Francisco Assis anuncia “rebelião” contra António Costa

pseuropeias2014.pt

O deputado socialista Francisco Assis vai avançar com a ideia de criar uma “corrente crítica e alternativa” ao actual rumo do PS de António Costa.

O eurodeputado, que se tem afirmado contra a ideia de o PS formar um governo numa aliança com o Bloco de Esquerda e com o PCP, anunciou que vai agir no sentido de viabilizar essa alternativa à estratégia de António Costa.

Em declarações ao jornal Expresso, Francisco Assis revela que vai a partir das próximas reunir-se “com militantes de várias zonas do país que discordam do rumo que está a ser seguido”.

“Ficará então claro que há uma corrente crítica e alternativa” no PS, diz Assis, antecipando poder liderar essa “revolta” contra António Costa.

Francisco Assis assume, deste modo, uma posição clara e interventiva, tendo como meta final o ataque à liderança do PS.

O eurodeputado tem-se manifestado contra a ideia de uma aliança de Esquerda e defendeu recentemente, numa entrevista à RTP3, que “não se pode governar a qualquer preço e de qualquer maneira porque pagamos um preço grande por isso”.

“Corremos o risco de as nossas ideias, as nossas propostas para Portugal ficarem completamente desqualificadas”, frisou o euro-deputado socialista na mesma entrevista.

ZAP

PARTILHAR

65 COMENTÁRIOS

  1. Vou repetir um comentário acerca deste deputado europeu. Ele é um infiltrado no Ps. O lugar dele é no CDS, porque de socialista não tem nada. Apenas , como sempre, procura é tacho.

    • Nem mais meu caro. Este tipo é e sempre foi de direita, o PS só tem que decidir: Ou sai do PS e procura um partido de direita a bem ou então terá de ser expulso. O PS nunca poderá ter um núcleo de direita sendo de esquerda (ou não será).

    • O único infiltrado no PS é o António Costa. Subverteu as eleições no PS, americanizando-as, tomou de assalto o poder contra Seguro que ganhou duas eleições seguidas. No dia 4 de Outrubro perdeu as eleições e, agora, contra todos os princípios programáticos do PS quer tomar de assalto o poder por uma questão de sobrvivência política e “profissional”. Nunca exerceu uma profissão e serve-se da política para ter proventos financeiros. A isto chama-se pulhice humana. Quer o poder a qualquer custo. Tem falta de carácter e já demonstrou que é hábil em esperar facas nas costas dos seus camaradas de partido.

    • Até que enfim que alguém teve a coragem de chamar os bois pelo nome. Os socialistas têm um historial do qual não devem prescindir, nem afastar. O Poder não é tudo. É preciso respeitar os ideais.

    • Parece que se instalou uma nova patologia na democracia portuguesa… Ou se é esquerda, esquerda ou então direita, direita! Quero dizer, esquerda revolucionária ou direita à le pen!
      Já repararam que praticamente não houve greves durante a intervenção da troica? Praticamente nenhumas no último ano pós troica?
      Nunca tantos portugueses estiveram isentos de taxas moderadoras (rendimentos inferiores a 624€) inclusive direito a alguns medicamentos gratuitos! A taxa de solidariedade incide sobre rendimentos mais elevados! Serã estas medidas, medidas de esqª?
      Uma voz que se levanta contra pactos inconciliáveis desde logo porque a razão primeira de um partido político é o exercício do poder e para tal teem o seu ideário (programa, doutrina) não pode, em democracia, ser rotulado com nenhum daqueles extremos só porque é desalinhado com a ‘torrente’ do momento .
      … Se não estás connosco estás contra nós?Que raio de democratas!

  2. Se esta tendência que de facto representará a matriz de sempre do PS e do seu eleitorado, desde há 40 anos e os eventuais seus potenciais 14 deputados se abstiver na votação do programa do governo, porque defende que o PS deve ficar na oposição, então o “governo” António Costa +BE+PC não chegará a nascer…

  3. Menos de um mes de convivio com a esquerda “democratica” e ja obrigam todos a pensar a “uma so voz”. Quem discorda e mantem a coerencia da posiçao de decadas do PS ja nao se pode expressar!! A culpa nao e do Assis. O camarada Costa implodiu o partido.

  4. É de lamentar que o sr. Francisco Assis não tenha ainda ao longo dos anos evoluído no tempo e aprender que houve evolução política e que as pessoas não se deixam levar por ideias pouco democráticas como as que este senhor quis ir influenciar à uns anos atrás aos democratas da concelhia de Felgueiras. Pois é por haver ainda dentro e fora do PS estas ideias de o Povo Português poder continuar a ser Explorado e roubado e não querer que nada mude e continuarmos a apoiar esta política de desgraça que nos tem conduzido ao longo de quarenta anos e depois continuarem a dizer que vivemos numa democracia, mas desde que só possam governar os partidos de Direita a executar políticas que nem no tempo de Salazar ele tinha essas execuções. Joaquim Rodrigues.

  5. Lamento que o PS após ter re-encontrado a sua génese aproximada de socialismo, tenha nas suas fileiras fascistas infiltrados como este direitista bem instalado na vida, que tentam denegrir os verdadeiros socialistas democratas em favor de acordos com a extrema-direita radical do psd e do cds/pl ( partido da lambreta ) como sempre fizeram desde 1975 e hipotequem a esperança do povo em reaver um pouco da sua dignidade, liberdade e direitos democráticos.
    António Costa e outros democratas do PS, devem retirar as suas conclusões acerca desta seita maléfica dentro do PS, e tirar-lhes o tapete de vez, e se quiserem sair para fazer parte da extrema-direita radical da qual comungam as suas ideias, é um favor que fazem à democracia, à verdadeira esquerda e ao povo !!!
    Nomes de traidores de direita no PS ??? Há muitos, como por exemplo, antónio galamba, francisco assis, antónio seguro, jaime gama, antónio barreto, medeiros ferreira, sérgio pinto, ana gomes, carlos silva, carlos zorrinho, marçal grilo, eurico dias, helena freitas, joão proença, vera jardim, josé lelo, alberto martins, álvaro beleza, marcos perestrelo, e mais… muitos mais…
    Já agora a estes “dissidentes do verdadeiro socialismo” : aproveitem e formem um novo partido… é capaz de não vos dar “tacho” mas ao menos ficam de “consciência tranquila” … já agora, uma ideia pa a sigla do novo partido . PPS ( Partido dos Pseudo-Socialistas ). Xau, Xau… não deixam boas lembranças !!!

    • O sr Gil pelos comentários deve ter as ideias muito turvas achando a coligação de estrema direita ou então não percebeu onde estivemos metidos com o Sócrates.Acho muito bem que o Assis corra com essa canalha do ps querem o poder a qualquer preço esse ferro Rodrigues que disse estar cagando para a justiça se tivesse vergonha nuncamais ia para nenhum cargo público tomemvergonha vamos de uma vezpor todas poreste pais ondeele merece e deixem as pessoas que ganharam as eleições governar comalguns ajustes das pessoas com cabeça no ps

    • O PASOK grego que é como quem diz o PS português, de primeiro partido passou a 3º ou 4º! Agora se vão criar outro partido….

  6. Isto sim, é um Homem com um H grande. sabe bem os problemas do nosso pais, Parabéns Francisco de Assis vá enfrente e não ligue a estes comentários que só querem é ver o nosso pais que tanto nos custou a por mais ou menos na linha.
    Também tenho fé que vai ficar a coligação que bem merece pois foi quem ganhou em votos. (Se esta aldrabice for governar o nosso Portugal, não vale apena ir votar mais, porque se tem que votar sempre para uma maioria absoluta.)

  7. Já experimentámos tanta porcaria, mas esta alternativa ainda não experimentámos, se com tantas “salvações da nação” ainda não acertámos… e temos sempre andado na miséria … que querem? O mesmo? Ou ainda acreditam que se comem criancinhas e se dão injecções atrás da orelha? Desta vez não votei no meu partido para ver se ele abre os olhos, mas se querem novas eleições vão ver qual a força verdadeira da esquerda democrática, já agora o Assis já se esqueceu das figuras tristes que se viram na televisão dele a levar no focinho? pensei que o PS já tinha posto esse marmanjo no olho da rua, quiça CDS/PPD/partido dos béu-beus/mrpp etc

  8. Mais uma vez não se trata do supremo interesse dos portugueses mas sim de assegurear um tacho.
    Parece uma luta de galos. Não importa que este rumo sirva ops portugueses mas que não dá jeito a este senhor.
    Afinal ele também não conseguiu o poder por eleições, quer alcança-lo por rebelião.
    Felizmente há partidos que não permitem este tipo de pessoas!

  9. Este palhaço só quer é tacho. Como o A. Costa o colocou de fora tenta safar-se. De onde lhe vem o dinheiro? Foi do CDS ou do PSD ou de ambos?

    • Um traidorAssis?? E Costa o que é, afinal? Será que já não se lembra ao que fez ao Seguro??? Memória demasiado curta, meu caro, ou então cegueira politica em alto grau!

  10. Quero começar por dizer q não aceito/não ligo a comentários de pessoas que não são do partido socialista.
    Sou militante de base do partido e não posso aceitar que os seus principais dirigentes com o argumento que o partido é aberto a discussões por cada vez que uma “facção” não está de acordo com a outra há um movimento de sentido contrário para tentar derrumar a primeira. Os militantes de base já começam a estar fartos destas jogadas e por isso seria importante de uma vez por todas clarificar o posicionamento do partido socialista e não andarmos aqui ao sabor da corrente.
    Quem não se enquadrar nos princípios programáticos defendidos tem de ir dar uma volta, deixar a política, dedicar se a obras sociais ou mudar de partido. Por isso, acho que tenho que dizer basta.
    Nos os militantes de base é que levamos os militantes dirigentes ao colo, sem o nosso apoio eles não seriam nada, eles é que ganham o dinheiro dos cargos e por isso há que definir que partido socialista é que querem. Mais à direita, ao centro ou mais à esquerda.

  11. Finalmente aparece alguém no PS com algum senso. Eu sou apolítico e, só por isso, não sou suspeito. O que quero é que este País seja governado decentemente para que possa sair rapidamente do buraco onde ”os nossos queridos políticos” o colocaram. Já agora gostaria de saber onde é que o Sr. António Costa vai arranjar 1.200 milhões de € só para repor os salários da função pública e as pensões e reformas? Normalmente só poderá ser à custa de mais impostos porque o tempo da Casa da Moeda imprimir dinheiro já há muito acabou. Como somos um País, de e com fé, podemos sempre esperar mais um milagre da multiplicação dos pães só que desta vez será no Largo do Rato.

  12. Não hão-de os proto-fachos do PaF e seus amigos apoiar este bácoro. Se ele levasse a dele avante, estava o Paf como queria: com uma pseudo-oposição a assinar tudo de cruz ou a assobiar para o ar. Para além disso ( isso e era a cereja em cima do bolo para a dupla Vigarista-Irrevogável) o PS “pasokisava-se” e desaparecia em três tempos. O deputado do PS (talvez o Seguro ou o Gama) passava a sentar-se na AR ao lado do extraterrestre do PAN (aquele que está sempre com a mesma ladaínha de que só se pronuncia sobre seja o que for depois de “conhecer” melhor isto ou aquilo, e assim vai passando entre os pingos da chuva). Para o Paf era ouro sobre azul. Claro está, o Costa, macaco velho e matreiro, já percebeu isso. Quanto ao Assis, infiltrado no PS mas sempre a girar na órbita do PSD, não me espanta que os xuxas mais dia menos lhe dêem um chuto naquele traseiro balofo, que até vai de Clio, como aquele que lhe deu um lambadão naquele toutiço uma vez em Felgueiras (outro javardo, claro está, mas eles que fique lá entre eles).

  13. É incrível, como existem pessoas que não entendem que não há margem para experiências, muito menos com um PS a Governar/Desgovernar e BE e PCP a tentar controlar. Com esta confusão que o AC arranjou, o José Seguro foi parar ao hospital (coincidência ou não) foi o que aconteceu. O Jerónimo de Sousa, anda tão entalado que se não falar rebenta. A Catarina Martins, anda tão obcecada em derrubar a PAF, que não olha a meios…No PS já se sabia que existiam pessoas de bem, que não se iriam calar e sujeitar a ditadura de AC. Já falta pouco para saber-mos se há bom senso suficiente no PS.

    • Realmente há pessoal mesmo atrasado. Têm palas nos olhos. Esta porcaria de PAF só fez foi destruir Portugal nestes últimos 4 anos. Esta será a única hipótese que Portugal terá, porque com políticas Neo liberais de direita é o que se vê.
      Abram os olhos que já é dia…

      • Pelos vistos o atrasado e com palas nos olhos ser este senhor.
        Quem nos meteu na “MERDA” não foi o PS com o vosso querido SOCRATES ??

      • Sr. Ruiesteves, realmente é triste ler tal comentário, caso não se lembre desde o 25 de Abril que Portugal têm sido governado maioritariamente por governos do PS, o descalabro começou com M.S passando por Guterres e Sócrates foi a gota de água….. será que acredita mesmo que foi a direita quem a arruinou o País..??

  14. Parabéns Dr. Francisco de Assis. Li o seu artigo no expresso e aplaudo a sua coragem. Só quero acrescentar uma pergunta em nome de meio milhão de portugueses retornados do ultramar: onde vai sr. Costa buscar o dinheiro para nos pagar tudo que deixamos em África por culpa dos comunistas? Um abraço.

  15. Pouco dado a comentários na net, acho que o bom senso foi extravasado. Como é possível que políticos experimentados ( Assis ), tenha a veleidade, de perante uma solução de mudança, seja tão rígido na atitude. Devemos dar oportunidade a novas soluções e escrutinar os resultados. Parece me que o poder está inquinada nos lugares de decisão. É necessário haver mutações, novas pessoas, para que os vícios se dissipem, e de facto haja uma mudança, que promova medidas para uma sociedade mais justa. As assimetrias cada vez são maiores, e não há duvida que o poder financeiro continua a prosperar sem qualquer contemplação. Em jeito de atalho, bastava só que todos os sectores económicos/ industriais tivessem por diapasão o que regulou, nos tempos mais recentes a industria/comercio farmacêutico, que era um autentico, filão de fazer dinheiro em Portugal. O estado se quiser pode regular o equilíbrio entre riqueza e pobreza, na industria e serviços, tributando de forma justa, quem emprega e distribui valor,e quem trabalha, de acordo com os resultados na produtividade e nos lucros. Só um governo com sensibilidade poderá estar atento ás mudanças necessárias para uma distribuição justa. Estejamos abertos a uma mudança para vermos o resultado. ( Assis fora ).Ex: Uma Empresa com 200 trabalhadores com os mesmos lucros duma empresa de 10 trabalhadores não pode ser tributada da mesma maneira. Deve ser atendida a responsabilidade social. Nota: não sou de esquerda.

    • O problema reside na sua própria premissa: “Bom senso”… É que não existe nem bom nem mau senso. O que deveras existe é senso comum. A propósito, mudança pode ser desafiar-me pela ausência de luz ao fundo do túnel! Mas será isto do senso comum?

      • No senso comum cabe tolerância a ideais diferentes. O desafio existe no conceito de modernidade e evolução. A evolução só tem lugar com mudança. Não devemos promover o enquistamento das soluções, em modelos pré estabelecidos. A alternancia existe dentro do quadro duma constituição, e a democracia serve para escrutinar as decisões. O modelo assente na ditadura económica / financeira, estamos a ver está a dar maus resultados, maiores assimetrias, exclusões e o enriquecimento por expediente. Temos que aceitar modelos mais equilibrados que permitam um maior nivelamento, para o bem estar das pessoas. Promover gente nos cargos de decisão que tenham noção da equidade. È completamente inaceitável num Pais com parcos recursos como nosso haja gente com reformas > 5000 euros (maioria delas gente ligada ao estado). Por mim deveriam estabelecer um teto maximo exemplo 2500 Euros independentemente do que descontaram no passado. …

        • Lamentável é que nenhuma evolução está assegurada ou sequer previsível… E
          Por outro lado quem assegura os tais modelos equilibrados e mais nivelamento? Soa a “publicidade” enganosa… Ou “conversa” do vigário

          • Do que se pode avaliar no que diz respeito à ” publicidade “, a constatação do passado e passado recente já nos provou isso mesmo. Neste momento temos que dar o beneficio da dúvida. Com o tempo se verá se existem mudanças ou não. No momento próprio se avaliará o percurso. Cá estaremos para cada um de per si ditar a sua decisão em função dos resultados. Uma coisa é certa o Capital e a especulação financeira tem que levar um abanão. Tem que haver gente que abane os favoritismos e o poder assente em privilégios descabidos. Fugas ao fisco / empresas fantasmas para desvirtuar as suas obrigações para com o estado, Os Bancos é o que se sabe ….. para não me alongar mais. Garagens com coleções milionárias de automéveis e os desgraçados dos empregados a receberem ordenado minimo, para não falar dos Engº a ganharem menos que a minha Empregada Doméstica.Chavões que existem que são conhecidos. È preciso uma mudança. Depois logo se vê. cá estaremos para fazer novas escolhas caso não correspondam. !!! Mais do mesmo é que chega.

        • Caro LAMENTÁVEL. As suas premissas são desde logo insustentáveis na medida em que havendo estroinas cá dentro a gastar por clientelas do grupo e a rodos o óbvio é se tens 100, pedires emprestado 30 e continuares a gastar 130 o quê que estás à espera?
          Não espanta que quem te empresta imponha condições! Por isso, depois de 3 anos de ajustamento nu e cru, o célebre tratado orçamental para o futuro!
          Ora essa! Agora a culpa não é de quem esbanja, de quem vive acima das suas possibilidades! É de quem te empresta para te organizares e poderes dar um novo sentido à tua vida? Estica a perna à medida do lençol! Vive de acordo com as tuas posses e para começar deves evitar os que se endividaram por ti possam chegar a cheirar sequer o poder de novo!

          • Viésv, é preciso que entenda das minhas palavras que há muito estou desacreditado dos políticos. Explicar-lhe isso não será prático neste pequeno espaço. A minha linha de raciocínio vai no sentido de ver para querer, não de defender facções mais ao menos definidas, em que a retórica é lugar comum. Ou esquece -se de quem foi responsável por parte do nosso próprio endividamento publico ? Tem uma origem. Alemanha, quando a crise do subprime 2007 nos estados unidos se instalou, lembra-se quem deu orientações na Europa para os estados se substituírem ao investimento privado que deixou de existir, e assim amenizar, depressão generalizada da Europa e no mundo. Ou você é daqueles que ignora o efeito de crise financeira no mundo desde 2007 que afectou os Paízes mais frágeis e não só, identica á que existiu em 1929 !!! È preciso não ter memória curta.A Alemanha ao promover os empréstimos aos Paizes e o investimento publico na altura, para solução do problema, é dos principais responsáveis pelos desequilíbrios em Portugal e não só. Hoje como se vê, é a principal beneficiária dos garrotes que impuseram na Europa, com os juros que teem de retorno. O acordo catastrófico que foi feito na Europa para porem cá os milhões, está há vista com os deficits de desenvolvimento, que se verificam, onde após 40 anos estamos com indicadores de mais pobreza por um lado, e muitos mais ricos a imergirem de forma ilícita por outro. O estado pode e deve regular isto, criar mecanismos de equidade na distribuição. É preciso banir dos órgãos de decisão gente instalada com clientelismos, e pôr lá outros, e ver o que acontece. Se nada mudar,depois desta experiência diferente,( se vier a acontecer ) então é razão para acreditar que Portugal, não tem solução, e pensarmos que teremos que viver neste Pais num marasmo completo de conformismo da mediocridade, ou então emigrar. Pequenas mudanças necessárias. Diminuição do nº deputados – 50%, Retirar subenções vitalicias a quem já as tem e proibi – las no futuro, taxar severamente quem ganhe no estado ou no setor empresarial do estado + 5000 euros ….. e por aí fora, não sei se isso acontecerá com próximo governo mas É PRECISO MUDANÇA. Verá que mais tarde ou cedo assistirá a uma reformulação, do tratado orçamental no futuro. É impossível a sustentação económica em expor os Paízes de menores índices de desenvolvimento ao atrofíamento a que estamos sujeitos, de obrigação de um ajustamento tão rápido.

  16. Vamos ver quanto tempo duraria um governo fantoche em que o ditador é o Antº Costa com o seu novo sonho molhado de “Secratário Geral PS Über Alles” num partido Socialista que de herdar ideais anti-europeistas e anti-nato do PCP e do Bloco se tornará também este em Nacionalista… ou seja… Socialista, nacionalista, autoritário, revanchista, dogmático que não se importa de tomar iniciativas inconsequentes…ou seja, vai transformar o PS no Partido Nacional Socialista Português em que levanta a mão e todos calam !? Como vai ser se chegar ao poder?! -Um perigo! Foi assim que o Salazar foi subindo…e o Hitler também.

  17. Este Assis já há muito que deveria ter sido corrido do PS. É um ingrato. De apoiante do Seguro passou para o Costa e teve como brinde ir para Bruxelas. Passam mais tempo aqui do que lá. É só dinheiro para esbanjar. Há! , mas carro Clio não se lhe pode dar, pois é uma viatura muito baixa para a sua qualidade…… de parlamentar em Bruxelas. Este senhor não foi aquele que há uns anos levou um murro em Felgueiras??? Pois é, pois é.

    • Desculpar-me-á tocar-lhe na sua ignorância: O Francisco é deputado europeu porque no tempo de José Seguro o PS ganhou as eleições europeias… E isto porque sou um daqueles que não crê em ignorâncias santas.

  18. É bom lembrar que quem pôs o Seguro fora foram os militantes e simpatizantes do PS. quanto ao Assis como grande democrata. Espero que se sujeite ao veredito dos simpatizantes e militantes e depois ver-se-à se tem condicoes para continuar no PS ou não. Lembro que o TACHO do Assis foi conseguido à custa do PS nao foi do PSD, se esta mal, tem a liberdade de preencher a ficha do PSD e mudar-se, agora talvez nao tenha a chance de conrinuar bem na vida porque os tachos para aquelas bandas estao preenchidas e com listas de espera. Este ruido que por aqui vai, na sua grande maioria é feito por gente afeta ao CDS/PSD, nao nos deixemos iludir,

    • Sim. Por militantes que se deixam arrebanhar… E se calhar com gosto pelo rebanho! Quer dizer, sem massa crítica… Se o seguro ganhou 2 eleições por poucochinho o Costa dava uma abada… Sim. Por causa desses tais militantes…

  19. Alguem está a ver a luz, parte dos dirigentes do PS estão equivocados, o Povo está sereno mas não é parvo, se os 3 partidos quiserem tomar o governo pode haver rebelião nas ruas a exigir liberdade e justiça, será que eles, os “3 porquinhos” vão estar preparados? …sinceramente não, quem emigrou vai para mais longe e os poucos que ainda sobrevivem em Portugal podem já não ter forças e ser necessária ajuda humanitária para intervir perante o comunismo ávido por poder. Mas provavelmente, isto não passa de uma estratégia bem montada para afastar os sírios – eles estão muito apreensivos quanto ao seu futuro num hipotético país a deriva comunista e provavelmente fora do euro num curto espaço de tempo. Nem tudo seria mau mas tudo seria péssimo!

  20. Ficção – O futuro(curto prazo) do PS com A.Costa
    (António Costa) Conhecidos os resultados eleitorais de 4 de out., empenhei-me pessoalmente até à última hipótese em alcançar um acordo histórico de governação com o BE e o PCP. Foram infrutíferas as tentativas para que Portugal e a sua democracia pudessem contar num governo do PS com os dois partidos à sua esquerda. Não foi possível porque optaram pela intransigência de princípios ideológicos supostamente quebrados por muros e anseios dos povos na participação activa dos seus próprios destinos, irredutíveis até à última e por isso, dadas as responsabilidades do Partido Socialista na nossa história democrática, e com elevado sentido do interesse nacional, pelos compromissos supra nacionais celebrados, dos quais fomos os primeiros signatários, estou em condições de anunciar que o PS está totalmente disponível para respeitar a Assembleia da República, os grupos parlamentares, a democracia, começando desde logo por aceitar o resultados eleitorais, pelo que vemos na pessoa do líder da coligação Dr. Passos Coelho o primeiro ministro de Portugal que doravante contará com a oposição crítica e responsável assente na desobrigação da disciplina de voto dos deputados do grupo parlamentar do PS. Viva o PS. Viva Portugal.

  21. Extraordinário que, no meio de tantos comentários a dispararem em (quase) todas as direcções, haja uma figura tenebrosa, essa sim, a principal responsável por esta instável situação, que escape incólume.
    cavaco com a coerencia (???) que se lhe reconhece, não se preocupou, este ano, com o OE pronto a 1 de Janº. (o que sempre invocou para não enviar os anteriores OE’s para fiscalização preventiva) e criou este bamburrio pela sua teimosia em não antecipar as eleições. Mesmo sabendo que não poderia dissolver a AR e que esta não poderia ser dissolvida nos 1ºs 6 meses de legislatura. Com o único intuito de proteger e beneficiar os seus e não, como seria exigível, defender os interesses do país

    • …com falinhas mansas e certos alvos passa-se esperteza em vez de sabedoria… Então no meio de um ajustamento querias eleições antecipadas… Pela santa dos afliliados da ponte e dos diabos…

  22. «Qualquer dia querem que o presidente do Grupo Parlamentar do PS ande de Clio quando se desloca em funções oficiais», comentou Assis.

    E quer representar este senhor o socialismo?

  23. Será que só eu cheguei á conclusão que já não há direita nem esquerda?, apenas interesse financeiro próprio, mas uma coisa é certa, este PS, está completamente perdido, e o Assis tem razão, pois é uma vergonha para o PS o que está a acontecer, mas o mais grave e o que importa é o povo mais vulnerável, e esta cambada politica não quer saber o que está a destruir.

  24. Caro LAMENTÁVEL
    Da premissa da desconfiança nos políticos é paradigmático os sucessivos níveis de abstenção que não justifica a ausência de intervenção por cidadania.
    Da premissa “ver para crer”, antes, o levantamento exaustivo, projectar variáveis e extrapolar desenvolvimentos é da competência e do crivo de cada um no exercício de cidadania, sobretudo em sociedades mais exigentes – sem umbigos, ou “expedientes à portuguesa” – contrários a meter na cx do correio cartões de crédito à descrição com montantes a descoberto até automóveis-créditos a perder de vista!
    Da premissa das responsabilidades do n/ endividamento não esqueço que os políticos eleitos têm responsabilidades, para além de serem adultos, do dever de integridade, de competência e honestidade na gestão de dinheiros alheios. Se estás em retracção na maioria dos indicadores económicos, se o investimento e a produção baixa, empresas começam a fechar, desemprego, não te substituas pelo venenoso investimento público!
    De facto o tombo tem uma origem. “Esticar a perna para além do lençol” e depois queichas-te? A Alemanha? Os franceses, italianos, espanhois e outros mais são uns tótós? Desculpar-me-á mas os sobejamente conhecidos efeitos da crise, até às colateralidades da união monetária e do papel do BCE são coisa diferente do controlo orçamental de cada país e o despesismo verificado em alguns deles, não os inibe da maior responsabilidade. Confirmará que não é necessário ir até Merckle perante os “picos da desgraça”
    http://observador.pt/wp-content/uploads/2015/10/grafico_jorge_costa.jpg
    Sou daqueles que conhecem o peso da Alemanha no seio da união mas não acredita na tipificação que faz com cariz definitivo. Os principais responsáveis desde aquele abril pelos picos da desgraça em Portugal são conhecidos e não foram permanentes! O gráfico anterior é elucidativo, fora os garrotes que resultam de ajustamentos que obviamente os credores nos impuseram! A Alemanha? Parece desculpa da “sirização” na Grécia!
    Então não sabe que a maior parte da dívida ‘goza’ de taxas completamente diferentes das iniciais? Não sabe que já fomos a mercado substituir montantes, taxas e maturidades? Não sabe que quem tem mais dinheiro tem mais folga temporal e em situações de crise tem à mercê mais probabilidades de investir e, legitimamente, gerar mais riqueza? De facto “o estado pode e deve regular isto…” desde logo porque compete ao estado o papel regulador não o de empresário. E quanto a “equidades” nem nos impostos, caso contrário o estado não poderia apoiar os mais carenciados quer na educação, na saúde e no combate à pobreza – Aqui sim, não se tratará de possível equidade mas de direito absoluto. De resto menos estado mais regulação mais poder judicial no sentido das garantias do estado de direito porque ideologicamente equidade só no direito à justiça uma vez que o igualitarismo comprovadamente não foi, nem será recomendável, sobra a maior repartição da riqueza refrencial (reserva ao investimento) do sector privado, o verdadeiro motor de qualquer economia, de qualquer país – Não confundo com equidade os reconhecidos desequilíbrios de rendimentos.
    “É preciso banir dos órgãos de decisão gente instalada com clientelismos…” mas “para lá por outros”, é preciso que se estimulem as “consciências” formadas porque informadas decidem melhor o peso do seu voto, ao contrário, apenas “pôr lá outros, e ver o que acontece” isso é parte do problema. É experimentalismo obtuso, porque primeiro acredito em Portugal e em segundo nas soluções que derivam da ética e moral política, logo sem marasmos muito menos conformismos ou mediocridade…
    “Pequenas mudanças necessárias. Diminuição do nº deputados – 50%, Retirar subenções vitalicias a quem já as tem e proibi–las no futuro…”: Se “taxar severamente quem ganhe no estado ou no setor empresarial do estado + 5000 euros…” além de não conseguir integrar no estado gente competente corre o risco de lá ter crâneos de aviário! Diferente seria criar condições não de privilégios de reforma mas sim praticar políticas de vencimentos intermédios utilizadas nas empresas privadas criando assim condições apelativas idênticas em competência, produtividade e dinamismo no sector estal.
    “É PRECISO MUDANÇA”. Os meios devem justificar os fins (não o contrário como A.Costa agora pretende) que podem começar pela reformulação de paradigmas… Sendo o tratado orçamental intocável por ser travão ao que nos levou a 3 “convites” às “troikas” – Se não tens não gastes. Se vives acima das tuas possibilidades, reduz a despesa. Se te endividas paga e não bufes. Ajusta-te, e se precisares de mais sujeita-te às condições, demonstra que queres pagar o que deves. E assim até que te ajustes à realidade!
    Mais…Se és íntegro não te escudes no povo que te deu o poder!

RESPONDER

Friends: regresso da série está em negociações

De acordo com o The Hollywood Reporter, encontram-se a decorrer negociações que podem levar a uma reunião da série intemporal Friends. Este retorno seria um trunfo exclusivo da plataforma HBO Max, que ainda não foi …

NASA rebatiza Ultima Thule. Antigo nome foi associado ao nazismo

O nome do Ultima Thule deu polémica e a NASA decidiu mudá-lo. A controvérsia surgiu pelo nome dado inicialmente ao mundo gelado do Cinturão de Kuiper estar vinculado à ideologia nazi. O anúncio foi feito esta …

Vídeo mostra orcas a perseguirem tubarões-brancos na África do Sul

O tubarão-branco é visto como o maior predador dos oceanos. Mas um novo vídeo mostra que nem este animal está assim tão seguro, sendo na verdade uma presa para outras espécies. De acordo com o Science …

Descoberta a primeira vespa polinizadora da época dos dinossauros

Uma equipa de cientistas encontrou a primeira vespa polinizadora (prosphex anthophilos), que conviveu com dinossauros há cerca de 100 milhões de anos. O animal foi encontrado num fragmento de resina fossilizada em Mianmar, na Birmânia, segundo …

China está a vender drones assassinos ao Médio Oriente

A China está a vender drones capazes de matar automaticamente, sem necessidade de controlo humano. Os seus principais clientes serão a Arábia Saudita e o Paquistão. Segundo o site Defense One, uma empresa chamada Ziyan está …

Aumento da temperatura pode vir a matar 1,5 milhões de indianos por ano

Se as emissões globais de gases de efeito de estufa não forem interrompidas, cerca de 1,5 milhões de indianos podem vir a morrer anualmente até 2100 devido ao aumento das temperaturas. Os números contam de …

O vencedor do Tour de France, Egan Bernal, pode ter beneficiado de uma vantagem genética

O ponto de viragem da Tour de France deste verão ocorreu no alto de uma montanha nos Alpes franceses. Foi o resultado de anos de treinamento e, de acordo com um estudo divulgado na segunda-feira, …

Mina Chang utilizou uma capa falsa da Time no CV e conseguiu chegar ao Governo de Trump

Mina Chang, vice-secretária adjunta do Gabinete de Operações de Conflitos e Estabilização do Departamento de Estado dos Estados Unidos, mentiu no seu currículo para conseguir alcançar um lugar no Governo de Donald Trump. De acordo com …

Jovem norueguesa controla 450 perfis no Instagram para tentar evitar suicídios

Uma norueguesa de 22 controla 450 perfis privados no Instagram para tentar evitar suicídios, conta a emissora britânica BBC, revelando ainda que a jovem recebeu já o apelido de "salva-vidas" devido ao trabalho que leva …

Espanha vai tentar exumar 31 corpos que se encontram no Vale dos Caídos

As autoridades espanholas vão tentar exumar 31 dos milhares de corpos de pessoas enterradas no Vale dos Caídos, um grande mausoléu onde esteve enterrado o ditador Francisco Franco até ao mês passado. Segundo a agência Associated …