PGR critica investigação da Operação Marquês (e Sócrates atira-se ao patrão da Sonae)

Luis Forra / Lusa

O ex-primeiro-ministro José Sócrates

O ex-primeiro-ministro José Sócrates

A Procuradora-Geral da República, Joana Marques Vidal, aceitou o pedido dos investigadores da Operação Marquês para prolongar novamente o prazo do inquérito, mas deixa fortes críticas à investigação. 

No comunicado onde avança a aceitação do pedido dos investigadores, para adiar o prazo do inquérito por mais três meses, a Procuradora-Geral da República (PGR) começa por admitir que os sucessivos atrasos que se têm verificado se justificam pela “elevada complexidade dos factos investigados”.

“Pese embora todo o esforço empreendido e o considerável avanço na investigação, não poderá deixar de se notar que poderiam eventualmente ter sido desenvolvidas estratégias de direcção do inquérito tendentes a melhor racionalizar os meios disponíveis e a reforçar aquela direcção, desde logo em sede do cumprimento, pelo OPC [Órgão de Polícia Criminal, ou seja, a equipa das Finanças], das orientações dadas pelos magistrados que integram a equipa de investigação”, repara contudo, Joana Marques Vidal.

A PGR solicita assim, ao director do Departamento Central de Investigação e Acção Penal (DCIAP), Amadeu Correia, que é o superior hierárquico do Procurador Rosário Teixeira que lidera a “Operação Marquês”, que analise a possível adopção de medidas para “fortalecer a direcção do inquérito e definir a concreta atribuição aos magistrados que integram a equipa das tarefas a realizar, a reforçar a articulação interna da equipa e, bem assim, a articulação directa e presencial da intervenção do OPC, eventualmente através da avocação do inquérito”.

Isto é o mesmo que dizer que Joana Marques Vidal pede a Amadeu Correia que “pondere assumir a direcção do inquérito”, afastando Rosário Teixeira do caso, conforme salienta o jornal Público.

As críticas de Joana Marques Vidal estendem-se também aos responsáveis do inquérito da Direcção de Finanças de Braga, que são liderados pelo inspector tributário Paulo Silva, considerando que é preciso que haja uma “definição clara das suas atribuições, do modo como essa coadjuvação deve processar-se e do modo como o solicitado pelos magistrados ao OPC deve ser cumprido, bem como do tempo de cumprimento das tarefas atribuídas”.

Os advogados de José Sócrates, João Araújo e Pedro Delille, já anunciaram que vão impugnar o prolongamento da investigação, acusando a PGR de se limitar a “deitar as culpas ao mordomo”.

Sócrates acusa Sonae de ter pressionado o governo

Entretanto, José Sócrates reage às declarações do presidente executivo da Sonae, Paulo Azevedo, sobre a OPA lançada por esta empresa à Portugal Telecom, um dos vários casos em que o ex-primeiro-ministro está sob suspeita.

Paulo Azevedo disse que “estavam todos feitos” neste negócio e que “o jogo estava distorcido”.

Numa nota no Diário de Notícias, Sócrates refere que a “declaração constituiu uma grave e maldosa insinuação” que diz “indignadamente repudiar“.

“O governo da altura assumiu uma posição de estrita imparcialidade nem contra nem a favor da OPA”, acrescenta o ex-primeiro-ministro, garantindo que manteve sempre uma “posição de neutralidade” no processo, nomeadamente relativamente à Caixa Geral de Depósitos, “a cuja administração foi comunicada total liberdade”.

Sócrates alega ainda, que a “administração da Sonae tentou persuadir o governo a apoiar a OPA”. É “indesculpável que alguém que tentou em várias ocasiões convencer o governo a ser apoiante da sua iniciativa empresarial se permita fazer insinuações que o próprio sabe serem falsas”, conclui o ex-governante.

“O governo nunca esteve feito com ninguém. Nem com o Dr. Paulo Azevedo”, termina Sócrates neste texto no DN.

ZAP //

6 COMENTÁRIOS

  1. Ó Trocas-te. Tu acreditas no que dizes? Fantástico. A capacidade de mentir é infinita. Não devia ir para nenhuma prisão. Mas sim para um hospital psiquiátrico….

  2. Estas afirmações cheiram-me a politiquises partidárias. Porque não encaram o caso com noções de justiça e do que sabem? – Desculpem o conselho. Há tanta coisa que nos podemos debruçar e analisar procurando fazer afirmações justas! – deixem-se de opiniões pura e simplesmente partidárias. Com as minhas desculpas.

  3. Ninguém viu ninguém sabe, a culpa morre solteira… tudo normal neste portugal com letra pequena.

    “O Mundo não será destruído por aqueles que fazem o mal, mas por aqueles que os olham e não fazem nada”
    Albert Einstein

RESPONDER

Guia de descontos para uma Black Friday em grande

O conceito começou por ser uma referência ao colapso da Bolsa de Valores de Nova Iorque, em 1929. Mas a Black Friday como hoje a conhecemos só surgiu nos anos 60, quando o setor do …

Morreu o actor João Ricardo

O actor e encenador João Ricardo, 53 anos, morreu esta quinta-feira, em Lisboa, disse à Lusa a agência do actor. O actor João Ricardo, conhecido pelo seu trabalho na televisão, no teatro e no cinema, nasceu …

Chegou à Finlândia o pão feito com farinha de grilo

Uma das maiores empresas de produtos alimentares da Finlândia vai começar a vender pão de insetos, no qual grilos comuns são moídos e acrescentados à farinha normal, representando cerca de 3% do peso de cada …

39 anos por um crime que não cometeu. Finalmente livre

Craig Coley, agora com 70 anos, cumpria pena de prisão perpétua pela autoria de dois homicídios em 1978. No entanto, 39 anos depois, a sua inocência foi provada e o norte-americano foi libertado. O governador da …

Neutralidade da Internet em jogo nos EUA. Portugal é mau exemplo

A administração Trump quer reverter o princípio do livre acesso a qualquer tipo de conteúdo na Internet. Jornais internacionais apontam Portugal como exemplo de falta de neutralidade. Os Estados Unidos da América vão votar o fim …

Trabalhadores do privado voltam a receber subsídios de Natal e de férias por inteiro

O pagamento dos subsídios de Natal e de férias no setor privado vai deixar de ser feito parcialmente em duodécimos e voltará a ser feito de uma só vez, em 2018, depois da aprovação de …

O milionário que matou o Gawker quer os restos do cadáver

Os advogados do vingativo milionário Peter Thiel apresentaram, esta semana, uma ação para contestar uma previdência cautelar que o impede de comprar os ativos do já "adormecido" Gawker. Em causa, estão os arquivos de 14 …

Governo quer terrenos privados limpos até 15 de março

Os proprietários privados têm "até 15 de março" para limpar as áreas envolventes às casas isoladas, aldeias e estradas e, se não o fizeram, os municípios terão "até ao final de maio" para proceder a …

Uma explosão, segredos de Estado e rumores, mas ainda não há sinal do submarino

As buscas pelo submarino argentino ARA San Juan, que está desaparecido há oito dias, entraram numa fase crítica, quando as esperanças de encontrar a tripulação viva estão praticamente esgotadas. Sem pistas sobre o submarino, há …

Bancos aumentaram ganhos com as comissões pagas pelos clientes

A banca nacional facturou 1,62 mil milhões de euros em comissões líquidas, pagas pelos clientes, desde Janeiro até Setembro de 2017. Um valor que reflecte uma subida de 5,7% relativamente a 2016. Estes dados são avançados …