Tolerância de ponto para ver o Papa fecha escolas e adia cirurgias e julgamentos

-

A tolerância de ponto concedida pelo Governo aos funcionários públicos, para o dia da visita do Papa a Portugal, vai obrigar ao adiamento de vários serviços, nomeadamente de cirurgias e consultas programadas e de audiências de julgamento.

A decisão de conceder tolerância de ponto à Função Pública para o próximo dia 12 de Maio, aquando da visita do Papa Francisco a Portugal, para assinalar as comemorações do centenário das Aparições de Fátima, vai parar vários serviços.

Os portugueses podem esperar escolas fechadas, audiências de julgamento adiadas, cirurgias e consultas atrasadas para data posterior.

A Associação Portuguesa de Administradores Hospitalares, pela voz de Alexandre Lourenço, confirma à TSF que vai ser preciso remarcar consultas e cirurgias já programadas, em todo o país.

“Os serviços mínimos estão assegurados e os hospitais vão continuar a funcionar”, salienta Alexandre Lourenço, mas “existindo tolerância de ponto e se os funcionários optarem por segui-la, o que por norma acontece”, as cirurgias e consultas “terão de ser adiadas”.

No caso das cirurgias, são situações que implicam a intervenção de mais do que um profissional, pelo que bastará uma pessoa da equipa aderir à tolerância de ponto para inviabilizar a realização do procedimento.

Assim, Alexandre Lourenço repara que é preciso iniciar os agendamentos das novas datas o quanto antes, “evitando qualquer transtorno para os doentes”.

A presidente da Associação Sindical de Juízes, Manuela Paupério, destaca também na TSF que a tolerância de ponto vai obrigar a que várias audiências de julgamento tenham que ser remarcadas, uma vez que todos os serviços não urgentes serão adiados.

Seria “grande insensibilidade” não dar tolerância

Alguns deputados do PS já vieram criticar o Governo pela decisão de decretar a tolerância de ponto para a visita do Papa. António Costa reagiu notando que é uma decisão “natural”.

O primeiro-ministro considerou mesmo que seria uma “grande insensibilidade” se o Governo não concedesse tolerância de ponto.

“É natural que muitos portugueses desejem participar na visita do Papa Francisco a Portugal, um momento que distingue o país. Por isso, também é natural que o Governo dê tolerância de ponto para facilitar quem deseja participar nas cerimónias o possa fazer e diminuam as condições de congestionamento”, começou por dizer António Costa.

“Tenho um grande à-vontade sobre esta matéria, porque não só defendo a laicidade, como não sou crente, mas respeito a crença dos outros e não ignoro que muitos portugueses perfilham a fé católica e que muitos portugueses desejarão estar em Fátima”, acrescentou depois, o governante.

Confrontado com as críticas feitas a esta decisão do Governo pelo deputado socialista Tiago Barbosa Ribeiro, conotado com a ala esquerda do PS, António Costa desdramatizou, argumentando que “as críticas são todas legítimas”.

“Agora, a liberdade religiosa e a laicidade implicam também o respeito pelas crenças dos outros. Eu não sou crente, mas respeito as crenças dos outros”, frisou.

PSD e CDS concordam com o Governo

O PSD e o CDS-PP já afirmaram concordar com a decisão do Governo. “Para acontecimentos excecionais, tomam-se medidas excecionais”, disse à Lusa o deputado do PSD Duarte Pacheco, recusando a ideia de que, com esta medida, se está a colocar em causa o Estado laico.

O Governo “compreendeu que o país é maioritariamente católico” e que, em Fátima, com a visita do Papa, o centenário das aparições e a canonização de dois pastorinhos, “é um acontecimento excecional”, acrescentou Duarte Pacheco.

Pelo CDS, o deputado Filipe Anacoreta Correia também concorda com a decisão, interpretando-a como o “reconhecimento da importância do Papa Francisco, da Igreja Católica em Portugal” e da ideia de que “esta visita mexe com milhares de pessoas que vão deslocar-se a Fátima”.

“O Governo teve a preocupação de se associar a uma circunstância de grande alegria para os portugueses”, concluiu.

O Papa Francisco visita Fátima a 12 e 13 de maio para canonizar os dois pastorinhos Jacinta e Francisco, no centenário das “aparições” na Cova da Iria, em 1917. Tem também encontros agendados com o Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, e com o primeiro-ministro, António Costa.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

6 COMENTÁRIOS

  1. Ja q és o 1º ministro de todos os portugueses devias de os representar, assim ao dar tolerância de ponto é somente p/ os FP, os outros trabalhadores são escravos, não fazem parte da classe de trabalhadores deste país. Já que é para todos devia ser feriado nacional assim é q é para todos os portugueses. Numa democracia devia de ser assim…

    • Antes de dar a tal tolerância de ponto deveria era ter pensado nos Serviços que vão afectar grande parte dos portugueses, principalmente na área da saúde, o que é bem mais importante do que a vinda do Papa, a Portugal!
      O que interessa a vinda do Papa, a uma grande parte dos Portugueses? Francamente.

      • Perante tanta preocupação, justíssima, pela saúde, pela justiça, etc, deixo a seguinte pergunta:quantas cirurgias, julgamentos,consultas, audiências, inaugurações, etc. foram adiadas com o retomar, pelo atual Governo, dos QUATRO dias de feriado que o Governo anterior tinha eliminado ?

  2. Tem toda a razão. É lamentável…. tolerância de ponto????? Quanto vai custar aos outros “desgraçados” a quem não é dada tolerância? São sempre os mesmos a pagar. É assim em Portugal!

  3. Não me digam que é o Papa o responsável pelo adiamento das cirurgias ?
    Decidir tolerância de ponto ( mas para todos ) é sem dúvida um gesto de respeito.
    Mas perguntem ao Papa se é essa a sua vontade . Ele que tanto tem falado e tanto tem lutado pelo bom e contínuo serviço aos outros.
    A grande alegria do Papa é vir como peregrino de Nossa Senhora – não como um estorvador dos nossos deveres.
    Nós é que somos uns aproveitadores … e uns faltosos.

Responder a TSMC Cancelar resposta

Gelo a cair num buraco faz barulhos estranhos (e parece uma batalha de lasers)

Alguma vez pensou o que se ouve quando deixamos cair gelo num buraco gelado profundo? Já não precisamos de pensar mais - e já podemos ouvir. O vídeo do pedaço de gelo a cair num buraco …

Tribunal recusa exumar corpo. Rosa Grilo conhece sentença a 3 de março

A leitura do acórdão no processo do homicídio do triatleta ficou agendada, esta terça-feira, para o dia 3 de março. De acordo com o Diário de Notícias, a defesa de Rosa Grilo pediu a exumação do …

Revelados documentos que provam a investigação de OVNIs por parte do Pentágono

Documentos recentemente divulgados mostram que o Departamento de Defesa dos Estados Unidos (EUA) financiou estudos sobre Objetos Voadores Não Identificados (OVNI's), contradizendo declarações recentes do Pentágono. Em 2017, o New York Times revelou a existência de …

"Nem sei onde é Alcochete". Pinto da Costa ouvido como testemunha de Bruno de Carvalho

O presidente do FC Porto foi ouvido, esta terça-feira, como uma das testemunhas do ex-dirigente leonino no julgamento da invasão à academia do Sporting, em Alcochete, que está a decorrer no tribunal de Monsanto, em …

A nova obra de Bansky só durou dois dias

A nova obra do artista britânico Banksy, que apareceu na véspera do Dia dos Namorados em Bristol, foi coberta por um grafite cor-de-rosa dois dias depois. A imagem de uma menina a atirar flores vermelhas com uma …

Mais de cem médicos assinam carta a exigir fim da "tortura" de Assange

Mais de cem médicos assinaram uma carta, divulgada esta terça-feira, na qual pedem que o fundador do Wikileaks receba tratamento médico adequado.  Através de uma carta publicada, esta terça-feira, na revista científica The Lancet, mais de uma …

Espiões russos foram à Irlanda investigar cabos submarinos de Internet. Teme-se que os cortem

Esta segunda-feira, o mundo entrou em estado de alerta: agentes secretos da Rússia foram descobertos na Irlanda, numa missão para mapear a localização exata dos cabos submarinos que conectam a Europa à América do Norte. Não …

Telmo Correia eleito líder parlamentar do CDS-PP por unanimidade

O deputado foi eleito, esta terça-feira, presidente do Grupo Parlamentar do CDS-PP, sucedendo a Cecília Meireles, numa votação em que contou com os votos favoráveis dos restantes quatro eleitos centristas. O anúncio foi feito no Parlamento …

Site de genealogia "salva" homem preso há 15 anos por um crime que não cometeu

Ricky Davis é a primeira pessoa a ser libertada com recurso a testes modernos de ADN no estado da Califórnia e o segundo nos Estados Unidos. Ricky Davis tinha 20 anos quando Jane Hylton, de 54 …

Bolsonaro acusado de fazer insinuação sexual contra jornalista

O Presidente do Brasil foi acusado, esta terça-feira, de fazer uma insinuação de natureza sexual contra uma jornalista do jornal Folha de São Paulo. De acordo com o jornal Folha de São Paulo, a jornalista em …