Demitir a DGS? “No meio das batalhas não se mudam os generais”

António Cotrim / Lusa

Esta quarta-feira, durante o debate quinzenal, na Assembleia da República, discutiu-se como é que o Governo vai dar resposta ao surto do novo coronavírus Covid-19, que já fez oito infetados em território nacional.

António Costa, que recentemente visitou o Hospital de São João, no Porto, onde se encontram alguns dos infetados, afirmou que “tudo tem sido feito” para garantir “uma resposta adequada” e para assegurar que o país se prepara “o melhor possível para enfrentar esta epidemia”.

O primeiro-ministro lembrou que já foram ativados quatro hospitais de segunda linha e disse haver seis hospitais “em estado de prontidão”. “Estão a ser identificadas cerca de 2000 camas de isolamento que podem ser disponibilizadas, 300 das quais em cuidados intensivos”, disse, citado pelo jornal Público.

Consciente do impacto que esta epidemia vai ter na economia, o governante anunciou uma linha de crédito para apoio de tesouraria a empresas afetadas, caso seja necessário, no valor inicial de 100 milhões de euros.

Costa sublinhou que o ministro de Estado, da Economia e da Transição Digital já se reuniu “com as principais associações empresariais para fazer um ponto de situação e procurar formas de minimizar os efeitos desta epidemia”.

Num outro plano, o primeiro-ministro destacou a necessidade de “salvaguardar os direitos laborais daqueles que, por razões de saúde pública, não possam comparecer nos respetivos locais de trabalho, por decisão de uma autoridade de saúde pública, continuando a receber o seu salário por inteiro, tanto no setor público, como no setor privado”.

Sobre a revisão constitucional para consagrar o internamento obrigatório, proposta apresentada pelo deputado único do Chega, André Ventura, o chefe do Executivo defendeu que “todas as medidas devem sempre observar o princípio da proporcionalidade, sendo adotadas de forma gradual e apenas em caso de necessidade”. “O pior vírus é mesmo o do alarme social”, lembrou Costa durante a sua intervenção no debate.

O mesmo deputado perguntou ao primeiro-ministro se retirava a confiança à diretora-geral da Saúde, Graça Freitas, que, recentemente, admitiu um cenário de um milhão de infetados em Portugal, mas depois veio negar.

“Não se trata da minha diretora-geral de Saúde, mas a da República portuguesa. Estamos no risco de uma pandemia e no meio das batalhas não se mudam os generais. Em momentos como este, travam-se as batalhas e vencem-se as batalhas e é isso que faremos com a senhora diretora-geral da Saúde”, disse Costa, citado pelo jornal Expresso.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. E o Ventura já se demitiu por mentir à descarada e de fazer exactamente o contrário do que prometeu em campanha?!
    O “artista” é advogado, consultor, comentador da CTMV e, nos tempos livres, deputado!!!
    Um verdadeiro artista…
    “André Ventura e a arte de gozar com a cara do eleitorado do Chega”
    facebook.com/chegadeventura/videos/2225205857786052/

  2. Ainda bem que vozes de burro não chegam ao céu! Essas pessoas que estão a dar o corpo ao manifesto. ministros responsáveis, médicos, enfermeiros e pessoal que trabalha todos os dias na área da saúde, precisam que burros se calem, pelo menos nestas horas difíceis. Todos eles precisam de animo, coragem e o nosso reconhecimento. Desmotivação não! A todos eles OBRIGADA. Confiarei!

RESPONDER

Nove anos de prisão efetiva para a mãe que abandonou bebé no contentor do lixo

A mulher que abandonou o filho recém-nascido num caixote do lixo na zona de Santa Apolónia, em Lisboa, em novembro de 2019, foi esta quarta-feira condenada a nove anos de prisão efetiva, por tentativa de …

Mais 16 mortes e 2.535 novos casos. País vive "momento grande preocupação"

Portugal contabiliza esta quarta-feira mais 16 mortos relacionados com a covid-19 e 2.535 casos confirmados de infeção com o novo coronavírus, segundo o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). De acordo com o boletim hoje …

"Falso histórico". Depois do Ambiente, Cultura chumba palácio de Berardo na Arrábida

Depois do Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF), a Direção Geral do Património Cultural (DGPC) chumbou as obras ilegais levadas a cabo pela Bacalhôa Vinhos de Portugal, empresa de Joe Berardo. Há cerca …

Hotelaria quer testes covid-19 gratuitos para o setor (e TAP à escala do turismo nacional)

A Associação da Hotelaria, Restauração e Similares de Portugal (AHRESP) defendeu esta terça-feira que o Estado deve disponibilizar gratuitamente testes covid-19 a empresas que lidam diretamente com o público, como é o caso dos trabalhadores …

NASA aterrou por breves segundos no Bennu (e recolheu uma amostra) a 320 milhões de quilómetros da Terra

A aeronave OSIRIS-REx da NASA aterrou, esta terça-feira, por breves segundos na superfície do asteroide Bennu. A missão, que teve como objetivo a colheita de uma amostra de entulho solto, está em andamento desde 2004 …

Autoridade da Concorrência dá "luz verde" a reforço do controlo estatal da TAP

A Autoridade da Concorrência (AdC) deu "luz verde" ao reforço do Estado na TAP, com a aquisição de 22,5% do capital da companhia, que se somam aos 50% já detidos pela Parpública. O Conselho da AdC …

Centeno apela a uma utilização "sensata" da bazuca europeia

Mário Centeno, Governador do Banco de Portugal, disse ao FMI que apenas os  investimentos que forem produtivos irão assegurar que a dívida com que os estados se encontram não se transforme numa nova crise financeira. De …

Ministros selam acordo sobre reforma da Política Agrícola Comum

Os ministros da Agricultura da União Europeia chegaram a acordo sobre a reforma da Política Agrícola Comum (PAC). Seguem-se agora as negociações com o Parlamento Europeu. Os ministros da Agricultura da União Europeia chegaram esta quarta-feira …

Só 17% dos portugueses diz que abertura das escolas correu mal (e maioria quer teletrabalho obrigatório)

Uma sondagem da Intercampus feita para o Jornal de Negócios e Correio da Manhã revela que, cerca de um mês depois da reabertura das escolas, 42% dos portugueses entendem que o processo “decorreu de forma …

Espanha vai tornar máscaras mais baratas graças a Portugal

Espanha vai reduzir o preço das máscaras após um cidadão espanhol ter despoletado a discussão após comparar com o preço em Portugal. Uma única máscara em Espanha chegava aos 96 cêntimos. Em Espanha, uma máscara pode …