Sócrates acusa tribunal de escolha intencional de juiz e de ludibriar a lei

José Goulão / Flickr

Ex-primeiro ministro e ex-líder do PS, José Sócrates

O antigo primeiro-ministro José Sócrates acusou o Tribunal Central de Instrução Criminal de ter cometido “um ato intencional de escolha de juiz, ludibriando a lei”, no âmbito da Operação Marquês, na qual é suspeito de vários crimes.

Num artigo de opinião publicado esta sexta-feira no site da TSF, José Sócrates sublinha que “o que se passou com a denominada ‘atribuição manual’ não foi uma falha, um descuido burocrático que se possa atribuir a um funcionário”, mas, “pelo contrário, num ato intencional de escolha de um juiz, ludibriando a lei”.

O ex-governante defende que “o mais provável é que o processo tenha sido ilegalmente ‘avocado’ e o principal suspeito é o juiz Carlos Alexandre”.

Sócrates, que chegou a estar preso preventivamente durante dez meses e depois em prisão domiciliária, está acusado de três crimes de corrupção passiva de titular de cargo político, 16 de branqueamento de capitais, nove de falsificação de documentos e três de fraude fiscal qualificada.

A acusação sustenta que Sócrates recebeu cerca de 34 milhões de euros, entre 2006 e 2015, a troco de favorecimentos a interesses do ex-banqueiro Ricardo Salgado no Grupo Espírito Santos (GES) e na PT, bem como por garantir a concessão de financiamento da Caixa Geral de Depósitos ao empreendimento Vale do Lobo, no Algarve, e por favorecer negócios do Grupo Lena.

Segundo José Sócrates, “este processo tem um longo historial de abusos” e dá exemplos: “A detenção ilegal, a prisão para investigar, os prazos legais escandalosamente ultrapassados, o segredo de justiça violado ao serviço de uma violenta campanha de difamação promovida pelo Estado e ainda a entrevista televisiva do juiz de instrução, onde ostensivamente evidenciou uma completa parcialidade, fazendo desprezíveis e desonestas insinuações”.

Agora, acrescenta, o que está em causa “é a fundada suspeita que este processo foi viciado, corrompido desde o seu início, por forma a ter o juiz titular que uma das partes desejava, um juiz com partido, um juiz escolhido pelo Estado, pelo Ministério Público”.

O antigo primeiro-ministro afirma que a existência de um sorteio ou de “atribuição manual” é um dado fundamental, que faz a “diferença entre legalidade ou arbítrio; diferença entre transparência ou manipulação; diferença entre boa-fé e manipulação para que uma das partes escolha o juiz.

A defesa de José Sócrates entregou na quinta-feira o requerimento de abertura de instrução no processo Operação Marquês.

A Operação Marquês tem como principal arguido o ex-primeiro-ministro, que está acusado de 31 crimes de corrupção passiva, falsificação de documentos, fraude fiscal qualificada e branqueamento de capitais.

O inquérito da Operação Marquês culminou na acusação a 28 arguidos – 19 pessoas e nove empresas – e está relacionado com a prática de quase duas centenas de crimes de natureza económico-financeira.

// Lusa

PARTILHAR

32 COMENTÁRIOS

  1. Ja ninguem te suporta, pá. Está tudo farto de corruptos e de idiotas que se julgam espertos. Pelo contrario, és um escroque parvalhão que nos quer fazer de parvos a todos. Porque no te calas?

  2. Até parece que o juiz tem alguma coisa contra ele, não vejo a dizer-se inocente nem a justificar de onde veio toda aquela riqueza que ostentava, a desculpa que o amigo lhe dava ( nem sequer é emprestar ) nunca colou, alias ele nem tinha intenção de pagar. Ele estava a receber do amigo ou através do amigo dinheiro por algum serviço que tinha feito, isso é evidente para todos. Sinceramente para que haja justiça este Sr. deverá passar bem mais do que 9 meses na cadeia.

  3. A nossa justiça realmente vai de mal a pior…”””O pedido de liberdade condicional da investigadora Maria de Lurdes Lopes Rodrigues, presa por crimes de difamação e injúrias a magistrados, foi rejeitado pelo Tribunal da Relação de Lisboa.””” E este “Jose Socrates” que acusa tudo e todos de o diflamarem seu “bom nome” vai escapando como uma enguia!!! Aqui se ve realmente a balança da justiça com os seus dois pratos!!!

  4. Olha o SOCRATES, vai catar…Tu e essa gentalho (gatunos TODOS) que estão no processo, deviam:
    Primeiro: Catar-vos o dimnheiro TODO que roubararm;
    Depois: traze-los todos a Qtuinta da Cardiga e serem todos enrabados a frio…seus filhos de p***.
    Por causa de vcs e que andamos a pagar tributos para compensar (outros malandros…)
    Eu, assino por baixo…acabava-vos com a raça…mas primeiro tinham que devolver o dinheirinho TODO !
    Seus vigaristas de merd***

    • O que quer dizer? Não consegas?
      Nem escrever sabem, mas sabem muito de justiça. São todos Magistrados.
      Não ouviu este sr Juiz na entrevista a dizer que não tinha amigos que lhe emprestassem dinheiro e depois mais tarde provou-se que afinal até tinha, mas que foi só para comprar a “sua” casita em Mação.

      • Sinceramente “mm”, mas de si não esperava outra opinião!
        Então agora o bandido é o juiz Carlos Alexandre o o homem que foi primeiro ministro é a vítima ???
        Sabe é por haver opiniões como a sua que este país está e estará na cauda da Europa e atrás de muitos países que se dizem de terceiro mundo.
        É o país que temos!

        • Não estou a defender nem a atacar ninguém, mas um Juiz que vai para a televisão mentir e que afinal, tem os mesmos pecados de quem está a condenar, não nos dá muita segurança.

  5. Não acredito na inocência de J.Sócrates. Mas mete-me medo um Carlos Alexandre, juiz arvorado em deus. Atentemos que este é um de muitos casos de Carlos Alexandre.

  6. Será que ele é que quer nomear os juizes ? Quer um com cartão partidário ou com aval partidário??? Mas isso já todos nós estamos mais ou menos a aguardar ! Só por estas pretensões e acusações ao tribunal se fosse um cidadão comum estava dentro, mas este não está….isto é sim uma justiça inacreditável , uma justiça a vários tempos , tal qual como o dinheiro, uns comem demais, tem grandes panças a encher, outros de menos, passam fome….que país aviltante é este ????

  7. Mas se o homem diz que é inocente porque que é que está preocupado com o juiz!!!????
    É só provar a sua inocência porque o juiz pouco conta!!!!!!!!

  8. Querem ver que o juiz é o ladrão!!!
    Será que o homem está a estrabuxar para sacudir a água do capote? Há cada um!! Livra!!!

  9. O homem tem razão numa coisa. Um Juiz é para ser imparcial e neste processo não o é como toda a gente bem entendeu. Livrai-nos de calharmos com um juiz assim numa qualquer processo em que o Estado invista contra nós com toda a sua cavalaria.

    • Tem razão Francisco Santos…
      O juiz é tendencioso pois está do lado da justiça e contra a corrupção.
      Por isso é tendencioso…
      O nosso ex primeiro ministro está totalmente de contra e pelas sua palavras também o Francisco também!
      É o país que temos!!!

  10. Tadinho do Sócrates! É uma vítima de perseguição só para o afastarem da política e porem lá no lugar dele aquele que foi seu vice ou n.º2 do Governo – António Costa! Lol

  11. É deste tipo de justiça que eu tenho muito medo. E não falo apenas da justiça dos tribunais. Pior, na minha opinião, é a justiça popular que, na sua maioria, condena de imediato sem ter provas concretas, ou seja, acreditando apenas naqueles que moldam a opinião pública. É apenas a opinião do cidadão que acredita que todos somos inocentes até prova em contrário, não apenas indícios…

  12. “um ato intencional de escolha de juiz, ludibriando a lei”
    Como é possivel uma acusacao destas e ficar impune?
    Que justiça esta… que permite estes bandalhos acusarem e abusarem diariamente com a dignidade e profissionalismo das entidades policiais e judiciais e das pessoas que nelas trabalham, sabe-se lá com quantas dificuldades que estes boys lhe colocam no caminho com dinheiro roubado ao povo.
    Como é possivel ainda haver gente que acredita na honestidade destes vermes.

    • Porque este é um sacana com amigos poderosos e defendido por rebanho de fiéis seguidores em busca da migalha. Já devia era ter sido enfiado num buraco bem fundo.

RESPONDER

Governo disponível para retomar reuniões no Infarmed (mas nega falta de informação)

O Governo manifestou esta quinta-feira “abertura para retomar as reuniões” no Infarmed sobre o ponto de situação da epidemia de covid-19, mas rejeitou falhas na informação ao parlamento e aos partidos. Na conferência de imprensa do …

Israel e Emirados Árabes Unidos alcançam "acordo histórico" mediado pelos Estados Unidos

O Presidente norte-americano, Donald Trump, anunciou esta quinta-feira que Israel e os Emirados Árabes Unidos concordaram em estabelecer relações diplomáticas plenas, como parte de um acordo para impedir a anexação israelita de terras ocupadas pelos …

Em contingência, Câmaras de Lisboa passam a definir horários do comércio. O (pouco) que muda este sábado

A generalidade de Portugal continental continuará em situação de alerta e a Área Metropolitana de Lisboa em situação de contingência até ao final do mês devido à pandemia de covid-19, anunciou o Governo. Segundo explicou esta …

Três meses depois do anúncio, o apoio de emergência às Artes ainda não chegou

Cinquenta das 311 entidades abrangidas pela Linha de Apoio de Emergência às Artes, dotada de 1,7 milhões, ainda não tinham esta quinta-feira recebido o valor que lhes foi atribuído, três meses depois do anúncio dos …

Avaliação dos professores, "mock exams" e testes no outono. Britânicos podem "escolher" as próprias notas

O Governo britânico deu aos estudantes de liceu três alternativas diferentes para obterem o resultado das suas avaliações deste ano letivo, que foi atípico devido à pandemia de covid-19. De acordo com o jornal britânico The …

Governo reitera que não há exceções para a Festa do Avante. Críticas multiplicam-se

A ministra de Estado e da Presidência destacou que o Governo “não tem competências legais ou constitucionais” para proibir iniciativas políticas como a Festa do Avante!, mas salientou que não serão admitidas exceções às regras. Na …

Trabalhadores que estiveram em lay-off durante pelo menos 30 dias também vão ter bónus

O Conselho de Ministros aprovou um decreto-lei que clarifica que os trabalhadores que estiveram em lay-off por mais de 30 dias consecutivos, mesmo sem completar um mês civil, vão receber o complemento de estabilização. "Criado com …

Marcelo pede tolerância zero contra o racismo (e pede “sentido nacional” a Governo e oposição)

O Presidente da República recomendou esta quinta-feira aos democratas “tolerância zero” e “sensatez” para combater o racismo, ao comentar as ameaças de que foram alvo três deputadas e outros sete ativistas. “Os democratas devem ser muito …

43% das escolas no mundo sem condições de higiene para reabertura segura

Mais de 40% das escolas no mundo não têm acesso a condições básicas de higiene, como água para lavar as mãos e sabão, aumentando os riscos de reabertura no contexto da pandemia de covid-19, alertam …

Mais seis mortes, 325 novos casos e 237 recuperados

Portugal regista esta quinta-fira mais seis mortes por covid-19, 325 novos casos de infeção e mais 237 pessoas dadas como recuperadas em relação a quarta-feira, segundo o boletim diário da Direção-Geral da Saúde (DGS). De acordo …