PGR critica investigação da Operação Marquês (e Sócrates atira-se ao patrão da Sonae)

Luis Forra / Lusa

O ex-primeiro-ministro José Sócrates

O ex-primeiro-ministro José Sócrates

A Procuradora-Geral da República, Joana Marques Vidal, aceitou o pedido dos investigadores da Operação Marquês para prolongar novamente o prazo do inquérito, mas deixa fortes críticas à investigação. 

No comunicado onde avança a aceitação do pedido dos investigadores, para adiar o prazo do inquérito por mais três meses, a Procuradora-Geral da República (PGR) começa por admitir que os sucessivos atrasos que se têm verificado se justificam pela “elevada complexidade dos factos investigados”.

“Pese embora todo o esforço empreendido e o considerável avanço na investigação, não poderá deixar de se notar que poderiam eventualmente ter sido desenvolvidas estratégias de direcção do inquérito tendentes a melhor racionalizar os meios disponíveis e a reforçar aquela direcção, desde logo em sede do cumprimento, pelo OPC [Órgão de Polícia Criminal, ou seja, a equipa das Finanças], das orientações dadas pelos magistrados que integram a equipa de investigação”, repara contudo, Joana Marques Vidal.

A PGR solicita assim, ao director do Departamento Central de Investigação e Acção Penal (DCIAP), Amadeu Correia, que é o superior hierárquico do Procurador Rosário Teixeira que lidera a “Operação Marquês”, que analise a possível adopção de medidas para “fortalecer a direcção do inquérito e definir a concreta atribuição aos magistrados que integram a equipa das tarefas a realizar, a reforçar a articulação interna da equipa e, bem assim, a articulação directa e presencial da intervenção do OPC, eventualmente através da avocação do inquérito”.

Isto é o mesmo que dizer que Joana Marques Vidal pede a Amadeu Correia que “pondere assumir a direcção do inquérito”, afastando Rosário Teixeira do caso, conforme salienta o jornal Público.

As críticas de Joana Marques Vidal estendem-se também aos responsáveis do inquérito da Direcção de Finanças de Braga, que são liderados pelo inspector tributário Paulo Silva, considerando que é preciso que haja uma “definição clara das suas atribuições, do modo como essa coadjuvação deve processar-se e do modo como o solicitado pelos magistrados ao OPC deve ser cumprido, bem como do tempo de cumprimento das tarefas atribuídas”.

Os advogados de José Sócrates, João Araújo e Pedro Delille, já anunciaram que vão impugnar o prolongamento da investigação, acusando a PGR de se limitar a “deitar as culpas ao mordomo”.

Sócrates acusa Sonae de ter pressionado o governo

Entretanto, José Sócrates reage às declarações do presidente executivo da Sonae, Paulo Azevedo, sobre a OPA lançada por esta empresa à Portugal Telecom, um dos vários casos em que o ex-primeiro-ministro está sob suspeita.

Paulo Azevedo disse que “estavam todos feitos” neste negócio e que “o jogo estava distorcido”.

Numa nota no Diário de Notícias, Sócrates refere que a “declaração constituiu uma grave e maldosa insinuação” que diz “indignadamente repudiar“.

“O governo da altura assumiu uma posição de estrita imparcialidade nem contra nem a favor da OPA”, acrescenta o ex-primeiro-ministro, garantindo que manteve sempre uma “posição de neutralidade” no processo, nomeadamente relativamente à Caixa Geral de Depósitos, “a cuja administração foi comunicada total liberdade”.

Sócrates alega ainda, que a “administração da Sonae tentou persuadir o governo a apoiar a OPA”. É “indesculpável que alguém que tentou em várias ocasiões convencer o governo a ser apoiante da sua iniciativa empresarial se permita fazer insinuações que o próprio sabe serem falsas”, conclui o ex-governante.

“O governo nunca esteve feito com ninguém. Nem com o Dr. Paulo Azevedo”, termina Sócrates neste texto no DN.

ZAP //

6 COMENTÁRIOS

  1. Ó Trocas-te. Tu acreditas no que dizes? Fantástico. A capacidade de mentir é infinita. Não devia ir para nenhuma prisão. Mas sim para um hospital psiquiátrico….

  2. Estas afirmações cheiram-me a politiquises partidárias. Porque não encaram o caso com noções de justiça e do que sabem? – Desculpem o conselho. Há tanta coisa que nos podemos debruçar e analisar procurando fazer afirmações justas! – deixem-se de opiniões pura e simplesmente partidárias. Com as minhas desculpas.

  3. Ninguém viu ninguém sabe, a culpa morre solteira… tudo normal neste portugal com letra pequena.

    “O Mundo não será destruído por aqueles que fazem o mal, mas por aqueles que os olham e não fazem nada”
    Albert Einstein

RESPONDER

FMI admite: Troika não protegeu os pobres (e a culpa foi do Governo)

O organismo de avaliação independente do FMI concluiu que as medidas aplicadas pela 'troika' em Portugal nem sempre protegeram as pessoas com menos rendimentos, apontando que a primeira preocupação do Fundo era a redução dos …

Bebidas dietéticas podem levar ao aumento de peso

Uma vez anunciados como substitutos do açúcar, os adoçantes artificiais como a sucralose e o aspartame foram bem recebidos pelo público - até há pouco tempo. Recentemente, os investigadores começaram a olhar com crescente suspeita para …

Pedrógão: PGR não explica segredo de justiça, Governo optou por não levantar

Uma empresária de Lisboa fez, por conta própria, um levantamento do número de mortos vítimas do incêndio. No final, chegou ao número 73 que contrasta com os 64 oficiais avançados pelas autoridades. Dúvidas instaladas, pede-se …

China diz à Índia para retirar tropas e não abusar da sorte

A China avisou a Índia para não subestimar a sua determinação em salvaguardar o que considera território seu, numa altura de renovada tensão entre os dois países vizinhos, em torno de uma área disputada nos …

Revolta de pais com problemas nas matrículas obrigou à intervenção da polícia

Um protesto de pais contra as alegadas irregularidades nas matrículas na Escola Secundária Pedro Nunes, em Lisboa, por causa de supostas moradas falsas, obrigou a polícia a intervir para acalmar os ânimos. O relato do caso …

Operadoras de telecomunicações obrigadas a baixar preços ou a aceitar rescisões

A Autoridade Nacional de Comunicações (ANACOM) anunciou "medidas correctivas" às operadoras de telecomunicações Meo, Nos, Nowo e Vodafone, no sentido de baixarem preços aos consumidores ou de permitirem a rescisão de contratos sem custos adicionais. Segundo …

Israel substitui detetores de metais por videovigilância na Esplanada das Mesquitas

As forças de segurança israelitas estão a remover os detetores de metais instalados à entrada da mesquita de Al-Aqsa, em Jerusalém Oriental ocupada, noticia a Al Jazeera, que cita o diretor da mesquita. Israel começou a …

Afinal, Cristiano Ronaldo vai continuar no Real Madrid

O internacional português garantiu que vai continuar no Real Madrid, acabando com os rumores que diziam que iria sair do clube por estar insatisfeito com a forma como o Fisco espanhol o tem tratado. Em declarações …

Homem armado com faca ataca posto de fronteiriço espanhol de Melilla

O atacante, que estava armado com uma faca, atacou o posto fronteiriço a gritar "Alá é Grande". Provocou ferimentos ligeiros num polícia e acabou por ser detido. Um homem munido de uma faca atacou o posto …

Investigação desmente Governo e confirma queda de helicóptero no incêndio de Alijó

O Ministério da Administração Interna tinha negado a tese de queda de um helicóptero no combate a um incêndio em Alijó, mas o relatório que investigou o caso desmente o Governo e confirma o acidente, …