Legislativas 2019: Liberais, Livre e Chega elegem primeiro deputado. PAN confirmou 4

Miguel A. Lopes / Lusa

A Iniciativa Liberal viu confirmada a eleição de um deputado à Assembleia da República, nas legislativas deste domingo, pelo círculo eleitoral de Lisboa.

O cabeça de lista da Iniciativa Liberal em Lisboa, João Cotrim de Figueiredo, foi eleito para o Parlamento. É o primeiro deputado a ser eleito por um dos novos partidos concorrentes às Legislativas 2019.

O líder do partido, Carlos Guimarães Pinto, que concorria pelo Porto, e cuja eleição chegou a ser apontada como possível, não viu confirmado o mandato. No seu discurso desta noite, realçou ser a primeira vez que um partido com apenas dois anos chega ao Parlamento, e agradeceu a Cotrim de Figueiredo ter aceite o desafio de se candidatar por Lisboa.

A Iniciativa Liberal obteve 65 545 votos, correspondentes a 1,29% dos eleitores.

O gestor e empresário João Cotrim de Figueiredo foi presidente do conselho directivo do Turismo de Portugal entre 2013 e 2016, tendo entrado na política como cabeça-de-lista da Iniciativa Liberal por Lisboa. Passou pela Compal, pela Nutricafés e pela TVI, da qual foi diretor geral entre 2010 e 2011.

Em entrevista ao ZAP o candidato iberal por Lisboa dizia esta quinta-feira ser “fundamental que os portugueses tenham liberdade de escolha“, definindo a redução fiscal como prioridade, e garantiu que “o liberalismo é a solução para a incompetência que devagarinho asfixia o país”.

PAN confirma quatro deputados

O PAN elegeu o seu segundo deputado nas legislativas de hoje no distrito do Porto, duplicando a representação parlamentar que havia conseguido em 2015. Em 2015, o PAN tinha eleito um deputado por Lisboa, o líder do partido, André Silva.

Às 22:40, quando estavam apuradas 3.048 freguesias e faltavam fechar os resultados de 44, o PAN tinha dois deputados eleitos: André Silva, por Lisboa, e Bebiana Cunha, pelo Porto. Às 23.30, o partido viu confirmado o seu terceiro deputado, Inês Sousa Real, a número dois da lista do círculo eleitoral de Lisboa.

Já próximo das 23.50h, foi ainda confirmada a eleição de Cristina Rodrigues, cabeça de lista do PAN por Setúbal.

Em entrevista ao ZAP, a candidata a deputada abordou a “confusão” em entrevista polémica e a sua ligação ao grupo extremista de defesa dos animais IRA. A advogada diz que o bebé PAN está a tentar “ultrapassar a causa animal” para se afirmar definitivamente na política portuguesa.

Livre confirma também presença no Parlamento

O partido Livre, que estaria próximo de chegar ao Parlamento, com projecções de 0,1% a 2,5% que assegurariam 1 a 2 deputados, viu já confirmado o mandato para a sua cabeça de lista por Lisboa. Com 55 656 votos, o Livre conquistou 1,09% dos eleitores.

Mulher negra, gaga, feminista, anti-racista, Joacine Katar Moreira não tem medo de esconder o que é, aliás, e acreditava que isso seria uma força na sua candidatura pelo Livre nestas eleições Legislativas.

Em entrevista ao ZAP, a cabeça de lista do partido por Lisboa considerava que ser a primeira mulher negra a concorrer à Assembleia da República, além de “uma enorme responsabilidade” é, simultaneamente, “uma grande alegria”.

Chega confirma eleição de um deputado

O cabeça de Lista do Chega por Lisboa, André Ventura, viu confirmada a sua eleição para a Assembleia da República. O Chega assegurou 66 442 votos, correspondentes a 1,3% dos eleitores.

Ventura, na altura vereador da Câmara de Loures pelo PSD, renunciou em 2018 ao seu mandato por se sentir “deslegitimado” pela concelhia. O que inicialmente era um movimento para destituir Rui Rio da liderança do PSD viria a transformar-se no 24.º partido político do país, o Chega.

Entrevistado pelo ZAP durante a campanha eleitoral, André Ventura dizia que o Chega é a “voz do descontentamento com o sistema”, e que iria chegar à Assembleia da República para “criar uma nova direita” e para ser a voz da oposição que não tem medo e “que não se calará”.

Segundo as primeiras projeções, as eleições deste domingo poderiam levar à eleição de quatro deputados entre os novos partidos. Apenas o Aliança, de Pedro Santana Lopes, que com projecções de 0% a 1,9% estava na expectativa de conseguir alcançar um lugar no Parlamento, não viu confirmada a eleição.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

"Continua a pairar perigosamente". Relógio do Juízo final mantém-se a 100 segundos do Apocalipse

A Humanidade nunca esteve tão perto do Apocalipse, alertam os cientistas responsáveis pelo "Relógio do Juízo Final", que decidiram mantê-lo na mesma posição do ano passado, a 100 segundos da meia-noite. O relógio, que é uma …

A primeira bateria doméstica de hidrogénio armazena três vezes mais energia do que uma da Tesla

Para usar energia solar doméstica, é preciso gerar energia quando o Sol brilha e armazená-la quando não aparece. Para isto, as pessoas usam normalmente sistemas de bateria de lítio. Porém, a empresa australiana Lavo construiu …

Um oásis LGBTQ, Budapeste é posto à prova pelo populismo e pela pandemia

Budapeste é um oásis para a comunidade LGBTQ, mas a cena drag da capital húngara vê-se ameaçada pela pandemia de covid-19 e pelas políticas conservadoras e populistas de Viktor Orbán. Durante muitos anos, Budapeste desfrutou a …

Coreia do Sul "ressuscitou" voz de uma superestrela. Chovem preocupações éticas

Pela primeira vez em 25 anos, a distinta voz da superestrela sul-coreana Kim Kwang-seok será ouvida na televisão nacional. O famoso cantor folk morreu em 1996. De acordo com a CNN, a emissora nacional da Coreia …

Maioria dos países africanos só terá vacinação em massa a partir de 2023

A maioria dos países africanos só terá imunização em massa a partir de 2023, segundo previsão da The Economist Intelligence Unit, que admite que, com o evoluir da pandemia, muitos dos países mais frágeis possam …

Mulher que "morreu" com covid-19 aparece viva 10 dias após funeral

Uma mulher de 85 anos ficou infetada com covid-19 num lar na Galiza, em Espanha. A 13 de janeiro a família de Rogelia Blanco recebeu a informação do lar de que a mulher tinha falecido. …

Familiares de vítimas na China pressionadas a não falar com OMS

As autoridades chinesas estão a pressionar as famílias das primeiras vítimas da covid-19 para que não entrem em contacto com os investigadores da Organização Mundial da Saúde (OMS) em Wuhan, segundo familiares dos falecidos. Mais de …

Falsas vacinas à venda na Internet são grande risco para a saúde

Embora milhões de pessoas tenham sido já vacinadas contra a covid-19 nos países ricos, proliferam as fraudes na Internet com fármacos falsos que representam um grande risco para a saúde, alertaram peritos das Nações Unidas. As …

Voto prévio no Senado aponta para absolvição de Trump

Na terça-feira, 45 dos 50 republicanos no Senado votaram contra a continuidade do julgamento ao ex-Presidente Donald Trump, considerando inconstitucional que um chefe de Estado que já terminou o mandato seja julgado no Congresso. De acordo …

Estudo revela que um terço dos inquiridos foi vítima de violência doméstica pela primeira vez na pandemia

Quinze por cento dos inquiridos num estudo sobre violência doméstica em tempos de covid-19 reportou a ocorrência deste crime na sua casa e um terço das vítimas disse ter sido agredida pela primeira vez durante …