Onde estão as provas? Sócrates acha que PS devia ter perguntado

António Cotrim / Lusa

O ex-primeiro-ministro José Sócrates

Naquela que foi a primeira entrevista do antigo primeiro-ministro depois de ter sido detido em Novembro do ano passado, José Sócrates acusa o Ministério Público de lançar um “operação de terror” contra a sua família, pela forma como o processo foi conduzido desde o início.

O ex-primeiro-ministro lamentou, em entrevista à TVI cuja primeira parte foi emitida na noite desta segunda-feira, a falta de apoio do PS, e defendeu que, após seis meses em prisão preventiva, o partido “que estava a ser prejudicado” devia ter perguntado pelas provas do seu processo.

“Ao fim de seis meses, eu realmente o que contava não é que o PS interviesse no processo, mas que o PS dissesse: Desculpem, mas não será o momento de apresentarem as provas? Acham que isto não passou já a mais? Não acham que o PS está a ser prejudicado por isto?”, interroga-se José Sócrates, quando confrontado com a posição do PS de separar a justiça e a política.

A antigo primeiro-ministro acusa a procuradora geral da República, Maria José Morgado, de ser “a principal responsável pelo comportamento do Ministério Público” no processo Operação Marquês que, segundo Sócrates, serviu para “prejudicar o PS” nas eleições legislativas.

Sócrates prevê que o procurador Rosário Teixeira, responsável pelo processo, não chegará a deduzir acusação contra si: o processo terá “motivações políticas, e as suas consequências já se fizeram sentir”.

Tais consequências “fizeram-se sentir no momento em que o PS perdeu as eleições legislativas de Outubro”, disse Sócrates, tornando-se a primeira figura socialista a admitir publicamente a derrota do partido nas eleições.

Para José Sócrates, “as decisões que foram tomadas neste caso deixam a suspeição de que as consequências foram obtidas”.

“O que o Ministério Público fez foi uma campanha brutal de difamação contra mim“, acusa o ex-primeiro-ministro, para quem foram “falsas, injustas, mas também absurdas” as acusações, formuladas em “fugas selecionadas do processo”, que estavam em segredo de justiça.

Já não precisam de apresentar a acusação, já não precisam de apresentar a prova e já não precisam sequer de fazer julgamento, porque o julgamento já foi feito nos jornais. É essa a impressão que dá”, afirma o ex-secretário-geral do PS.

A segunda parte da entrevista será transmitida esta terça-feira à noite.

ZAP

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. Por acaso alguém sabe se há algum tipo de relação entre a direcção de informação da TVI e a figura pública, ex-1º ministro José Sócrates, para além do eventual interesse jornalístico?

RESPONDER

Portugal aguarda "luz verde" da EMA para avançar com terceira dose aos idosos

Portugal aguarda a autorização da Agência Europeia de Medicamentos para avançar com a administração da terceira dose da vacina contra a covid-19 a maiores de 65 anos. Com base nos resultados de dois grandes estudos científicos …

E depois de Merkel? Alemanha já sente falta da Chanceler que saiu da sombra para salvar o seu "delfim"

Angela Merkel tinha prometido ficar afastada das eleições legislativas deste domingo, na Alemanha, mas saiu da sombra para apoiar o seu "delfim", o candidato da CDU, Armin Laschet, que deverá disputar a vitória com o …

Já há refugiados afegãos a realizarem entrevistas de emprego em Portugal

Já há refugiados afegãos a realizarem entrevistas de emprego em Portugal, disse a secretária de Estado para a Integração e as Migrações, Cláudia Pereira. Em três semanas, chegaram 178 refugiados afegãos a Portugal. A secretária de …

Arranca hoje a conferência dos Trabalhistas - num clima de "guerra civil" entre Starmer e os Corbynistas

A proposta de Starmer de mudar a sistema de eleição do líder dos Trabalhistas tem suscitado muitas críticas, num partido que já estava profundamente dividido entre os membros mais conservadores e os membros leais a …

Multinacional oferece emprego qualificado em Portugal mas não tem candidatos

Um engenheiro de Mirandela regressou à terra para instalar na cidade transmontana o polo principal de uma nova multinacional na área da energia que está a recrutar, mas não consegue candidatos para emprego qualificado. Manuel Lemos …

Austrália, Japão, EUA e Índia reúnem-se "sem objetivos militares", mas China sente-se ameaçada

Estados Unidos, Austrália, Japão e Índia reuniram-se naquela que foi a primeira reunião do chamado Quad. A China sente-se ameaçada e avisa que o grupo está "fadado ao fracasso". Joe Biden liderou esta sexta-feira a primeira …

"Escândalo". FCSH acusada de abrir concurso à medida de Raquel Varela

A Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa está a ser acusada de abrir um concurso à medida da historiadora Raquel Varela. A polémica com a historiadora começou na segunda-feira, 20 de …

Descobertos cadáveres de guerreiros do século XIII. Podem ter sido enterrados pelo Rei Luís IX

Cientistas britânicos acreditam que os cadáveres dos guerreiros cristãos tenham sido enterrados por Luís IX, rei de França, no século XIII. Um grupo de arqueólogos internacionais encontrou no castelo de Sidon, no Líbano, valas comuns com …

Hidroavião de Sacadura Cabral e Gago Coutinho é único no mundo e está em Lisboa

Um dos hidroaviões que há quase 100 anos transportaram Sacadura Cabral e Gago Coutinho na primeira Travessia Aérea do Atlântico Sul está exposto no Museu da Marinha, em Lisboa, e é o único aparelho original …

Programa da SIC Notícias comentou eleições em dia de reflexão. CNE deixou aviso

O "Programa Cujo Nome Estamos Legalmente Impedidos de Dizer", da SIC Notícias, falou sobre as eleições em dia de reflexão, porque "comentário não é propaganda eleitoral". As eleições autárquicas estão marcadas para este domingo e, como …