Novas medidas: eventos só para 100 pessoas, esplanadas limitadas e proibido álcool na via pública

Mário Cruz / Lusa

O ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita

Este domingo, o ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita, falou à comunicação social para anunciar novas medidas. 

Na tarde deste domingo, Eduardo Cabrita falou ao país para deixar um conjunto de recomendações e anunciar o reforço de algumas medidas que já estavam em cima da mesa.

O ministro da Administração Interna começou por adiantar que houve “uma reunião de avaliação da forma como estão a ser aplicadas as medidas abrangidas no âmbito da situação de alerta”, assegurando que o Governo faz “uma avaliação permanente”, em parceria com as forças de segurança, o SEF e a Proteção Civil.

Cabrita aproveitou para deixar algumas recomendações à população, apelando aos portugueses que “se coíbam de fazer todas as deslocações que não sejam necessárias”, para trabalhar, adquirir bens alimentares ou prestar cuidados a quem precise, como familiares ou amigos idosos.

Anunciou ainda que a limitação em 1/3 da capacidade dos restaurantes passa também a aplicar-se nas esplanadas. “Iremos ser exigentes no cumprimento dessas regras, garantindo o distanciamento social”.

O ministro anunciou que o Governo decidiu reduzir a dimensão admitida em eventos para o máximo de 100 pessoas, agradecendo a forma como a Igreja, o setor do desporto e da cultura aceitaram as limitações: “Façam as reuniões e os encontros estritamente necessários”, apelou.

Foi também proibido o consumo de bebidas alcoólicas na via pública, com exceção de esplanadas, e a partir de segunda-feira não haverá aulas de condução presenciais (teóricas e práticas) nem exames de condução.

Depois de ter sido confrontado pelos jornalistas com o facto de muitos cidadãos estrangeiros continuarem a passear em espaços públicos, Eduardo Cabrita referiu que o combate ao novo coronavírus é “uma batalha de todos os cidadãos” e que é por isso mesmo que estas medidas de contenção do número de pessoas autorizadas nos espaços são impostas, já que este é “um desafio global” e não apenas dos portugueses.

Em relação aos transportes públicos, o ministro sublinhou que o objetivo do Executivo não é impedir as pessoas de irem trabalhar. “Nós não queremos parar o país”, disse. Ainda assim, afirmou que já é visível “uma significativa redução da utilização de transportes públicos e tal irá provavelmente acentuar-se ainda mais amanhã com a interrupção letiva”.

A possibilidade do encerramento das fronteiras foi outras das perguntas com que Cabrita se viu confrontado. O ministro da Administração Interna adiantou que já falou com o ministro do Interior espanhol e clarificou que as medidas do Governo espanhol não fecham fronteiras, mas “impedem, sem justificação, quaisquer deslocações turísticas a Portugal”.

“A questão de articulação e coordenação de medidas de fronteira será ainda hoje objeto de discussão numa vídeoconferência entre o primeiro-ministro português e o presidente do governo de Espanha”, acrescentou Eduardo Cabrita.

Na segunda-feira haverá uma nova reunião entre ministros e comissários europeus. “Não vou aqui antecipar o diálogo entre os dois chefes de governo nem o que amanhã se irá discutir. Adotaremos as medidas adequadas.”

Este domingo, o boletim da Direção-Geral de Saúde (DGS) dá conta de 245 casos positivos de infeção por coronavírus em Portugal. São mais 76 casos do que os confirmados este sábado. Segundo as informações avançadas, há 281 casos a aguardar confirmação de resultados laboratoriais e 4.592 casos a serem vigiados pelas autoridades.

Há agora 14 cadeias de transmissão ativas, mais três do que no sábado. Desta vez, a região de Lisboa e Vale do Tejo concentra a maioria dos casos (116), mais 13 do que a região Norte. A região Centro e Algarve registam 10 casos e os Açores têm agora o primeiro doente infetado.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

6 COMENTÁRIOS

  1. turistas e estrangeiros continuam entrando e saindo do pais como se nada estivesse acontecendo vai enganar outro a mim nao enganas

RESPONDER

Bomba junto a escola em Cabul, no Afeganistão, causa 25 mortos e 50 feridos

A explosão de uma bomba junto a uma escola na zona ocidental de Cabul provocou hoje pelo menos 25 mortes, muitos deles jovens estudantes, e 50 feridos, adiantou uma fonte do Governo do Afeganistão. Segundo avança …

Tamám Shud. Exumação de corpo pode resolver um estranho mistério com 70 anos

As autoridades da Austrália aprovaram uma exumação do corpo de Tamám Shud - ou "Homem de Somerton" - e, em breve, o mistério de 70 anos pode estar resolvido. Em 30 de novembro de 1948, vários …

Costa, Von der Leyen na Cimeira Social no Porto

Vacinação no bom caminho com 25% da população da UE vacina

A Comissão Europeia anunciou este sábado que 200 milhões de doses de vacinas anticovid-19 chegaram já à União Europeia (UE) e 160 milhões de europeus já receberem a primeira dose, levando a que a vacinação …

Libertados nos EUA os primeiros mosquitos geneticamente modificados

Foi a primeira vez que mosquitos geneticamente modificados foram libertados nos Estados Unidos. O objetivo é suprimir populações de mosquitos transmissores de doenças. De acordo com o site Live Science, a empresa de biotecnologia Oxitec lançou …

Descobertos os restos de nove Neandertais numa gruta em Itália

Os restos de nove Neandertais foram descobertos na Gruta de Guattari, em San Felice Circeo, na costa entre Roma e Nápoles, onde já tinham sido encontrados vestígios da presença Neandertal, anunciou este sábado o ministro …

Leis draconianas na Malásia. Fahmi Reza foi detido por insultar a rainha com playlist no Spotify

A sátira desempenha um importante papel na sociedade. Na Malásia, as leis draconianas estão a reacender o debate em torno da liberdade de expressão. Fahmi Reza, um artista gráfico e ativista social malaio, foi detido no …

António Barreto

Portugal vai ter "um problema de cor de pele" (por muitos anos e com conflitos)

O sociólogo António Barreto considera que Portugal vai "ter um problema" de "cor de pele" e "por muitos anos". Uma ideia defendida numa entrevista onde se reporta para "o que se passa em toda a …

Um laboratório vivo. Há residentes "superimunes" à covid-19 numa pequena cidade italiana

A pequena cidade de Vo, no norte de Itália, tornou-se um dos primeiros locais com um surto de covid-19 da Europa em fevereiro de 2020. Agora, os cientistas descobriram que a cidade abriga um número …

Portugal com duas mortes e 406 novos casos nas últimas 24 horas

Portugal registou hoje duas mortes atribuídas à covid-19, 406 novos casos de infeção pelo coronavírus e nova descida no número de internamentos em enfermaria e em cuidados intensivos, segundo a Direção-Geral da Saúde (DGS). De acordo …

Portugal "tem nível de rendimentos baixíssimo". Muitos municípios que perdem população desde o final II Guerra

Portugal tem municípios que perdem população desde o final da II Guerra Mundial e dificilmente fenómenos como o teletrabalho irão alterar esta paisagem, na opinião do geógrafo Álvaro Domingues, da Universidade do Porto. Em entrevista à …