Operação Marquês: Ex-secretário de Estado não viu nada estranho na governação de Sócrates

OECD Development Centre / flickr

O ex-secretário de Estado do Tesouro do PS, Carlos Costa Pina

O ex-secretário de Estado do Tesouro Carlos Costa Pina disse não ter visto nada de estranho durante a governação de José Sócrates, no depoimento prestado na fase de instrução da Operação Marquês, segundo fonte ligada ao processo.

Segundo a mesma fonte, Carlos Costa Pina, cujo depoimento foi solicitado pela defesa do ex-primeiro ministro nesta fase processual, abordou vários assuntos desde a Caixa Geral de Depósitos, o TGV, a Operação Pública de Aquisição (OPA) à PT e a venda da Vivo durante as quase quatro horas que esteve no Tribunal Central de Instrução Criminal.

Sobre a nomeação do também arguido Armando Vara para o conselho de administração do banco público em agosto de 2005, o ex-secretário de Estado do Tesouro e Finanças do XVII e XVIII Governos (2005-2011) disse que esta foi da responsabilidade do ministro das Finanças Teixeira dos Santos.

À saída da sessão o advogado do ex-primeiro-ministro Pedro Dellile disse apenas que “valeu a pena e que foi muito útil” o depoimento do atual administrador executivo da Galp.

Para a sessão de quinta-feira está agendado o depoimento de Teixeira dos Santos, antigo ministro das finanças de José Sócrates.

Sócrates está acusado de três crimes de corrupção passiva de titular de cargo político, 16 de branqueamento de capitais, nove de falsificação de documentos e três de fraude fiscal qualificada. Entre outras imputações, o Ministério Público acredita que Sócrates recebeu cerca de 34 milhões de euros, entre 2006 e 2015, a troco de favorecimentos a interesses do ex-banqueiro Ricardo Salgado no Grupo Espírito Santos e na PT, bem como para garantir a concessão de financiamento da CGD ao empreendimento de luxo Vale do Lobo, no Algarve, e por favorecer negócios do Grupo Lena.

Entre os 28 arguidos estão ainda Carlos Santos Silva, Henrique Granadeiro, Zeinal Bava, Armando Vara, Bárbara Vara, Joaquim Barroca, Helder Bataglia, Rui Mão de Ferro e Gonçalo Ferreira, empresas do grupo Lena (Lena SGPS, LEC SGPS e LEC SA) e a sociedade Vale do Lobo Resort Turísticos de Luxo.

// Lusa

PARTILHAR

5 COMENTÁRIOS

  1. Quanto te está a pagar o JS? Alguns portugueses que não estiveram no governo conseguiram ver que as coisas Não estavam Bem e que nitidamente a governamentação do JS foi uma CALAMIDADE a todos os niveis. O sr JS em vez de governar o páis andavam a “vender” Magalhaes… até nisso ele e outrosmetram dinheiro ao bolso e de que maneira. O JS fazia TUDO menos governar, foi dos piores governantes que tivemos a nivel financeiro. Colocaram o país na sarjeta. E da forma que está o defice externo daqui a poucois anos vamos bater no fundo novamente.

  2. Há algumas frases interessantes no nosso rico vocabulário: “assobiar para o lado”, “não estava lá, só fui ver o futebol”, “não era nada comigo”, ” o que é que tenho a ver com as vacas do Inácio? – Não sou da Protetora dos animais”, etc., etc.

  3. ….eh pá…..fizeste-me recordar o Lucidio Batista…….penalties contra o Boifica….era cegeta de todo……não via um sequer!!

RESPONDER

A partir de novembro, EUA passam a permitir entrada de estrangeiros totalmente vacinados

A partir do início de novembro, os Estados Unidos passam a permitir a entrada de viajantes da União Europeia (UE) e do Reino Unido, desde que estejam totalmente vacinados. Os Estados Unidos vão reduzir as restrições …

Talibãs mandam funcionárias do governo de Cabul ficar em casa

As funcionárias do governo de Cabul devem ficar em casa. A única exceção aplica-se às trabalhadoras cujos cargos não podem ser desempenhados por homens. Só as mulheres "que não podem ser substituídas por homens" podem regressar …

"Tatatatatatata." A bazuca de Costa é, afinal, uma "metralhadora" que dispara de rajada

Rui Rio considera que António Costa devia chamar a bazuca de metralhadora, porque o primeiro-ministro "dispara de rajada" promessas. "HK21 tem fita, carrega-se, e aquilo dispara tatatatatatata." O presidente do PSD, Rui Rio, ironizou esta segunda-feira …

Campanha alerta população sobre cancros de sangue e apela para informação

Uma campanha para quebrar o silêncio sobre os cancros do sangue e alertar para a importância do diagnóstico precoce está nas ruas até final de setembro, lembrando que é essencial estar atento a sintomas e …

Pfizer diz que vacina é "segura" para crianças dos cinco aos 11 anos

A Pfizer/BioNTech anunciaram, esta segunda-feira, que a vacina é segura e parece gerar uma resposta imunitária robusta nas crianças dos cinco aos 11 anos. Depois de um estudo com 2.268 participantes, a Pfizer/BioNTech anunciaram que a …

PS e CDS na Madeira desencontrados, PSD e Bloco continuam no Norte

No arranque da segunda semana de campanha para as autárquicas, os líderes do PS e do CDS-PP apostam na Madeira mas com horários desencontrados, enquanto BE e PSD continuam a norte, e PAN e PCP …

Confronto entre EUA e China é "perigoso para o mundo", alerta Guterres

O secretário-geral da Organização das Nações Unidas (ONU) afirmou no domingo que um confronto entre os Estados Unidos (EUA) e a China é "perigoso para o mundo" e que, apesar das diferenças, há áreas onde …

Portugal recebeu no domingo grupo de 80 afegãos

Portugal recebeu no domingo 80 afegãos, na maioria atletas da equipa de futebol feminino e seus agregados familiares, elevando para 178 o total de cidadãos acolhidos após a emergência humanitária no Afeganistão, anunciou esta segunda-feira …

Inspeção obrigatória das motas começa em janeiro de 2022

Quase dez anos depois de a medida ter sido aprovada pelo Governo, a inspeção obrigatória de motas com mais de 125 cc vai arrancar em janeiro de 2022. Jorge Delgado, secretário de Estado das Infraestruturas, referiu …

André Ventura - Chega

Ventura diz que PSD está "igual" ao PS - e desafia Rio a justificar atraso no interior

O líder do Chega, André Ventura, manifestou-se hoje preocupado com o panorama político à direita, observando que o PSD está “igual” ao PS e acusando ambos os partidos de terem abandonado o interior do país. “Estou …