PS e Bloco de Esquerda já têm acordo, só falta o PCP

Tiago Petinga / Lusa

O líder socialista António Costa reúne-se com Catarina Martins, porta-voz do Bloco de Esquerda

O PS e o Bloco de Esquerda já chegaram a um entendimento com vista à formação de um governo de Esquerda. Agora, só falta que os socialistas alcancem um acordo com o PCP.

Legislativas 2015

Diário Económico garante que António Costa e Catarina Martins já deram por encerradas as negociações, havendo acordo com vista à formação de uma aliança de Esquerda, sublinhando que as “medidas para áreas sectoriais ficam fora do acordo” entre PS e BE.

O jornal avança que o entendimento é exclusivamente sobre questões económicas e de rendimentos, deixando de fora compromissos sectoriais como ao nível da educação, da saúde ou da banca.

Deste acordo faz parte a certeza de que as pensões “vão ser todas descongeladas e as mais baixas terão mesmo um aumento real”, conforme disse Catarina Martins recentemente numa entrevista ao Diário de Notícias.

O Diário Económico acrescenta que o entendimento deve preconizar a eliminação da sobretaxa de IRS de forma faseada – 50% em 2016 e 50% em 2017, de acordo com o jornal – e a redução do IVA da restauração novamente para os 13%.

Fica também definido que os salários da Função Pública serão devolvidos na íntegra até 2016 (25% por trimestre) e que haverá um aumento gradual do salário mínimo nacional até aos 600 euros.

De fora do entendimento entre PS e BE fica a redução do IVA da electricidade para os 6%, garante o Económico.

Entretanto, nos próximos dias, os responsáveis de PS e PCP vão tentar alcançar também um acordo e pode esperar-se, desde já, que haja complicações no capítulo do aumento gradual do salário mínimo.

Os comunistas têm defendido um aumento efectivo imediato e poderão não concordar com a subida gradual acordada entre bloquistas e socialistas.

Vera Jardim quer acordo de “contas certas” ou apoia Assis

Entretanto, este acordo à Esquerda não tem o aval de todos os socialistas e já está em movimento uma “rebelião” contra Costa, liderada por Francisco Assis, por causa da sua estratégia neste processo.

O dirigente socialista e ex-ministro da Justiça Vera Jardim assume que prefere a “solução Assis” a um acordo de Esquerda sem “contas certas”.

Em declarações ao programa “Falar Claro” da Rádio Renascença, Vera Jardim notou que espera “para ver o acordo” e que tem “esperanças” que vá ao encontro das expectativas socialistas, de modo a que não se corram “perigos”.

Passos pôs ministros a estudarem o programa do PS

Entretanto, a Coligação vai discutir na próxima quinta-feira, em Conselho de Ministros, o programa de governo.

Diário de Notícias garante que Passo Coelho deu aos seus novos ministros e Secretários de Estado o trabalho de casa de estudarem os programas de PS, de Bloco de Esquerda e de PCP, no sentido de apresentarem propostas que “pisquem” o olho à Esquerda, mas sem irem contra os princípios chave da Coligação.

Depois de discutido e de aprovado em Conselho de Ministros, o programa do novo governo será apresentado aos deputados. A discussão do mesmo na Assembleia da República está marcada para os dias 9 e 10 deste mês.

ZAP

PARTILHAR

7 COMENTÁRIOS

  1. …“medidas para áreas sectoriais ficam fora do acordo” entre PS e BE… E o PCP? Por quanto tempo?
    A.Costa prepara-se para um mergulho suicidário no vazio e com ele leva o PS… A estabilidade e o povo português é o que menos interessa.

    • De que estabilidade fala eu sempre fui uma pessoa de trabalho e só neste último governo fiquei desempregado.posso dizer que mais do mesmo só é bom para patróes

      • Então pá? Depois daquele “governante” (dos TGV, Pontes, Aeroportos, PPPês, etc.) ter convidado a troica, da injecção de 48 M Milhões em 3 anos para nos ‘cobrir’ estava à espera que em processo de ajustamento imposto iria haver crescimento económico? Investimento? Pleno emprego?
        …Não seja ingénuo. Acompanhe a actualidade com outros óculos ou mude de canal!

    • De que estabilidade fala eu sempre fui uma pessoa de trabalho e só neste último governo fiquei desempregado.posso dizer que mais do mesmo só é bom para patróes

  2. O bloco ganha em toda a linha com este “acordo”. Catarina Martins inteligentemente mostrou ser ela quem tem comandado as negociações. O PS foi cedendo em toda a linha. Resta agora o PCP, será que Costa ainda vai ceder mais para agradar aos comunistas e assim chegar ao poder ? Jerónimo ou tem grandes concessões do PS ou parecerá que o que se conseguiu foi pelo Bloco e por Catarina Martins. A haver acordo parece que foi o BE quem venceu as eleições, Costa derrotadissimo nas negociações e Jerónimo a reboque de Catarina. Não fosse a sede de poder de Costa e muito se teria conseguido da PAF e bem mais próximo do programa do PS.

  3. Fico satisfeito por as negociações estarem a evoluir positivamente. Noto no entanto a tentativa de algum protagonismo exagerado, principalmente por parte do BE. O PC é um caso diferente; é um partido mais maduro, já com muita estrada, não procura as luzes da ribalta. Espero que o BE entenda que numa situação de dificeis negociações a três não é bom uma das partes tentar evidenciar-se nem ficar deslumbrada.

  4. Amiguinhos…madaram vir? Querem…comam!
    Em minha opinião…Estamos fritos…é SÓ ARTISTAS….kkkk
    Depois falamos…
    Será sintoma de cerebro passarinho? Talvez..
    Os Gregórios, não pagavam…agora pagam e não bufam…não é?
    E olhem…rigorosamente o que já se fez aqui…não foi?
    A pomposa e irritante candidata a actriz com o seca terrenos, vão servir-vos uma bela sobremesa os próximos anos.
    Não é para pagar e não..portanto…que venham os pastores novamente corrigir isto..porque o nosso já cá canta a qualquer custo. Poder a qualquer custo..gente “séria e honesta” sem duvida.
    Já dizia o outros…atrás daquelas colinas, há um povo que não se governa nem se deixa governar!
    Enfim, pequeninos…são vocês que irão pagar a divida dos papás, porque..vida fácil e dinheiro fácil…é tão bom.
    Enfim..enfim…

RESPONDER

Espanha. PSOE rejeita proposta "inviável" do Podemos para coligação

O Partido Socialista Operário Espanhol (PSOE) rejeitou nesta terça-feira a proposta do Unidas Podemos para uma coligação fovernamental, que considera "inviável", e convidou a plataforma de esquerda a encontrar "outras fórmulas" que facilitem a governabilidade …

Ex-Presidente do Sudão admite ter recebido mais de 80 milhões da Arábia Saudita

O antigo Presidente do Sudão, que foi deposto em abril após vários meses de protestos, começou a ser julgado esta segunda-feira por corrupção. O julgamento por corrupção do ex-Presidente do Sudão, Omar al-Bashir, começou esta segunda-feira e, …

Hong Kong. Funcionário do consulado britânico desaparece após enviar mensagem à namorada a pedir para rezar por ele

A 08 de agosto, Simon Cheng Man-kit, de 28 anos, estava a regressar a Hong Kong depois de ter estado na cidade chinesa Shenzhen. No momento em que, a bordo de um comboio de alta …

Open Arms. Procurador siciliano ordena apreensão do navio e desembarque imediato dos ocupantes

Luigi Patronaggio, o procurador da cidade de Agrigento, na Sicília, ordenou esta terça-feira a apreensão do navio Open Arms e o desembarque imediato dos quase 100 migrantes africanos que este levava a bordo. O jurista, que …

Jovens suspeitos de três homicídios filmaram um “testamento final” com o telemóvel antes de se suicidarem

Bryer Schmegelsky e Kam McLeod, os dois jovens de 18 e 19 anos suspeitos de três homicídios no Canadá e que foram encontrados mortos após duas semanas em fuga, terão filmado um “testamento final” com …

Em resposta a Macron, Putin diz que autoridades agiram para evitar situação igual à dos "coletes amarelos" em França

O Presidente da Rússia Vladimir Putin disse, durante um encontro com o seu homólogo francês Emmanuel Macron, que as autoridades russas agiram para garantir que as manifestações dos seus opositores permanecem dentro "da lei", evitando …

Gémeas que viviam em garagem estavam sinalizadas há seis anos

As gémeas de 10 anos que viviam numa garagem no concelho da Amadora estavam sinalizadas há seis anos pela Comissão de Proteção de Crianças e Jovens (CPCJ) e a sua situação conhecida pelo Ministério Público …

Afinal, duração máxima dos contratos a prazo no Estado também baixa para dois anos

O ministro do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, Vieira da Silva, assumiu o compromisso de emitir uma orientação aos serviços da Administração Pública para respeitarem a redução da duração máxima dos contratos a prazo de …

Turistas franceses arriscam seis anos de prisão. Roubaram areia de uma famosa praia em Itália

Um casal francês foi detido ao transportar 40 quilos da famosa areia da ilha da Sardenha, em Itália, e agora pode enfrentar até seis anos de prisão, caso a justiça italiana os considere culpados. O casal …

Pedro Dias transferido de Monsanto para Coimbra

Pedro Dias, condenado a 25 anos de prisão pelo triplo homicídio de Aguiar da Beira, distrito da Guarda, em outubro de 2016, foi transferido da prisão de segurança especial de Monsanto, em Lisboa, para o …