Bloco e PS chegam a acordo, Costa quer Catarina no Governo

Tiago Petinga / Lusa

A porta-voz do Bloco de Esquerda, Catarina Martins, fala à imprensa após a reunião de hoje com o secretário-geral do Partido Socialista, António Costa

A porta-voz do Bloco de Esquerda, Catarina Martins, fala à imprensa após a reunião de hoje com o secretário-geral do Partido Socialista, António Costa

O Bloco de Esquerda (BE) anunciou na madrugada desta sexta-feira a conclusão das negociações com o Partido Socialista (PS) para a formação de uma alternativa de Governo, considerando que estão criadas as condições para um acordo à esquerda.

Legislativas 2015

Apesar de não serem públicos todos os termos do acordo, o Sol garante que na última reunião entre o PS e o Bloco, António Costa convidou Catarina Martins a colocar ministros do Bloco no governo socialista, parte da estratégia do líder socialista que vê num governo a três mais segurança para governar do que num governo com apoio de incidência parlamentar.

De acordo com o semanário, Catarina Martins não assumiu nenhum compromisso, preferindo esperar para ver o desfecho das negociações entre António Costa e Jerónimo de Sousa.

anúncio oficial do acordo entre BE e PS foi feito através de uma breve publicação, esta madrugada, intitulada “Bloco concluiu negociações com PS“, onde se lê que “A Comissão Política do Bloco de Esquerda aprovou na noite de quinta-feira o documento de trabalho resultante das negociações do Bloco com o Partido Socialista”.

O texto revela que “pela parte do Bloco, as negociações com o PS estão concluídas e estão reunidas as condições para um acordo à esquerda pela proteção do emprego, dos salários e das pensões“.

O Bloco de Esquerda afirma que os pormenores sobre o acordo com o PS só vão ser tornados públicos depois de os outros partidos em conversações aprovarem o documento nas respetivas direções.

“O acordo só será público depois de os outros partidos aprovarem nas respetivas direções, pelo que, para já não, iremos comentar mais nada”, respondeu à Lusa fonte do partido, depois de questionada sobre os pormenores das negociações com o PS.

A assessoria de António Costa remeteu esclarecimentos para uma entrevista que o líder socialista dará esta noite, às 20h, ao Jornal da Noite da SIC.

Na próxima terça-feira, dia 10, o programa de Governo de Passos Coelho e Paulo Portas vai ser votado no Parlamento, mas este deverá ser chumbado pela esquerda.

PCP “a trabalhar” para acordo, PEV tem reunião final com PS

Para que o acordo à esquerda seja fechado falta apenas concluir as negociações com o PCP.

O PCP mantém-se a negociar um acordo que viabilize uma governação alternativa do PS, disse esta sexta-feira à Lusa fonte partidária, adiantando que “Os Verdes” vão reunir, durante a manhã, uma última vez com os socialistas, no parlamento.

“Continuamos a trabalhar”, vincou a fonte, escusando-se a revelar detalhes quanto ao curso das negociações, num dia em que o BE anunciou, através da sua página na Internet, a conclusão das negociações com o PS, considerando que estão criadas as condições para um acordo à esquerda.

O secretário-geral do PS, António Costa, deslocou-se na quarta-feira à noite à sede nacional comunista, na rua Soeiro Pereira Gomes, para um último esforço de conciliação com o seu homólogo do PCP, Jerónimo de Sousa, antes das reuniões dos órgãos socialistas, marcadas para o fim de semana.

Entretanto, na Assembleia da República, “Os Verdes” e o PS vão encontrar-se para uma derradeira “reunião técnica”, com presenças garantidas da membro da direção ecologista Manuela Cunha e da deputada socialista Ana Catarina Mendes.

ZAP / Lusa

PARTILHAR

24 COMENTÁRIOS

  1. O PS reduzido a propulsor político do BE e PCP? Será extinguido a prazo como aconteceu com o histórico Partido Socialista Grego (PASOK)

    • Boa bora lá meter o psd que também será melhor, pelo menos nestes últimos 4 anos fartei-me de viajar e até comprei uma casa a pronto, a e comida na mesa foi com grande fartura.

      • Quando fores rico com o governo de esquerda no poder não te esqueças de mim! Pobre gentinha… pensam que enriquecem de bandeira na mão a gritar “Grandola vila morena…” Vão mas é trabalhar e vejam se ganham que para gente a viver de subsídios já estou CHEIO de fazer descontos! E não é usual verem-me por aqui a lamentar! Sempre foi assim os que mais se queixam são os que menos contribuem para a Nação!

  2. Haverá sapos a engolir! É que depois de 3 anos de austeridade deixada pelo PS de Sócrates o governo que geriu a dolorosa crise entrou em crescimento um ano depois, ganhou as eleições e em democracia dói! Sobretudo quando o líder do maior partido da oposição em lutas intestinas ter atropelado o secretário geral (José Seguro) pela desfaçatez de achar que as duas eleições que tinha ganho eram por “poucochinho”! A.Costa concorreu, fez campanha e perdeu!
    Decorridas 4 semanas, haverá muito para deglutir. Já não são só sapos. São cobras e lagartos sem saberem o que fazer ao “Carmo e à Trindade” que por aí vem.

  3. é uma fome pelo poder que dá dó… Com estes vermelhos radicais no poder e a Catarina no Governo, adeus estabilidade. Portugueses, vao começar do Zero outra vez. A europa vai se rir da Republica das bananas. Não chegou a crise na grecia para aprender?
    Essa Catarina era boa para ministra das Finanças… hehehehe… vai apanhar de todos. E rirem-se na cara. Os perdedores a querer mandar.
    COSTA, vais cair na desgraça e ser ridicularizado. A jutar os cordelinhos com o Bloco e com os comunistas. Só mesmo em Portugal.
    Querem todos o tacho sem olhar ao futuro do país.
    O SR. Assis é que tem razão. PS deve ter juizo. Dou apoio a ele.
    A solução nisto é coligação PSD/PP – PS

  4. Processo de assimilação da Tia Catarina iniciado por A.Costa. Dentro em breve o PS mais rico… Com futura candidata a secretária geral contra a vontade do papa e do baby doques

  5. O circo voltou à cidade, Caataarina na seguraança social, Jerónimo a ministro das finanças e recuperarem o Sócrates para Governador do Banco de Portugal. Nem o Alves dos Reis faria melhor. Este Costa, como híbrido que é, só pensa nele próprio.

  6. Lololol a direita está ressabiada e dispara em todas as direções, demonizando qualquer ideia que não seja a sua. Com “os salvadores da pátria” Coelho e Portas com contrato a prazo e desta parece que é mesmo “irrevogável”, grassa o pânico nas hostes do bafio e da caridadezinha.

  7. A estupidez política tem limites, a do António Costa parece que não. Ao PS ainda vai acontecer o que aconteceu ao Partido Socialista na Grécia, que desapareceu completamente e o Bloco de Esquerda ainda se vai transformar num novo Syriza e levar o país à falência. Os portugueses estão preparados para passar fome e só poderem levantar 100 euros por semana dos bancos?

    • 100 € aqueles que lá o tiverem, porque a maioria quando chegam a meio do mês já lá não têm um cêntimo. Esses não deviam preocupar-se com isso.
      Há quem não saiba o que é fundamental para levantar dinheiro do banco… Fazem disso uma tragédia grega… A esses mando-os todos à merda fazem favor.

  8. Na realidade como é q podem ir levantar 100€ se os q estiveram 4 anos tiraram tudo pro equilíbrio
    Que bom trabalho fizeram se tirar pra equilibrar é o melhor q sabem fazer tb eu era ministro das finanças

  9. Já agora o Sócrates está bom de ver q é um grande vigaro mas a ajudar à festa na crise que nos assolou é bom não esquecer está o bce, os buracos nos bancos e respectivos banqueiros e a orientação política muito ziguezagueante do parlamento europeu/ Sra merkel para resolver a crise. Não se esqueçam.

  10. Estou cada vez mais a adorar esta novela do casa não casa que este grupo de derrotados de esquerda arranjou para nos trazerem a troika de novo, cheira-me no final da novela a PS desmoronado metade “esquerda radica”l nos braços da Catarina e Jerónimo e a outra metade mais coerente a ter que se refugiar na actual coligação, aguardamos que o programa segue dentro de momentos.

  11. Salve-se o Conselho Nacional do PS…
    “…Oh Costa não vês que aquilo não dá? Bolas! E logo na altura do 40º aniversário daquela tentativa de aproximação Soares / Álvaro Cunhal? Não percebes que deixas o PS no colo dos comunistas e das tias do BE? Por quantas semanas? E se tivermos de ir a votos nos próximos meses? Depois é porque lhes deste confiança a mais!
    Negoceia mas é com a coligação, mandas o portas portas para a agricultura e põe-te como vice-primeiro ministro… Tás a ver…”!

  12. Antonio Costa “Monhé” quer Catarina no Governo e eu quero ser Apatria, alguem me diz como renunciar ao meu País?….infelizmente não se olha a meios para atingir fins!!!!!!!!!!!
    Pobre País com Governos destes, esquerda sim, mas nunca com radicais, que se faça novas eleições e esses ditos partidos democraticos façam a aliança antes!!!!

  13. Pelas declarações e promessas apresentadas pelo Sr. António Costa líder do Partido Socialista, que se tem ouvido e lido em todos os órgãos de comunicação Social, estamos mais ou menos convencidos, que temos um brilhante Salvador da Pátria.. Pena é, que este, se prenuncia-se tão tarde.
    Pergunto. Porque não se candidatou este corajoso político, nas eleições de 2011, opondo-se ao seu colega e primeiro ministro José Sócrates?
    Porque não fez na altura, o mesmo que fez, com o seu colega José Seguro, quando ele entendeu que Seguro não era a pessoa ideal para ser chefe do Partido Socialista e possível Primeiro Ministro?
    Porque será, que só agora é que ele descobriu que é o Primeiro Ministro com capacidade de dar tudo a todos?
    Porque será, que António Costa, nunca fala da miséria e quase à beira da Banca rota que nos deixou o se calhar, seu grande amigo José Sócrates, como se esse, nos deixa-se um país cheio de dinheiro e um povo satisfeitíssimo, com salários à altura de todas as suas necessidades?
    Porque será, que sempre atirou pedras ao governo que acabou de derrubar, como se este, tivesse outra alternativa, se não a medidas que tomou?
    Será, que António Costa, alguma vez imaginou, que Portugal o escolheu e que está satisfeito, por o termos agora à beira de ser Primeiro Ministro?
    Se ele está convencido disso, está altamente enganado. Eu sou um deles. entre milhões, que o não escolhi, por chegar tarde de mais.
    Porque será, que António Costa, não resolveu fazer coligação com os outros partidos de esquerda, na altura das eleições? Claro, porque ele, estava convencido, que conseguia ganhá-las sozinho certo? Mas não ganhou. Então, o que se verifica aqui? Verifica-se, que os Portugueses não o queriam para governar, certo? Pensando bem, se a abstenção, foi quase 50%, se todos votasse-mos, se calhar a coligação PSD/CDS, ganhava pela maioria. Ninguém tenha dúvidas, mas é que ganhava…
    Já agora e para concluir, pergunto ao Sr. António Costa! O Sr. Antes de ser anunciado Primeiro Ministro, é capaz de arriscar e fazer um juramento? Por exemplo. Jurar, que vai cumprir todas a promessas, sem prejudicar ninguém e nem o país, e caso não cumpra, põe todos os seus bens penhorados ao Estado, como castigo de incumprimento e, os seus salários e reformas também. Será capaz de voluntariamente, fazer este juramento? Claro que não. Se nunca ninguém se calhar o fez, pelo menos que eu saiba, o Sr. também não o vai fazer. Ele sabe muito bem, que todos os Chefes de estados e governantes, por mais pior que deixem as suas chefias, saem de cabeça erguida, com belas regalias para o resto das suas vidas e nada lhes acontece. Quem vier a seguir, que se amanhe como poder e o povo que se lixe. É precisamente, o que acontece, desde o 25 de Abril. Sim 25 de Abril 74, porque o regime anterior, acabou ali, com a revolução dos que rapidamente se auto-promoveram de capitães a Generais e desde aí, foi sempre, um Salve-se quem puder. Isso é outra história.
    Onde é, que estará o país rico em dinheiro e ouro, que alguém deixou, à custa dos sacrifícios dos Portugueses claro, mas que, em 48 anos ninguém mexeu nesses dinheiros públicos e, que tão mal se fala desse pessoa. Eu, votaria de novo nele, se ele cá voltasse..
    Manuel Teixeira Monteiro
    Espero, fazer-me perceber bem o meu lamento, mas se alguém não me entender, peço desculpa. (Só tenho a 4:º Classe, feita em 1956)

    • Eu também só tenho a 4ª classe mas sei escrever “pronunciasse” em vez de prenunicia-se, “deixasse” em vez de deixa-se e “votássemos” em vez de votasse-mos.

RESPONDER

"Sem padrinhos, nem donos". Líder da JP levanta congresso centrista

O candidato à liderança do CDS Francisco Rodrigues dos Santos arrancou este sábado no congresso centrista, que está a decorrer em Aveiro, a maior ovação dos delegados, com um discurso inflamado, em defesa de um …

Quando chegaram à Europa pela primeira vez, as batatas eram "hereges"

Os espanhóis foram os primeiros europeus a encontrar batatas na América do Sul nos anos 1530. Porém, quando foram trazidas para o Velho Continente, não foram bem recebidas por todos. Depois de terem sido encontradas pelos …

Ano vai ser "inevitavelmente" de contestação social, avisa CGTP

O secretário-geral da CGTP, Arménio Carlos, disse esta sexta-feira que este ano vai ser “inevitavelmente” de contestação social se o Governo e as empresas continuarem a insistir num modelo de baixos salários. O líder da intersindical …

Maior ameaça ao crescimento português vem de Espanha

Diz o ditado popular que de Espanha nem bom vento, nem bom casamento. Mas, na verdade, o crescimento económico do país vizinho tem contribuído para puxar pela economia portuguesa. Agora, quando se prevê um abrandamento …

Cabo Verde esteve sem Internet durante 24 horas

O arquipélago de Cabo Verde voltou a ter acesso à Internet na tarde desta sexta-feira, cerca de 24 horas depois de uma instabilidade provocada por falhas no fornecedor internacional do serviço. O país tinha ficado sem …

Ventura em operação de charme no Porto depois de um atraso muito criticado no Parlamento

O deputado André Ventura, eleito pelo Chega, tem agendada para este sábado uma verdadeira operação de charme no Porto, com encontros com o presidente da Associação Comercial do Porto e com apoiantes do partido. Iniciativas …

Assistente social acusada de maltratar 14 crianças em centro de acolhimento

O Ministério Público (MP) acusa uma mulher de 46 anos, que era assistente social e diretora técnica de um centro de acolhimento na Maia, no distrito do Porto, de maltratar 14 crianças nesta instituição. De …

Marcelo não vê razão de preocupação com empresas portuguesas de Isabel dos Santos

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, disse esta sexta-feira ter sinais de que não há razão para preocupação nos setores económicos e empresas portuguesas nas quais a Isabel dos Santos está a vender …

Mina de lítio em Montalegre. "Impactes negativos minimizáveis” e 370 empregos

O Estudo de Impacte Ambiental (EIA) da concessão de exploração de lítio, em Montalegre, conclui que o projeto possui “impactes negativos” que, no entanto, “não são significativos”, “são minimizáveis” e de “abrangência local”. O EIA do …

Cristas faz o mea culpa e abandona o congresso. Corrida à sucessão faz-se a cinco

O 28.º congresso nacional do CDS arrancou este no Parque de Feiras e Exposições de Aveiro com o discurso da líder demissionária Assunção Cristas, que fez uma espécie de mea culpa e agradeceu aos centristas …