nascer em Matosinhos a Silicon Valley portuguesa (e até Siza Vieira está "espantado")

O "Fuse Valley" promete ser a Silicon Valley portuguesa, em Matosinhos, num empreendimento inovador da Farfetch e da Castro Group que até deixa o ministro da Economia, Pedro Siza Vieira, "espantado". A abertura está prevista …

Portugal aguarda "luz verde" da EMA para avançar com terceira dose aos idosos

Portugal aguarda a autorização da Agência Europeia de Medicamentos para avançar com a administração da terceira dose da vacina contra a covid-19 a maiores de 65 anos. Com base nos resultados de dois grandes estudos científicos …

E depois de Merkel? Alemanha já sente falta da Chanceler que saiu da sombra para salvar o seu "delfim"

Angela Merkel tinha prometido ficar afastada das eleições legislativas deste domingo, na Alemanha, mas saiu da sombra para apoiar o seu "delfim", o candidato da CDU, Armin Laschet, que deverá disputar a vitória com o …

Já há refugiados afegãos a realizarem entrevistas de emprego em Portugal

Já há refugiados afegãos a realizarem entrevistas de emprego em Portugal, disse a secretária de Estado para a Integração e as Migrações, Cláudia Pereira. Em três semanas, chegaram 178 refugiados afegãos a Portugal. A secretária de …

Arranca hoje a conferência dos Trabalhistas - num clima de "guerra civil" entre Starmer e os Corbynistas

A proposta de Starmer de mudar a sistema de eleição do líder dos Trabalhistas tem suscitado muitas críticas, num partido que já estava profundamente dividido entre os membros mais conservadores e os membros leais a …

Multinacional oferece emprego qualificado em Portugal mas não tem candidatos

Um engenheiro de Mirandela regressou à terra para instalar na cidade transmontana o polo principal de uma nova multinacional na área da energia que está a recrutar, mas não consegue candidatos para emprego qualificado. Manuel Lemos …

Austrália, Japão, EUA e Índia reúnem-se "sem objetivos militares", mas China sente-se ameaçada

Estados Unidos, Austrália, Japão e Índia reuniram-se naquela que foi a primeira reunião do chamado Quad. A China sente-se ameaçada e avisa que o grupo está "fadado ao fracasso". Joe Biden liderou esta sexta-feira a primeira …

"Escândalo". FCSH acusada de abrir concurso à medida de Raquel Varela

A Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa está a ser acusada de abrir um concurso à medida da historiadora Raquel Varela. A polémica com a historiadora começou na segunda-feira, 20 de …

Descobertos cadáveres de guerreiros do século XIII. Podem ter sido enterrados pelo Rei Luís IX

Cientistas britânicos acreditam que os cadáveres dos guerreiros cristãos tenham sido enterrados por Luís IX, rei de França, no século XIII. Um grupo de arqueólogos internacionais encontrou no castelo de Sidon, no Líbano, valas comuns com …

Hidroavião de Sacadura Cabral e Gago Coutinho é único no mundo e está em Lisboa

Um dos hidroaviões que há quase 100 anos transportaram Sacadura Cabral e Gago Coutinho na primeira Travessia Aérea do Atlântico Sul está exposto no Museu da Marinha, em Lisboa, e é o único aparelho original …