Onde estão as provas? Sócrates acha que PS devia ter perguntado

António Cotrim / Lusa

O ex-primeiro-ministro José Sócrates

Naquela que foi a primeira entrevista do antigo primeiro-ministro depois de ter sido detido em Novembro do ano passado, José Sócrates acusa o Ministério Público de lançar um “operação de terror” contra a sua família, pela forma como o processo foi conduzido desde o início.

O ex-primeiro-ministro lamentou, em entrevista à TVI cuja primeira parte foi emitida na noite desta segunda-feira, a falta de apoio do PS, e defendeu que, após seis meses em prisão preventiva, o partido “que estava a ser prejudicado” devia ter perguntado pelas provas do seu processo.

“Ao fim de seis meses, eu realmente o que contava não é que o PS interviesse no processo, mas que o PS dissesse: Desculpem, mas não será o momento de apresentarem as provas? Acham que isto não passou já a mais? Não acham que o PS está a ser prejudicado por isto?”, interroga-se José Sócrates, quando confrontado com a posição do PS de separar a justiça e a política.

A antigo primeiro-ministro acusa a procuradora geral da República, Maria José Morgado, de ser “a principal responsável pelo comportamento do Ministério Público” no processo Operação Marquês que, segundo Sócrates, serviu para “prejudicar o PS” nas eleições legislativas.

Sócrates prevê que o procurador Rosário Teixeira, responsável pelo processo, não chegará a deduzir acusação contra si: o processo terá “motivações políticas, e as suas consequências já se fizeram sentir”.

Tais consequências “fizeram-se sentir no momento em que o PS perdeu as eleições legislativas de Outubro”, disse Sócrates, tornando-se a primeira figura socialista a admitir publicamente a derrota do partido nas eleições.

Para José Sócrates, “as decisões que foram tomadas neste caso deixam a suspeição de que as consequências foram obtidas”.

“O que o Ministério Público fez foi uma campanha brutal de difamação contra mim“, acusa o ex-primeiro-ministro, para quem foram “falsas, injustas, mas também absurdas” as acusações, formuladas em “fugas selecionadas do processo”, que estavam em segredo de justiça.

Já não precisam de apresentar a acusação, já não precisam de apresentar a prova e já não precisam sequer de fazer julgamento, porque o julgamento já foi feito nos jornais. É essa a impressão que dá”, afirma o ex-secretário-geral do PS.

A segunda parte da entrevista será transmitida esta terça-feira à noite.

ZAP

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. Por acaso alguém sabe se há algum tipo de relação entre a direcção de informação da TVI e a figura pública, ex-1º ministro José Sócrates, para além do eventual interesse jornalístico?

RESPONDER

Netanyahu anuncia retirada da sua imunidade parlamentar

Benjamin Netanyahu retirou o pedido de imunidade ao Parlamento israelita contras as três acusações de que foi alvo em novembro, que envolvem casos de corrupção, fraude e abuso de confiança. O primeiro-ministro de Israel disse, em …

Vitória já tem proposta por Tapsoba (e pode fazer encaixe histórico)

O Vitória de Guimarães recebeu uma proposta por Edmond Tapsoba que pode levar os vimaranenses a abrir mão do jogador. Sabe-se que a proposta recebida ronda os 20 milhões de euros. A notícia avançada esta terça-feira …

Livre exige que património das ex-colónias em museus portugueses seja devolvido

O Livre quer que todo o património das ex-colónias, presente em território português, possa ser restituído pelos países de origem de forma a “descolonizar” museus e monumentos estatais. O partido da papoila quer que o património …

Pedro Sánchez usou helicóptero que procurava homem desaparecido

O primeiro-ministro espanhol requisitou, na passada quinta-feira, um helicóptero que estava a ser utilizado nas operações de busca de um homem de 34 anos que estava desaparecido em Maiorca. De acordo com o jornal espanhol ABC, tratava-se …

Isabel dos Santos contrata advogados de Ronaldo, Meghan e J. K. Rowling

Isabel dos Santos decidiu esta segunda-feira processar o consórcio de jornalistas. Para tal, contratou a mesma firma de advogados que conta com clientes como Cristiano Ronaldo, Harry e Meghan Markle e J. K. Rowling. Depois de …

ERC dá parecer favorável à nova direção de informação da RTP

A Entidade Reguladora para a Comunicação (ERC) deu, esta segunda-feira, "parecer favorável à nova direção de informação da RTP", 20 dias depois de a equipa liderada por António José Teixeira ter sido indigitada. O Conselho Regulador …

OE2020. BE quer fim do regime "aberrante" dos vistos gold

O BE destacou, entre as cerca de 200 propostas de alteração que apresentou ao Orçamento do Estado, o fim do regime dos ‘vistos gold’ e a obrigação de qualquer injeção de capital no Novo Banco …

Após 20 anos de silêncio, sinos e carrilhões de Mafra voltam a tocar

Os sinos e os carrilhões do Palácio de Mafra vão tocar a partir de 1 de fevereiro, após obras de restauro, depois de os primeiros sinais de deterioração surgirem a 11 de setembro de 2001, …

Encontro secreto de bispos críticos do Papa Francisco em resort de luxo em Sintra

Uma centena de bispos de todo o mundo reuniu-se em Sintra, no resort de luxo Penha Longa, num encontro envolvido em secretismo que não contou com intervenientes portugueses. As razões ou o que se discutiu …

Quim Torra perde mandato de deputado. Catalunha arrisca ficar sem Governo

O presidente independentista da Catalunha perdeu o seu mandato como deputado regional, esta segunda-feira, o que levanta dúvidas sobre a sua continuação à frente do Governo regional. Quim Torra, do partido Juntos pela Catalunha de Carles …