Espanha vence República Checa com golo de Piqué nos últimos minutos

Vassil Donev / EPA

-

Um golo do central Piqué, o futebolista que ‘virou moda’ os espanhóis assobiarem, valeu hoje à bicampeã em título Espanha uma entrada a ganhar (1-0) no Euro 2016, face a uma complicada República Checa, em Toulouse.

A formação comandada por Vicente Del Bosque dominou o encontro, mas não se livrou de uns sustos e só chegou ao triunfo aos 87 minutos, com Piqué, qual ponta de lança, a aparecer na pequena área e a marcar de cabeça, após centro de Iniesta.

Antes, os espanhóis construíram uma série de ocasiões, mais ou menos perigosas, mas por falta de pontaria ou mérito dos checos, nomeadamente do guarda-redes Petr Cech e dos centrais Sivok e Hubnik, o seu golo foi sendo adiado.

Por seu lado, os checos, embora sempre mais defensivos, também tiveram as suas hipóteses de marcar, mas não as souberam aproveitar e acabaram por pagar o recuo final, quando terão começado a pensar que um ponto já seria muito bom.

Com este triunfo, a Espanha igualou a Croácia (1-0 à Turquia, no domingo) na liderança do Grupo C, ao mesmo tempo que somou o 13.º encontro em Europeus sem perder (10 vitórias e três empates), depois do desaire com Portugal por 1-0 na fase de grupos do Euro2004 – marcou Nuno Gomes, a 20 de junho.

Os checos entraram personalizados, a dividir o encontro e a jogar no meio campo contrário, conseguindo dois cantos e outros tantos livres perigosos, mas sem incomodar o guarda-redes De Gea, que relegou Casillas para o banco.

A partir dos 15 minutos, a Espanha assumiu, porém, o comando e começou a somar oportunidades, mas Cech deteve os remates de Morata (16), Alba (40) e David Silva (41), enquanto Nolito (35), Busquets (37) e Iniesta (39) falharam o alvo.

Por seu lado, o ‘onze’ de Pavel Vrba limitou-se, praticamente, a defender, para criar a sua única ocasião perigosa aos 45 minutos, com Necid a surgir solto à entrada da área, mas a atirar para defesa fácil de De Gea.

A Espanha entrou ‘furiosa’ na segunda metade e poderia ter marcado nos instantes iniciais, com Hubnik a desviar para o poste esquerdo um centro de Morata e, nos cantos que se seguiram, Nolito e Sergio Ramos a acertarem na ‘muralha’.

O ‘susto’ não intimidou os checos, que reagiram e criaram duas grandes ocasiões, ambas de bola parada: após livre de Krejci, Hubnik, sozinho, atirou fraco (57 minutos), e, na sequência de um canto à maneira curta, Cesc salvou sobre a linha um cabeceamento de Gebre Selassie (65).

Com a República Checa mais atrevida, o jogo tornou-se um pouco mais aberto e, aos 73 minutos, a Espanha, já com Aduriz e Thiago Alcántara em vez de Morata e Cesc, voltou a criar boa oportunidade, mas David Silva, em dia de 100.ª internacionalização, não acertou na baliza.

Na parte final, ‘La Roja’ voltou a instalar-se perto da área contrária, perante uns checos aparentemente satisfeitos com o empate e, aos 80 minutos, Nolito isolou Thiago, mas este perdeu muito tempo e Limbersky desarmou-o.

A insistência dos espanhóis acabou, porém, por dar frutos, aos 87 minutos: após uma sucessão de passes, Pedro Rodríguez, a última aposta de Del Bosque, lançou Iniesta na esquerda e este centrou para Piqué faturar de cabeça.

Os checos ainda tiveram uma oportunidade para restabelecer a igualdade, aos 90+2 minutos, mas o remate de Darida encontrou os punhos de De Gea e o jogo terminou pouco depois.

Programa da jornada:

Sexta-feira, 10 de Junho de 2016
França – Roménia, 2 – 1

Sábado, 11 de Junho de 2016
Albânia – Suíça, 0 – 1
País de Gales – Eslováquia, 2 – 1
Inglaterra – Rússia, 1 – 1

Domingo, 12 de Junho de 2016
Turquia – Croácia, 0-1
Polónia – Irlanda do Norte, 1-0
Alemanha – Ucrânia, 2-o

Segunda-feira, 13 de Junho de 2016
Espanha – Rep. Checa, 1-0
Rep. Irlanda – Suécia, 1-1
Bélgica – Itália, 0-2

Terça-feira, 14 de Junho de 2016
Áustria – Hungria, 17:00
Portugal – Islândia, 20:00

Futebol 365

PARTILHAR

RESPONDER

Novo ano letivo marcado pelo recorde de pedidos de bolsas de estudo no superior

Número crescente de alunos e perda de rendimentos das famílias são duas das razões apontadas para os pedidos recorde. O ano letivo 2021/22 ainda agora arrancou, mas já está a bater recordes no que respeita aos …

Urgências em Lisboa estão cheias. Situação pode piorar nas próximas semanas

As urgências do Hospital de Santa Maria, em Lisboa, e do Hospital Beatriz Ângelo, em Loures, estão em situação crítica, com tempos de espera elevados. A situação de calamidade multiplica-se em vários hospitais do país, de …

Portugal já tem 86% da população totalmente vacinada contra a covid-19

A vacinação completa contra a covid-19 abrange já 86% da população portuguesa e são já mais de nove milhões de pessoas as que têm pelo menos uma dose da vacina, de acordo com os dados …

Direção do CDS desautoriza Telmo Correia e defende eleições "o mais brevemente possível"

A direção do CDS-PP não gostou de ouvir o líder parlamentar dizer que a melhor altura para realizar eleições legislativas seria no final de janeiro ou fevereiro. Depois de uma reunião com o presidente da Assembleia …

Órban e Le Pen apoiam a Polónia e criticam "imperialismo" da UE

O primeiro-ministro húngaro, Viktor Órban, e a líder da União Nacional (RN, na sigla em francês), Marine Le Pen, manifestaram esta terça-feira apoio à Polónia no conflito que mantém com a UE, a qual acusam …

Após goleada frente ao Bodø/Glimt, Mourinho põe de lado quatro jogadores

Em duas convocatórias consecutivas, José Mourinho deixou de fora quatro futebolistas que participaram na derrota por 6-1 frente ao Bodø/Glimt. Naquela que foi a maior derrota de sempre da carreira de José Mourinho, o Tottenham perdeu …

O que cai e o que fica: as medidas que o chumbo do OE deita por terra e as que permanecem

O grosso das medidas previstas na proposta de Orçamento do Estado para 2022 não deverá sair do papel. As aprovadas em Conselho de Ministros, por sua vez, manter-se-ão viáveis, já foram discutidas fora da sede …

Truque permite que o Orçamento não seja votado esta quarta-feira

Há um mecanismo que, se for acionado, permite que o Orçamento do Estado para 2022 sobreviva mesmo que não seja votado. O Orçamento do Estado para 2022 pode baixar à comissão sem votação. Este mecanismo, nunca …

Conceição reconhece supremacia do Santa Clara e admite culpa na derrota

O treinador do FC Porto, Sérgio Conceição, reconheceu que o Santa Clara foi superior e diz-se culpado pela derrota pesada que deixa o clube fora da Taça da Liga. O FC Porto está fora da Taça …

"Vechtpartij", quadro de Jan Steen.

Antigos jogos de bebida acabavam em vinho derramado e esfaqueamentos

Hoje vistos como jogos de diversão para jovens, na antiguidade, os drinking games (jogos de bebida) eram comuns em toda a sociedade — e, por vezes, terminavam mal. O kottabos era um antigo jogo de bebida …