MP diz que Azeredo sabia desde o início do encobrimento de Tancos e deu aval

Tiago Petinga / Lusa

O ministro da Defesa Nacional, Azeredo Lopes

O ex-ministro da Defesa Azeredo Lopes é suspeito de saber “desde o início” de todo o plano da Polícia Judiciária Militar (PJM) para recuperar o material roubado de Tancos, em junho de 2017, de acordo com um despacho do Ministério Público.

A notícia foi avançada esta sexta-feira pela revista Sábado, sendo depois confirmada pelo semanário Expresso junto de uma fonte judicial.

Segundo o despacho de apresentação de Azeredo Lopes ao juiz de instrução, a que a revista Sábado teve acesso, os procuradores do Departamento Central de Investigação e Ação Penal (DCIAP) sustentam que, em agosto de 2017 – dois meses antes do material furtado dois paióis de Tancos ser recuperado -, Azeredo Lopes teve uma reunião no ministério da Defesa com o ex-diretor da PJM, Luís Vieira.

Neste encontro, a 4 de Agosto de 2017, o então ministro da defesa não só foi informado como deu o seu aval para o plano para a recuperação do material, sustentam os procuradores do DCIAP. Azeredo Lopes, que é arguido neste caso desde 5 de julho, é suspeito dos crimes crimes de denegação de justiça e prevaricação e abuso de poder.

Na mesma reunião, Luís Vieira deu conhecimento a Azeredo Lopes de que “tinha tido informações, por militares da GNR de Loulé, da existência de um indivíduo que tinha subtraído e escondido o material militar” e que “estava disposto a negociar a entrega do material, contando com o apoio de alguns militares da GNR”, aponta o MP.

“Deste modo, o arguido Luís Vieira colocou o arguido Azeredo Lopes ao corrente das informações que tinha e das suas pretensões e procurou obter a concordância do ministro da Defesa, o que, efetivamente, obteve“, referem os procuradores Vítor Magalhães, Cláudia Porto e João Valente, que assinam o despacho.

No mesmo encontro, continuam, Azeredo Lopes recebeu de Luís Vieira um documento da PJM intitulado “Memorandum”, outro relativo a uma fita do tempo sobre os acontecimentos e uma cópia do despacho do Ministério Público de 7 de julho de 2017.

Por tudo isto, concluem os procuradores, Azeredo Lopes “ficou ciente da pretensão do arguido Luís Vieira, recebeu os referidos documentos, ciente de que um deles era a cópia de um despacho sujeito a segredo de justiça, deu instruções expressas para que a sua entrega não fosse registada no Ministério da Defesa Nacional e, por via da mesma, a presença e a conversa com o arguido Luís Vieira”.

Em reação à notícia avançada pela Sábado, Azeredo Lopes lamenta, em primeiro lugar, e citado em comunicado enviado às redações, “a flagrante violação do segredo de justiça que tal notícia consubstancia, e a que todos os agentes processuais estão obrigados por Lei”.

Depois, reforça “as declarações feitas na comissão parlamentar de inquérito de maio de 2019” e reitera que confia na Justiça: “Confio na Justiça, com ela colaborarei, como é meu dever, e estou convicto, porque nada fiz de ilegal ou incorreto, que serei completamente ilibado de quaisquer responsabilidades neste processo”, apontou.

Azeredo disse os deputados não saber da operação

Tal como recorda a Sábado, a investigação levada a cabo pela Polícia Judiciária e pelo DCIAP contraria tudo o Azeredo Lopes disse, em maio deste ano, na comissão parlamentar de inquérito ao furto de material de guerra em Tancos.

O antigo ministro negou que soubesse da operação clandestina levada a cabo por elementos da PJM à revelia da PJ civil, que detinha o inquérito, juntamente com o DCIAP: “Não tive conhecimento de nenhuma investigação paralela da PJM”.

Apesar de reiterar nada saber sobre o encobrimento, Azeredo Lopes admitiu perante os deputados que a PJM polícia agiu à margem das orientações estabelecidas pela então procuradora-geral da República, Joana Marques Vidal, que tinha passado o caso à PJ e ao DCIAP. “A PJM não seguiu as regras”, frisou Azeredo Lopes, citado pelo Expresso.

O relatório final da comissão parlamentar de inquérito ao caso, recorde-se, ilibou Azeredo Lopes de qualquer tipo de responsabilidade política. O ex-ministro foi, no entanto, criticado por não tomado qualquer medida para “um cabal esclarecimento” dos factos.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Acho muito estranho a PJM ir contar a um ministro a tramóia que estava a preparar…
    Ainda por cima, a um ministro como este tótó!…

RESPONDER

Maionese está a salvar tartarugas após derrame de petróleo em Israel

Membros do Centro Nacional de Resgate de Tartarugas Marinhas de Israel estão a usar maionese para limpar as vias respiratórias de tartarugas que inalaram petróleo em alto-mar. Israel fechou este domingo as praias mediterrânicas dias após …

Itália investiga empresas de entrega de comida. Há estafetas tratados "como escravos"

Itália está a investigar as empresas de entrega de comida online, com um promotor a lamentar que os estafetas que fazem as entregas, muitos deles imigrantes, são praticamente tratados "como escravos". Procuradores de Milão avançaram que …

O IONIQ 5 é o novo carro elétrico da Hyundai (e é enorme entre eixos)

O ano 2021 vai ser promissor na apresentação e lançamento de carros elétricos no mercado mundial. Algumas marcas, como a Hyundai, têm produtos prontos para serem comercializados. Agora, a marca sul-coreana apresenta o IONIQ 5. Com …

Em Moscovo, qualquer um pode ser vacinado contra a covid-19 (e até ganha um gelado)

Em Moscovo, capital da Rússia, a vacina Sputnik V está disponível gratuitamente a qualquer pessoa que queira ser vacinada desde 18 de janeiro. Os interessados não precisam de agendar a toma e até ganham um …

As abelhas convenceram-nos de que sabiam matemática. Mas mentiram-nos

O novo estudo não significa necessariamente que as abelhas não entendam números, mas sugere que os animais usam propriedades não numéricas para resolver problemas matemáticos. Vários estudos convenceram-nos de que as abelhas são pequenos génios matemáticos: …

Liam Thorpe era prioritário na vacinação contra a covid-19 por ter 6,2 cm. Foi um erro

Liam Thorp, um homem de 32 anos sem comorbilidades, foi incorporado na lista de cidadãos prioritários para a vacinação contra a covid-19 no Reino Unido. Tudo por causa de um erro no sistema, que o registou …

Decisão de Lyon de retirar carne das ementas escolares gera protestos em França

A decisão temporária do presidente da Câmara de Lyon, membro do partido Europa Ecologia - Os Verdes, está a ser recebida com protestos em França. De acordo com o jornal The Guardian, Grégory Doucet decidiu retirar …

Roma 3-1 SC Braga | Minhotos despedem-se na Cidade Eterna

Portugal está sem equipas na Liga Europa 2020/21. O Sporting de Braga deslocou-se a Roma e perdeu por 3-1, terminando a eliminatória dos 16 avos-de-final com um agregado de 5-1, após a derrota por 2-0 …

Desenhe o seu próprio icebergue. Um site diz-lhe se flutua ou se vira

Joshua Tauberer criou um simulador de icebergues com o objetivo de demonstrar que a glacióloga Megan Thompson-Munson estava certa. "Um icebergue alongado não flutuaria de cabeça, mas de lado", disse a especialista na semana passada. A …

Divulgados vídeos que sugerem como poderão ser os primeiros óculos de Realidade Aumentada da Samsung

A Samsung tem falado de óculos de Realidade Aumentada (RA) há anos, tendo recentemente lançado um conjunto básico de óculos de projeção de imagem no palco CES 2020. Porém, nunca tinha sido visto a empresa …