Costa diz que retirar estado de emergência seria dar “sinal errado ao país”

Hugo Delgado / Lusa

O primeiro-ministro considerou, esta sexta-feira, que retirar o estado de emergência seria dar “um sinal errado ao país”, e salientou que os dias em que a circulação está restrita, durante a Páscoa, “vão ser muitíssimo importantes”.

Em entrevista ao programa Você na Tv, na TVI, António Costa afirmou que “seria dar um sinal errado ao país retirar o estado de emergência”.

“Ainda não podemos começar a aliviar as medidas de contenção, pelo contrário”, assinalou o primeiro-ministro, apontando que “este é o momento mais difícil” porque a “fadiga vai-se acumulando”, mas é preciso não perder o foco.

Na ótica de António Costa, a “época da Páscoa é crítica” e os cinco dias em que a circulação entre concelhos está restrita (entre quinta-feira e segunda-feira) “vão ser muitíssimo importantes”.

“Fundamental é sermos muito contidos, muito disciplinados” nas medidas de contenção da pandemia de covid-19, para ser possível antecipar o levantamento dos constrangimentos decretados pelo Governo, apontou.

As declarações do primeiro-ministro acontecem no mesmo dia em que o Presidente da República anunciou que vai propor renovar, novamente, o estado de emergência, desta vez até ao dia 1 de maio.

“Está formada a minha convicção quanto à renovação do estado de emergência até ao dia 1 de maio. Não podemos brincar em serviço, não podemos afrouxar”, disse Marcelo Rebelo de Sousa.

António Costa advogou também que acredita que “seguramente vai surgir” uma nova vaga de covid-19 no inverno.

O chefe de Governo indicou igualmente que ainda não foi testado à doença por não ter sintomas e não ter estado em contacto com pessoas de risco.

Afirmando que “é verdade” que faltam testes, o primeiro-ministro justificou que essa carência acontece porque “não existem à escala global” testes suficientes para serem adquiridos pelos países, sendo que o mesmo acontece com as zaragatoas e os reagentes, por exemplo.

“Nada estava produzido à escala global para uma pandemia desta dimensão”, acrescentou, salientando que Portugal entrou na mesma “luta em que todo o mundo está para conseguir comprar” estes materiais.

Por isso, rejeitou “alimentar essa polémica entre aquilo que é essencial ter, o que é necessário ter e o que as pessoas julgam que têm de ter”.

Quanto aos ventiladores, os que estão a ser adquiridos vão “permitir duplicar” a capacidade atual do Serviço Nacional de Saúde, garantiu.

Questionado sobre a forma como cumprimentou o ministro da Educação na quinta-feira, com um aperto de mão, António Costa admitiu que foi “uma falha”, mas considerou que isso só demonstra que é humano.

Portugal regista 435 mortos associados à covid-19 e 15.472 infetados, indicou o boletim epidemiológico divulgado pela Direção-Geral da Saúde (DGS).

ZAP ZAP // Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Sinceramente não sei como é que a presidência da República, o governo, e os partidos que estão na Assembleia da República (AR), terão coragem para olhar de frente os cidadãos Portugueses após a imposição das infundadas medidas de estado de emergência, cordão sanitário, isolamento social, distanciamento social, e quarentena.

RESPONDER

Justiça chinesa obriga homem a indemnizar ex-mulher pelas tarefas domésticas

A justiça chinesa obrigou um homem a indemnizar a ex-mulher como "compensação" pelas tarefas domésticas realizadas durante os cinco anos de casamento. Segundo o Código Civil da China, que entrou em vigor este ano, os cônjuges …

Reclusos do Arizona ficaram presos após datas de libertação. A culpa foi de um bug do software

Uma falha na atualização do software de gestão de prisões manteve centenas de pessoas encarceradas no estado norte-americano do Arizona durante mais tempo do que deveriam. De acordo com o relato de um denunciante, citado pela …

"Dia histórico". Espanha remove a última estátua pública do ditador Franco

A última estátua pública do ditador Francisco Franco foi removida de Melilla. A cidade situa-se na costa noroeste de África, mas está sob a soberania espanhola desde o século XVII. Na terça-feira, um grupo de trabalhadores …

Governo altera excecionalmente limite de idade para tratamentos de fertilidade

O Governo está a rever a norma para alterar, de forma excecional, o limite de idade das mulheres que querem aceder aos tratamentos de fertilidade no setor público. Na segunda-feira, o Jornal de Notícias tinha avançado …

Gana é o primeiro país a receber vacinas financiadas pelo Covax

O programa Covax já começou a fornecer as primeiras remessas de vacinas contra a covid-19. O Gana foi o primeiro país a receber doses. Gana deve receber o primeiro lote de vacinas contra o SARS CoV-2, …

"Como produtos de exportação". Filipinas querem trocar os seus enfermeiros por vacinas da Europa

As Filipinas estão a pedir ao Reino Unido e à Alemanha que forneçam centenas de milhares de vacinas contra a covid-19 em troca do envio de enfermeiros filipinos para ajudar na linha de frente da …

Despacho da ACT limita capacidade de intervenção dos inspetores do trabalho

Um despacho assinado pela inspetora-geral da Autoridade para as Condições do Trabalho (ACT) está a limitar a capacidade de intervenção dos inspetores. A notícia é avançada esta quarta-feira pelo Jornal de Negócios, que escreve que o …

Só muda o preâmbulo. Decreto do novo estado de emergência já seguiu para o Parlamento

O novo decreto do estado de emergência já seguiu para o Parlamento. Marcelo Rebelo de Sousa só mudou o preâmbulo do documento. O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, publicou esta quarta-feira o decreto do …

Governo já está a desenhar um plano de desconfinamento. Rio quer desconfinar por regiões ou concelhos

Depois de uma primeira ronda de audiências, onde anunciou que o decreto do novo estado de emergência será igual ao da última quinzena, Marcelo Rebelo de Sousa recebeu, esta quarta-feira, o Bloco de Esquerda, o …

Serviços de inteligência desvalorizaram ameaça de invasão ao Capitólio

Os serviços de inteligência dos Estados Unidos subestimaram o perigo de invasão ao Capitólio, admitiram vários responsáveis durante uma audiência no Senado, realizada esta terça-feira. Depois da absolvição do antigo Presidente dos Estados Unidos, que estava …