PS e Bloco de Esquerda já têm acordo, só falta o PCP

Tiago Petinga / Lusa

O líder socialista António Costa reúne-se com Catarina Martins, porta-voz do Bloco de Esquerda

O PS e o Bloco de Esquerda já chegaram a um entendimento com vista à formação de um governo de Esquerda. Agora, só falta que os socialistas alcancem um acordo com o PCP.

Legislativas 2015

Diário Económico garante que António Costa e Catarina Martins já deram por encerradas as negociações, havendo acordo com vista à formação de uma aliança de Esquerda, sublinhando que as “medidas para áreas sectoriais ficam fora do acordo” entre PS e BE.

O jornal avança que o entendimento é exclusivamente sobre questões económicas e de rendimentos, deixando de fora compromissos sectoriais como ao nível da educação, da saúde ou da banca.

Deste acordo faz parte a certeza de que as pensões “vão ser todas descongeladas e as mais baixas terão mesmo um aumento real”, conforme disse Catarina Martins recentemente numa entrevista ao Diário de Notícias.

O Diário Económico acrescenta que o entendimento deve preconizar a eliminação da sobretaxa de IRS de forma faseada – 50% em 2016 e 50% em 2017, de acordo com o jornal – e a redução do IVA da restauração novamente para os 13%.

Fica também definido que os salários da Função Pública serão devolvidos na íntegra até 2016 (25% por trimestre) e que haverá um aumento gradual do salário mínimo nacional até aos 600 euros.

De fora do entendimento entre PS e BE fica a redução do IVA da electricidade para os 6%, garante o Económico.

Entretanto, nos próximos dias, os responsáveis de PS e PCP vão tentar alcançar também um acordo e pode esperar-se, desde já, que haja complicações no capítulo do aumento gradual do salário mínimo.

Os comunistas têm defendido um aumento efectivo imediato e poderão não concordar com a subida gradual acordada entre bloquistas e socialistas.

Vera Jardim quer acordo de “contas certas” ou apoia Assis

Entretanto, este acordo à Esquerda não tem o aval de todos os socialistas e já está em movimento uma “rebelião” contra Costa, liderada por Francisco Assis, por causa da sua estratégia neste processo.

O dirigente socialista e ex-ministro da Justiça Vera Jardim assume que prefere a “solução Assis” a um acordo de Esquerda sem “contas certas”.

Em declarações ao programa “Falar Claro” da Rádio Renascença, Vera Jardim notou que espera “para ver o acordo” e que tem “esperanças” que vá ao encontro das expectativas socialistas, de modo a que não se corram “perigos”.

Passos pôs ministros a estudarem o programa do PS

Entretanto, a Coligação vai discutir na próxima quinta-feira, em Conselho de Ministros, o programa de governo.

Diário de Notícias garante que Passo Coelho deu aos seus novos ministros e Secretários de Estado o trabalho de casa de estudarem os programas de PS, de Bloco de Esquerda e de PCP, no sentido de apresentarem propostas que “pisquem” o olho à Esquerda, mas sem irem contra os princípios chave da Coligação.

Depois de discutido e de aprovado em Conselho de Ministros, o programa do novo governo será apresentado aos deputados. A discussão do mesmo na Assembleia da República está marcada para os dias 9 e 10 deste mês.

ZAP

PARTILHAR

7 COMENTÁRIOS

  1. …“medidas para áreas sectoriais ficam fora do acordo” entre PS e BE… E o PCP? Por quanto tempo?
    A.Costa prepara-se para um mergulho suicidário no vazio e com ele leva o PS… A estabilidade e o povo português é o que menos interessa.

    • De que estabilidade fala eu sempre fui uma pessoa de trabalho e só neste último governo fiquei desempregado.posso dizer que mais do mesmo só é bom para patróes

      • Então pá? Depois daquele “governante” (dos TGV, Pontes, Aeroportos, PPPês, etc.) ter convidado a troica, da injecção de 48 M Milhões em 3 anos para nos ‘cobrir’ estava à espera que em processo de ajustamento imposto iria haver crescimento económico? Investimento? Pleno emprego?
        …Não seja ingénuo. Acompanhe a actualidade com outros óculos ou mude de canal!

    • De que estabilidade fala eu sempre fui uma pessoa de trabalho e só neste último governo fiquei desempregado.posso dizer que mais do mesmo só é bom para patróes

  2. O bloco ganha em toda a linha com este “acordo”. Catarina Martins inteligentemente mostrou ser ela quem tem comandado as negociações. O PS foi cedendo em toda a linha. Resta agora o PCP, será que Costa ainda vai ceder mais para agradar aos comunistas e assim chegar ao poder ? Jerónimo ou tem grandes concessões do PS ou parecerá que o que se conseguiu foi pelo Bloco e por Catarina Martins. A haver acordo parece que foi o BE quem venceu as eleições, Costa derrotadissimo nas negociações e Jerónimo a reboque de Catarina. Não fosse a sede de poder de Costa e muito se teria conseguido da PAF e bem mais próximo do programa do PS.

  3. Fico satisfeito por as negociações estarem a evoluir positivamente. Noto no entanto a tentativa de algum protagonismo exagerado, principalmente por parte do BE. O PC é um caso diferente; é um partido mais maduro, já com muita estrada, não procura as luzes da ribalta. Espero que o BE entenda que numa situação de dificeis negociações a três não é bom uma das partes tentar evidenciar-se nem ficar deslumbrada.

  4. Amiguinhos…madaram vir? Querem…comam!
    Em minha opinião…Estamos fritos…é SÓ ARTISTAS….kkkk
    Depois falamos…
    Será sintoma de cerebro passarinho? Talvez..
    Os Gregórios, não pagavam…agora pagam e não bufam…não é?
    E olhem…rigorosamente o que já se fez aqui…não foi?
    A pomposa e irritante candidata a actriz com o seca terrenos, vão servir-vos uma bela sobremesa os próximos anos.
    Não é para pagar e não..portanto…que venham os pastores novamente corrigir isto..porque o nosso já cá canta a qualquer custo. Poder a qualquer custo..gente “séria e honesta” sem duvida.
    Já dizia o outros…atrás daquelas colinas, há um povo que não se governa nem se deixa governar!
    Enfim, pequeninos…são vocês que irão pagar a divida dos papás, porque..vida fácil e dinheiro fácil…é tão bom.
    Enfim..enfim…

RESPONDER

Empresas espanholas dominam obras públicas na ferrovia

As empresas espanholas dominam as obras públicas na ferrovia em Portugal, ascendendo a sua quota a 70%, avança o Expresso na sua edição deste sábado. Para presidente da Associação de Empresas de Construção e Obras …

Cada vez mais mulheres denunciam abusos médicos durante o parto

Um número crescente de mulheres tem vindo a denunciar casos de abuso durante o trabalho de parto. No entanto, pouco está a ser feito para mudar isto. Durante o parto, as mulheres ficam numa posição vulnerável …

Já podemos explorar "Melckmeyd", naufrágio holandês do século XVII

Nas profundezas do Oceano Atlântico, perto da costa da Islândia, encontram-se os destroços de um navio holandês que afundou há 360 anos, no qual agora podemos "mergulhar" graças a uma experiência de realidade virtual. Quando a …

Os furacões podem provocar atividade sísmica tal como um terramoto

Uma equipa de cientistas descobriu um novo fenómeno geofísico no qual furacões ou fortes tempestades podem produzir vibrações no fundo do oceano tão fortes quanto um terramoto de magnitude 3.5. "As tempestades, furacões ou ciclones extratropicais …

Quem anda mais devagar pode envelhecer mais rapidamente

A velocidade a que caminham as pessoas aos 45 anos pode ser um indicador de como é que o cérebro e o corpo envelhecem, revela um novo estudo levado a cabo por uma equipa de …

Sporting apresentou participação disciplinar à FPF contra o Alverca

O Sporting participou ao Conselho de Disciplina da Federação Portuguesa de Futebol (FPF) contra a utilização de Luan pelo Alverca no jogo da Taça de Portugal, confirmou à agência Lusa fonte ligada ao processo. Em causa, …

Há um país europeu que está a "importar" padres da Índia

O clero irlandês está a ficar cada vez mais envelhecido e as novas gerações parecem menosprezar a profissão. Por isso, a Igreja procura soluções no exterior. Há dois anos, o padre Francis Xavier Kochuveettil aterrou no …

Fábio Silva fez história na goleada frente ao Coimbrões

Fábio Silva, o jovem avançado do FC Porto, fez este sábado história no jogo frente ao Coimbrões: tornou-se o mais jovem de sempre a marcar pelos dragões. No jogo deste sábado para a Taça da …

Relação com o PS "nunca foi fácil", diz Catarina Martins

O Bloco de Esquerda assumiu este sábado que a relação com o PS “nunca foi fácil” e recusou que a perda de votos e a falta de um acordo de maioria parlamentar possam ser encarados …

Pedro Rodrigues, ex-líder da JSD, quer liderar a bancada do PSD

O antigo líder da JSD Pedro Rodrigues quer liderar a bancada parlamentar do PSD durante a próxima legislatura, avança o Expresso este sábado, dando conta que o deputado eleito por Lisboa já está a recolher …