/

Alemanha estreia-se no Euro com triunfo sobre a Ucrânia

Mohamed Messara / EPA

-

A campeão mundial Alemanha venceu a Ucrânia, por 2-0, com golos de Shkodran Mustafi e Bastian Schweinsteiger, que necessitou de apenas dois minutos em campo para marcar, em jogo da ronda inaugural do grupo C do Euro2016 de futebol.

Mustafi, aos 19 minutos, colocou a seleção alemã em vantagem, mas o golo da confirmação só surgiu pelo recém-entrado Bastian Schweinsteiger, aos 90+2. A Ucrânia teve um enorme Manuel Neuer como obstáculo e pecou pelo desperdício das oportunidades criadas.

Com este triunfo, a Alemanha assume a liderança do grupo C, de parceria com a Polónia, ambas com três pontos, que no primeiro encontro da jornada venceu a Irlanda do Norte, por 1-0.

O avançado alemão Mário Götze, aos quatro minutos, puxou dos galões que ostenta de marcador do golo decisivo na final do Mundial do Brasil2014, frente à Argentina, e rematou com intenção à baliza da Ucrânia, mas o remate foi intercetado.

Ao primeiro remate da Alemanha, respondeu a seleção ucraniana com uma situação flagrante de golo, mas o remate de Yevhen Konoplyanka foi desviado para canto em voo por Manuel Neuer, naquele que foi o primeiro grande momento do jogo.

Os campeões do mundo pegaram em seguida no jogo e, aos 14 minutos, após cruzamento de Julian Draxler, Thomas Muller solicita a entrada de Jonas Hector que, livre na área, falha a baliza ucraniana.

Na sequência de um livre tenso cobrado por Toni Kroos, a Alemanha chegou à vantagem através de um golo marcado de cabeça por Shkodran Mustafi (1-0), aos 19 minutos, que fez a bola entrar no ângulo e fora do alcance do guarda-redes Andriy Pyatov.

À posse de bola e iniciativa da seleção germânica respondia a Ucrânia através de lances rápidos de contra-ataque e aos 27 minutos, na sequência de um canto, Manuel Nuer voltou a brilhar ao corresponder a um cabeceamento de Khacheridi.

Khedira, aos 31 minutos, teve nos pés a possibilidade de dilatar a vantagem, mas o guarda-redes ucraniano Andriy Pyatov não o permitiu, e aos 38 foi a fez de Boateng substituir Manuel Neuer em cima da linha de baliza e evitar o empate, que seria um seu autogolo.

Ainda antes do intervalo, numa jogada que parecia perdida na área ucraniana, foi Tomas Muller, livre de marcação, que rematou sem nexo e sem direção, desperdiçando mais uma ocasião para elevar a vantagem.

A segunda parte principiou praticamente com o guarda-redes ucraniano Andriy Pyatov a negar o golo a Julian Draxler, aos 49 minutos, e com Toni Kroos, aos 53, a tentar a sorte de longe e ainda a ver a bola embater no ferro da baliza.

A Ucrânia percebeu que a Alemanha regressou do intervalo com indicações para aumentar a vantagem, mas deu de imediato sinal de que o jogo desenrolava-se nos dois sentidos e Rakitskiy, aos 58 minutos, obrigou Neuer a nova estirada para ceder canto.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Numa altura em que a resistência ucraniana começava a abrir brechas, Khedira, aos 62 minutos, voltou a ver um remate seu defendido em esforço por Pyatov e, aos 69, foi a vez de Draxler cabecear com perigo, mas ao lado, após cruzamento de Howedes.

O guarda-redes ucraniano Andriy Pyatov ainda ganhou nos duelos com Mário Götze, aos 75 minutos, Muller, aos 76, e Mesut Ozill, aos 88, e só perdeu para Bastian Schweinsteiger, que elevou a vantagem da Alemanha, aos 90+2, com apenas dois minutos em campo.

Programa da jornada:

Sexta-feira, 10 de Junho de 2016
França – Roménia, 2 – 1

Sábado, 11 de Junho de 2016
Albânia – Suíça, 0 – 1
País de Gales – Eslováquia, 2 – 1
Inglaterra – Rússia, 1 – 1

Domingo, 12 de Junho de 2016
Turquia – Croácia, 0-1
Polónia – Irlanda do Norte, 1-0
Alemanha – Ucrânia, 2-o

Segunda-feira, 13 de Junho de 2016
Espanha – Rep. Checa, 1-0
Rep. Irlanda – Suécia, 1-1
Bélgica – Itália, 0-2

Terça-feira, 14 de Junho de 2016
Áustria – Hungria, 17:00
Portugal – Islândia, 20:00

Futebol 365

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE