Governo distribui aumentos na Função Pública em véspera de eleições

Nuno Veiga / Lusa

O primeiro-ministro, Pedro Passos Coelho, durante uma visita às Festas do Povo em Campo Maior

O primeiro-ministro, Pedro Passos Coelho, durante uma visita às Festas do Povo em Campo Maior

A lista de boas notícias do Governo está a crescer em véspera de eleições, com aumentos salariais para funcionários públicos.

O Jornal de Negócios destaca que, segundo estimativas oficiais, cerca de metade dos trabalhadores do Estado ganha acima de 1.500 euros e viu este ano anulado um quinto dos cortes salariais que estava a ser aplicado no ano passado, um primeiro sinal de reposição de rendimentos.

No entanto, a par desta devolução, a Lei do Orçamento do Estado voltou a congelar salários e a travar progressões, independentemente da avaliação que os funcionários apresentem.

É aí que entram as várias cedências que têm sido feitas aos sindicatos, que têm negociado as alterações, muitas vezes sob ameaça de greve. O acordo assinado esta terça-feira com os enfermeiros é o exemplo mais recente destas exceções.

A partir de amanhã, 11 mil enfermeiros beneficiam de um aumento máximo de 221 euros em virtude da equiparação do salário entre profissionais com contrato individual e os que estão em funções públicas, que auferem 1.201 euros.

O acordo de ontem entre o ministro da Saúde, Paulo Macedo, e o Sindicato dos Enfermeiros Portugueses (SEP) tem efeitos práticos já a partir desta quinta-feira, 1 de outubro, e vai custar 11 milhões de euros.

Também a partir de amanhã mais de 300 técnicos do Instituto Nacional de Estatística (INE) – o equivalente a pouco mais de metade dos funcionários da entidade – vão ter um aumento, com a aplicação do diploma que cria a nova carreira especial de técnico superior de especialista em estatística.

Na prática, significa 330 trabalhadores integrados no grupo de técnico superior previsto no regulamento interno, aos quais se somam 26 que estão neste momento fora do INE, passam para a nova carreira, com um aumento médio de 145,33 euros brutos, que variará entre os 61 euros e os 250 euros, de acordo com a informação prestada ao Negócios por Pedro Cardoso da Costa, secretário de Estado da Modernização Administrativa.

Para o Estado, a decisão terá um custo anual de 672 mil euros em vencimentos – 810 mil euros se somadas as contribuições -, numa primeira fase.

No entanto, ainda antes de criar a nova carreira no INE, o Governo já tinha feito algo semelhante com a criação da nova carreira de técnico superior do Ministério das Finanças.

No ministério de Maria Luís Albuquerque, a criação da nova carreira permite que os funcionários da Direção-geral do Orçamento (DGO), da Direção-geral do Tesouro (DGTF) e do Gabinete de Planeamento (GPEARI) transitem para a nova carreira com aumentos mínimos de 52 euros. O valor poderá ser bastante superior, dependendo do posicionamento remuneratório de cada um.

A nova carreira especial, publicada em abril com efeitos a partir de maio, tem 14 níveis remuneratórios, que começam nos 1.253 euros e vão até aos 3.621,60 euros no topo da carreira. A possibilidade de progressão futura é maior do que a que existe na carreira de técnico superior, na qual o nível mais alto correspondente a 3.364 euros, refere o Negócios.

Por fim, o novo Estatuto da PSP (que ainda aguarda promulgação) prevê a atualização da tabela remuneratória para alguns dos profissionais que estão no nível intermédio – cerca de 50% dos polícias, estima Paulo Rodrigues, presidente da Associação Sindical dos Profissionais de Polícia.

“Cerca de nove ou dez mil polícias vão ter ligeiras atualizações, de 30 euros ou de 50 euros”, descreveu em declarações ao Jornal de Negócios na altura da aprovação do documento. “É repor uma injustiça que estava a ser cometida desde 2010, porque com a entrada em vigor do actual Estatuto, em 2010, houve elementos que não ficaram bem colocados”, justifica.

A quatro dias das eleições, o Ministério da Saúde anunciou, através da Administração Central do Sistema de Saúde, que nas próximas semanas mais 450 mil portugueses terão médico de família atribuído.

Para chegar a estes números serão contratados 237 médicos que obtiveram a especialidade e ainda cerca de 100 médicos que a obterão em breve.

ZAP

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. O título da notícia é claro como tirada de campanha eleitoral! Dificilmente o autor terá a imparcialidade como parceira ao querer por puro voluntarismo titular notícia que não sendo sua distancia-se do conteúdo ao “adaptar” informação.
    … Afinal vem na sequência do desafogo no garrote… Algumas das medidas estavam previstas desde pelo menos Abril! Então a reposição dos cortes há quanto tempo começou? A “cedência aos sindicatos” tem quantos meses ? Há quanto tempo foi anunciado que até ao final da legislatura iam tentar… Medicos e enfermeiros? As forças de segurança…

RESPONDER

Casa Branca oferece "telefonema educativo" a Nicki Minaj para acalmar apreensões sobre a vacina

Depois de um tweet de Nicki Minaj se ter tornado viral por associar a vacina contra a covid-19 à impotência, a Casa Branca convidou a rapper para um telefonema com especialistas para esclarecerem as suas …

Baterias de lítio-enxofre melhores e mais baratas? O segredo é uma pitada de açúcar

Uma colher cheia de açúcar pode ser o suficiente para permitir que um veículo elétrico faça uma viagem de Melbourne a Sidney (878 km) com uma única carga. Atualmente, os automóveis elétricos e os telemóveis utilizam …

Parlamento aprova na generalidade mudança do TC para Coimbra. Oito socialistas votaram a favor

A proposta passou com votos contra do Chega e PAN, abstenção do PCP, BE, PEV e maioria da bancada do PS e votos favoráveis do PSD, CDS, IL e de oito deputados socialistas. O resultado já …

Escola da Amadora queria proibir minissaias, decotes e chinelos - mas já voltou atrás

Um Agrupamento na Amadora publicou um código de vestuário que acendeu um debate nas redes sociais devido às regras que controlavam mais as raparigas. Entretanto, a escola já voltou atrás na decisão. Segundo escreve o Jornal …

Governo francês vai dar 100 euros a famílias carenciadas para pagar energia

O Governo francês vai entregar um cheque de 100 euros a 5,8 milhões de famílias de menores recursos para ajudar a pagar a fatura energética. A medida anunciada pelo executivo vai ter um custo de 580 …

Incidência e R(t) recuam em dia com mais 1.023 infetados e sete mortes

Portugal registou, esta sexta-feira, 1.023 novos casos e sete mortes na sequência da infeção por covid-19, de acordo com o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). Segundo o último boletim da Direção-Geral da Saúde, Portugal …

Apoiantes de Navalny acusam Google e Apple de "censura" política

Os apoiantes de Alexei Navalny acusaram hoje as empresas Google e Apple de terem suprimido o apelo ao voto "útil" proposto pelo oposicionista através das respetivas plataformas, denunciando "censura" num processo eleitoral em que a …

Presidente da República argentino cancela viagens para impedir que vice assuma Governo

Cristina Kirchner é parceira maioritária na coligação de Governo e exige, entre outras mudanças, a substituição de ários ministros, secretários e presidentes de organismos públicos. Recentemente, tem mostrado em público o seu descontentamento face à …

"Bazuca" europeia não resolve problema da falta de habitação

De acordo com vários especialistas, as 26 mil casas identificadas como prio­ritárias pelo Plano de Recuperação e Resiliência (PRR) não chegam para as necessidades do país, que podem chegar às 46 mil. A questão da aplicação …

Peça que terá sido usada no batismo de D.Maria II está à venda. Estado não a compra por ser demasiado cara

Há uma semana que está à venda uma peça que pertenceu à coroa portuguesa. Terá pertencido à família real depois do Terramoto de 1755 e, de acordo com o antiquário que agora a comercializa, terá …