“Não podemos brincar em serviço”. Marcelo convicto na renovação do estado de emergência até 1 de maio

Mário Cruz / Lusa

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, anunciou que vai renovar novamente o estado de emergência até ao dia 1 de maio.

Apesar de ainda faltar ouvir os especialistas de saúde pública e o Governo, o Presidente da República está convicto sobre o que vai propor em relação ao estado de emergência em Portugal.

“Está formada a minha convicção quanto à renovação do estado de emergência até ao dia 1 de maio. Não podemos brincar em serviço, não podemos afrouxar”, disse, em comunicação ao país.

No dia em que o número de infetados e mortos por causa do coronavírus registou uma evolução menos positiva do que nos dias anteriores, Marcelo Rebelo de Sousa baixou as expectativas sobre a saída do estado de emergência e alertou parar os riscos que ainda existem.

“Avisei que os portugueses deveriam estar preparados para o número de casos subir. Preparei os portugueses para essa eventualidade. O número de hoje representa como quase que uma duplicação do número dos últimos dias. Significa que temos de estar muito focados num combate que não está totalmente ganho. Por isso é que o esforço desta Páscoa é tão importante, disse.

O Presidente da República deixou apoio à proposta apresentada pelo Governo sobre as medidas para o término do ano letivo. “Não há propostas perfeitas nestas circunstâncias, não há como ter uma recuperação integral do tempo perdido, evitar desigualdades entre crianças e famílias, não há como encontrar a melhor forma de avaliação da matéria à medida do que seria normal num ano letivo normal. O que se encontrou foi a solução possível e no meio de muitas incertezas.”

Em relação ao acordo a que chegou o Eurogrupo na quinta-feira, Marcelo disse que “ainda bem que existiu. 4.600 milhões de euros no caso português. É uma ajuda, mas é um começo, a Europa tem a obrigação de ir mais longe no futuro. Fez isto, que é curto, antes ter feito do que não ter feito, mas é preciso olhar para a reconstrução europeia”.

O boletim diário da Direção-Geral de Saúde (DGS) desta sexta-feira revela que Portugal tem 435 mortos e 15.472 infetados devido à pandemia provocada pela covid-19.

ZAP //

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. As declarações do presidente Sousa não possuem qualquer fundamento pois as medidas de estado de emergência, isolamento social, distanciamento social, quarentena, são amplamente refutadas pela comunidade médica e científica a nível internacional, não sendo compreensível o silêncio cúmplice desses sectores em Portugal que são assim coniventes com a prisão domiciliária que foi imposta aos cidadãos.

    Nunca ao longo da história se procedeu ao isolamento da população saudável para combater uma doença; isso vai contra as leis da ciência, da medicina, da matemática, e da natureza.

    Por muito que custe à presidência da República, ao governo, e aos partidos que se encontram na Assembleia da República (AR), não estamos na Idade Média, e uma crise económica não se supera com recolheres obrigatórios mas sim chamando os cidadãos a colaborar na resolução da mesma como verdadeiros patriotas orgulhosos da República que são e do país que é Portugal.

    • Mais uma pérola do maior alucinado que tem aparecido por aqui!…
      Tu nem sequer percebes o que se passa à tua volta, quanto mais o que comunidade científica diz…

    • Há gente que realmente mete medo, seja por serem ignorantes ou tomar os outros por parvos !…..Este tipo de comentário, da autoria do Ilustre Figueiredo, revela o que de pior pode haver num individuo, ou seja pura e simplesmente negar a realidade. Desculpe Sr. Figueiredo, mas visivelmente não parece estar consciente do que afirma. Ou foi o Bolsonaro que o influenciou ????…só lhe desejo uma coisa simples de minha parte, que não venha a ser um Dia vitima deste inimigo invisível ! Boa Pascoa !

  2. E quando chegar 1 de Maio, irá renovar novamente ? Se continuar assim será renovado até 2021. Enquanto isso o povo perde todas as liberdades individuais. Maravilha de solução.

RESPONDER

"Não haverá acordo" se Londres não respeitar compromissos, avisa Michel Barnier

O negociador europeu para a saída do Reino Unido da União Europeia (UE), Michel Barnier, sublinhou no domingo que "o tempo urge", avisando que não haverá acordo se Londres permanecer nas posições anteriores. "O Reino Unido …

Ex-Benfica Garay acusa Valência de "campanha difamatória"

Ezequiel Garay acusou o Valência de levar a cabo uma "campanha difamatória" contra si. "Dói ver estas coisas quando estão a prejudicar os que amas", disse o argentino. O ex-jogador do SL Benfica Ezequiel Garay cumpre …

O maior salto em cinco anos. Dívida pública atingiu recorde em abril

A dívida pública aumentou para 262,1 mil milhões de euros em abril, o valor mais alto desde 1995, segundo os dados divulgados pelo Banco de Portugal. A dívida pública aumentou para o valor recorde de 262,1 …

Diabéticos e hipertensos. PSD quer debater alteração que retirou estes doentes de regime excecional

O PSD pediu a apreciação parlamentar do decreto-lei que retirou doentes hipertensos e diabéticos do regime excecional de proteção relativo à covid-19. A apreciação parlamentar permite que a Assembleia da República debata, altere e, no limite, …

Norte sem contágios por covid-19. Grande Lisboa regista 96,5% dos novos casos

Portugal regista hoje 1.424 mortes relacionadas com a covid-19, mais 14 do que no domingo, e 32.700 infectados, mais 200, segundo o boletim da Direcção-Geral de Saúde (DGS). 193 dos novos casos são na área …

Aviões deixam de ter lotação reduzida a partir desta segunda-feira

Os aviões deixam, a partir desta segunda-feira, de ter a lotação de passageiros reduzida a dois terços, mas o uso de máscara comunitária é obrigatório. O Governo alinhou, assim, as regras nacionais pelas regras europeias no …

Marcelo pede que não se passe do "8 para o 80" e alerta para imagem do país

O Presidente da República reiterou hoje o apelo à população para que não se passe “do 8 para o 80” nas medidas de prevenção da covid-19, alertando para os riscos da imagem do país “cá …

Só metade das crianças deverá voltar ao pré-escolar esta segunda-feira

As crianças em idade pré-escolar regressam esta segunda-feira aos jardins de infância, que voltam a funcionar com novas regras, depois de encerradas durante mais de dois meses, devido à pandemia da covid-19. Apesar do regresso, que …

Dois astronautas (e um dinossauro de peluche) chegaram à EEI à boleia da SpaceX

Para além dos astronautas Doug Hurley e Bob Behnken, seguia a bordo da Crew Dragon um dinossauro de peluche com lantejoulas. E há uma explicação para isso. Este sábado, o foguetão Falcon 9, da SpaceX, fez …

Pescadores já podem capturar sardinha, mas recuo no consumo é uma preocupação

Os pescadores voltam a poder capturar sardinha, a partir desta segunda-feira, e até 31 de julho, com limites diários e semanais, segundo um despacho publicado em Diário da República. De acordo com o diploma, assinado pelo …