Legislativas 2019: Projecções dão vitória ao PS e colocam 4 novos partidos no Parlamento

Mário Cruz / Lusa

As projecções dos resultados eleitorais divulgadas por RTP, SIC e TVI dão a vitória ao PS nas eleições legislativas, com entre 34% e 40% dos votos, seguindo-se o PSD, com entre 24,2% e 31%.

Segundo as projecções de resultados que as televisões divulgaram pelas 20 horas, após o encerramento das urnas nos Açores, quatro partidos poderão pela primeira vez ter representação parlamentar: Iniciativa Liberal, Chega, Livre e Aliança.

O PS é dado como vencedor em todas as projecções das televisões. A SIC admite mesmo a possibilidade de um cenário de maioria absoluta para o PS, atribuindo-lhe uma votação de 36% a 40%. Já a RTP coloca o PS com entre 34% a 39% dos votos, enquanto a TVI lhe dá entre 34,5% a 38,5% da votação.

Na projecção da SIC, o PSD terá entre 24,2% a 28,2% dos votos, enquanto a TVI dá aos sociais-democratas 24,6% a 28,6% e a RTP atribui-lhes entre 27% a 31%.

O Bloco de Esquerda terá entre 7,7% a 12% dos votos, de acordo com as projecções dos três canais. Já a CDU somará entre 4,7% a 8%.

O CDS poderá ser um dos grandes derrotados das legislativas, com as projecções  a atribuírem-lhes entre 3% a 5%. Na pior das hipóteses, pode ficar com apenas 2 deputados no Parlamento.

O PAN terá já dois deputados garantidos, mas pode chegar aos 6, com as projecções a atribuírem-lhe entre 3% a 5%, naquele que será um resultado histórico para o partido.

O Iniciativa Liberal pode eleger entre 1 a 3 deputados para o Parlamento, com as projecções a darem-lhe entre 1% e 3% dos votos. O Livre pode igualmente chegar ao Parlamento, com a eleição de 1 a 2 deputados, com projecções de 0,1% a 2,5%.

O Chega pode igualmente garantir a eleição de 1 deputado com projecções de 0,4% a 2,6%. Também o Aliança está na expectativa de conseguir alcançar um lugar no Parlamento, com projecções de 0% a 1,9%.

“Derrota história da direita em Portugal”

No primeiro comentário aos resultados, a secretária-geral adjunta do PS, Ana Catarina Mendes, comentou “a grande vitória” do seu partido e “a derrota histórica da direita em Portugal”.

Também no Bloco de Esquerda o dirigente Jorge Costa frisou a “derrota histórica” da direita, considerando que “o país mostrou que não esqueceu o legado do PSD e do CDS após a intervenção da Troika“.

“O Bloco de Esquerda confirma-se como a terceira força política nacional, definitivamente”, vincou ainda o líder bloquista.

Em 2015, a coligação PSD/CDS venceu as eleições, com 38,55% dos votos, com os quais obteve 107 deputados — ficando a 9 mandatos dos 116 necessários para assegurar a maioria absoluta na Assembleia da República. O PSD fez eleger 89 deputados, o CDS/PP assegurou 18 mandatos.

Em segundo lugar, o PS obteve 32,38% dos votos, com os quais assegurou 86 deputados. O Bloco de Esquerda, com 10,22% dos votos, elegeu 19 deputados. A coligação PCP/PEV, quarta formação mais votada, obteve 8,27% dos votos — assegurando 15 deputados para o PCP e 2 para o PEV.

O Parlamento ficaria completo com a eleição de um deputado do PAN, que em 2015 obteve 1,39% dos 9.439.701 eleitores inscritos.

Estes resultados abriram espaço à chamada Geringonça, acordo de governo suportado na maioria de esquerda PS, BE e PCP/PEV que viabilizou o Governo socialista liderado por António Costa — cenário que pode voltar a repetir-se após a votação deste domingo.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

7 COMENTÁRIOS

  1. Cerca de metade dos portugueses não votaram e fizeram muito bem. Ao fim ao cabo não há gente séria. A outra metade que votou elegeu mais uma vez os partidos habituais. Caso para dizer que não querem mesmo evoluir nem viver num país civilizado. Preferem continuar a viver na corrupção e na mentira!

      • Eu por acaso votei. Votei num dos novos partidos. Merecem o beneficio da dúvida pois nunca governaram.
        Mas entendo bem quem não vota. E foi quase metade da população que não votou e já pensaste porquê? Se calhar porque estão cansados de ser enganados e portanto já não perdem tempo a votar. Para além de que o voto por si só é muito limitativo em termos de participação. Nas grandes decisões o povo não é ouvido nem achado. Nos casos de corrupção política o povo não é ouvido nem achado. Portanto entre não votar ou votar em indivíduos muito pouco sérios talvez seja melhor não votar. De qualquer modo eu optei por dar o beneficio da dúvida. Mas não te esqueças que não votar também é um Direito.

        • Votar pode não resolver os problemas e, não votar?
          Resolve alguma coisa?!
          Ou apenas entrega a escolha/decisão nas mãos dos outros?
          Essa é que é a questão essencial.
          Dizer que alguém faz bem em não votar é como dizer que não serve para nada!…
          Há um vídeo muito interessante sobre isso:
          youtube.com/watch?v=fyoHqth0IFs
          .
          PS: Exactamente, eu também votei num dos novos partidos.

          • Mas o problema é que sabendo as pessoas que a sua participação se resume a um único voto não têm sequer motivação para votar. O nosso sistema está mal feito e propositadamente mal feito. Em muitos outros países não é assim. Não foi assim que a Islândia limpou a corrupção caso contrário estariam ainda como nós. Temos muito que mudar em Portugal. Houve demasiados anos de ditadura e o povo acomodou-se.
            Depois temos um número de deputados na assembleia da república exagerado para um país tão pequeno.
            Olha vou lá espreitar o vídeo.
            Fica bem.

  2. Bem pelo menos já não temos que levar com Portas e Passos Coelho, desses fantasmas já nos livramos nós,direita derrotada é o melhor para Portugal,os anos da Troika foram desgraçados para Portugal!Desejo a António Costa sucesso e que a direita não volte mais a governar…

  3. Quase metade dos portugueses preferem viver em ditadura. São os que não votam pois que a democracia, sendo o poder do povo, não existe sem o voto. No entanto, não dispensam o seu direito de se exprimirem mas sempre para reclamar. Direito que só a democracia lhes garante. Um paradoxo que lhes custa a entender.

RESPONDER

"Alto risco". África do Sul proíbe entrada de turistas de Portugal

Os turistas oriundos de Portugal não vão ser autorizados a entrar na África do Sul, quando o país africano reabrir as fronteiras internacionais na quinta-feira, anunciou esta quarta-feira o ministro do Interior sul-africano. Portugal consta de …

Descoberta rara. Encontrado vapor de água salgada em torno de duas estrelas bebé gigantes

Uma equipa de investigadores descobriu um par de estrelas bebé massivas rodeadas por vapor de água e sal de cozinha, de acordo com um novo estudo. As duas estrelas bebé têm uma massa combinada 25 vezes …

Sonda da NASA deteta nanojatos na coroa solar (e desmistifica a sua extrema temperatura)

Uma equipa de cientistas, liderada pelas Universidades de Northumbria e St. Andrews, em cooperação com a NASA, descobriu um novo tipo de atividade dentro da atmosfera do Sol que poderia explicar como é que a …

Barry Jenkins vai realizar sequela de "O Rei Leão"

O realizador e argumentista de Moonlight foi escolhido pela Walt Disney Studios para realizar a sequência do blockbuster de 2019, O Rei Leão. Ainda não há uma data de lançamento prevista para o segundo filme, mas …

"Não me sinto seguro sem uma". Venda de armas aumentou drasticamente nos EUA

Os EUA continuam a ser um dos países onde os cidadãos comuns têm mais facilidade em comprar armas de fogo. Esta é uma prática recorrente, e mais de um terço das famílias norte-americanas têm uma …

Pássaros de São Francisco aprenderam uma nova (e mais complexa) melodia durante a pandemia

Uma nova investigação científica relata que os pardais-de-coroa-branca de São Francisco, ave que vive nas zonas urbanas e rurais da cidade norte-americana, aprenderam uma nova e mais complexa melodia durante a pandemia. De acordo com …

Enorme espinha dorsal de tubarão-branco dá à costa em Massachusetts depois de uma tempestade

A espinha dorsal que se acredita pertencer a um espécime de tubarão-branco (Carcharodon carcharias) deu à costa numa praia em Massachusetts, nos Estados Unidos, depois de uma tempestade ter atingido a região. A espinha foi encontrada …

A China está a tornar-se o país com maior influência na ONU

Há dez anos, a China começou uma operação que lhe tem vindo a garantir mais influência nas Nações Unidas. Agora, o poder que possui na organização mundial protege o país asiático do escrutínio internacional. De acordo …

Uma droga pode tratar o nanismo (mas há quem defenda o "orgulho anão")

Um estudo vem agora revelar que uma droga pode tratar o nanismo. Porém, a possibilidade de haver um tratamento para esta condição clínica não é consensual. Um novo estudo, financiado pela BioMarin Pharmaceutical e publicado no …

Meghan Markle perde batalha judicial. Em causa está carta que enviou ao pai (divulgada por jornal britânico)

Depois de no passado mês de agosto, Meghan Marke vencer uma batalha judicial contra o Mail on Sunday, desta vez a Duquesa de Sussex não pode festejar mais uma vitória. A norte-americana perdeu a última …