Costa pode congelar salários da Função Pública

Fernando Veludo / Lusa

O primeiro-ministro, António Costa

O governo insiste que não há Plano B com mais austeridade, mas entre as garantias às autoridades europeias, para evitar as sanções, apresenta o congelamento de salários na Função Pública, em 2017, como uma das “almofadas financeiras” para conseguir cumprir as metas orçamentais.

Entre as garantias apresentadas a Bruxelas, para evitar as sanções, outra das “almofadas” são cativações de 346,2 milhões de euros (cerca de 0,2% do PIB) de despesa que serviriam para reforçar os orçamentos dos serviços públicos e que assim serão aplicados no controle das contas, caso seja necessário, conforme refere o Público.

O Público nota ainda que Costa apresenta como forma de atenuar o défice a possibilidade de não usar as reservas orçamentais de 196,6 milhões de euros, que se destinariam a lidar com despesas não previstas.

Contudo, para usufruir delas, é preciso que os serviços públicos não gastem mais do que o antecipado, o que reforça a ideia do controle dos gastos com pessoal e do congelamento dos salários.

O governo promete assim, o controlo das despesas com pessoal nos serviços públicos e, de acordo com o Correio da Manhã, antecipa-se assim o congelamento de salários em 2017.

Centeno e Costa recusam ideia de medidas adicionais

Numa carta enviada às redacções, Mário Centeno não confirma esta ideia e salienta que “não há compromissos para medidas adicionais de austeridade nem para 2016 nem para 2017”, conforme cita o Público.

Também o primeiro-ministro garantiu que “não há qualquer alteração ao Programa de Estabilidade” e que “não há qualquer tipo de medidas adicionais”.

No relatório enviado a Bruxelas, com as alegações do governo português no âmbito do processo de sanções em curso, o Executivo refere que as estimativas mais recentes indicam que o custo da reversão gradual dos cortes salariais “é 97 milhões de euros mais baixo do que o que foi inicialmente previsto no orçamento, o que gera uma almofada extra na execução orçamental”.

No relatório revisto do Orçamento de Estado (OE) de 2016, o Governo tinha estimado que a reversão gradual dos cortes salariais na função pública teria um custo de 447 milhões de euros este ano. De acordo com os números agora apresentados, o custo será afinal, de 350 milhões de euros.

O Executivo de Costa acrescenta que a eliminação dos cortes salariais “vai decorrer ao longo de três anos” e que “não aconteceu apenas em 2016”, o que significa que este impacto só vai assim, reflectir-se na totalidade no final de 2017.

Além disso, o governo nota que os salários foram congelados em 2010, o que quer dizer que “a eliminação dos cortes vai restabelecer os salários no seu nível nominal de 2009”, já que “não estão a ser implementados aumentos nominais” dos salários da função pública.

Notando que o emprego público caiu perto de 10%, o dobro do previsto no programa de resgate, o governo conclui que “os custos salariais em 2017 vão estar abaixo dos de 2009, ainda que os salários nominais de 2017 sejam os mesmos de 2009”.

A Comissão Europeia tem agendado um primeiro debate, na reunião do Colégio de Comissários desta quarta-feira, sobre o processo de sanções por défice excessivo aberto contra Portugal e Espanha.

“O Colégio de Comissários manterá um primeiro debate sobre a proposta remetida pela Comissão ao Conselho (da União Europeia) sobre Portugal e Espanha, mas sem que haja qualquer decisão”, disse o porta-voz da Comissão Europeia, Margaritis Schinas, na habitual conferência de imprensa diária.

ZAP / Lusa

PARTILHAR

8 COMENTÁRIOS

  1. os bff_os_tretas estão a levar isto num caminho giro estão!

    são uma anedota…e o problema é que não há quem tome realmente conta do país.

  2. No entanto com a carga de impostos que estas mulas (PaF’s e geringonças) mantém, ganhamos todos (públicos e privados) menos do que em 2009! exeção feita aos salários mínimos claro.

    • Errado. Os que têm salário mínimo tb acabam por ganhar menos. Basta precisarem de usar o carro na sua rotina que no final do ano sobra bem menos, à custa da subida dos combustíveis.

  3. E eu feito estúpido a pensar que além de terem descoberto uma geringonça, a mesma até podia funcionar…
    Santa ignorância…

  4. se congelamos uma coisa que ja está congelada, será que podemos dizer que o costa vai ultra-congelar os salarios? lol.
    se querem arranjar dinheiro é facil: acabar com os carros e mordomias dos politicos, acabar com certos apoios de fundações que nao fazem nada a nao ser receber dinheiro do estado, acabar com a boa vida dos ex-presidentes (parece que fcam com tantas regalias como se fossem presidentes. obrigar os “ladores” que lesaram os bancos a pagarem o que devem, etc.
    adoptando estas e mais medidas, escusam de sacrificar o povo
    pelo que vejo so sabem prometer, quando chega a hora de retribuir, nao pode ser porque o pais está em crise (crise que os politicos criaram)

RESPONDER

Covid-19. Perda de olfato e paladar pode durar até cinco meses

A perda dos sentidos do olfato e do paladar pode durar até cinco meses depois da infeção por covid-19, segundo um estudo preliminar dado a conhecer esta terça-feira, sendo os resultados definitivos apresentados em abril, …

Na Florida, duas mulheres disfarçaram-se de idosas para serem vacinadas contra a covid-19

Na Florida, duas mulheres disfarçaram-se de idosas para conseguirem receber a segunda dose da vacina contra a covid-19, mas foram "apanhadas". De acordo com a CBS News, duas mulheres foram "apanhadas" a tentar obter as segundas …

O Rei Leão. Teoria que nasceu no TikTok sugere que Mufasa foi vítima de canibalismo

Christian Jones, um fã do filme de animação O Rei Leão, partilhou no TikTok uma teoria intrigante sobre a história da Disney. No filme O Rei Leão, o leão patriarca Mufasa é assassinado e substituído pelo seu …

Gérard Depardieu indiciado por violação e agressão sexual

Gérard Depardieu foi acusado de "violação" e "agressão sexual" de uma jovem atriz e bailarina em Paris, atos que terão ocorrido nos dias 7 e 13 de agosto de 2018. O ator francês Gérard Depardieu foi …

Uma experiência artística imersiva. Abriu em Las Vegas um supermercado psicadélico

A mercearia mais excecional dos Estados Unidos já abriu. O Omega Mart baseia-se numa experiência artística imersiva, criada pela empresa de artes e entretenimento Meow Wolf, e está agora oficialmente aberto no complexo de artes …

A imensa erupção do Etna surpreendeu até quem estuda vulcões

Há mais de uma semana que o vulcão Etna tem vindo a expelir lava, cinzas e rochas vulcânicas. Aquele que é considerado o vulcão mais ativo da Europa foi o protagonista dos últimos dias na …

Fotógrafo descobre raro pinguim amarelo na Geórgia do Sul

O pinguim amarelo foi fotografado na Geórgia do Sul, em dezembro de 2019, e as fotografias do animal estão agora a correr o mundo. Especialistas estão divididos sobre a causa desta condição rara. Este raro pinguim …

Portugal em destaque na Reuters. "Enfermeiros querem salários, não aplausos"

"Exaustos na luta contra a covid-19, enfermeiros portugueses querem salário, não aplausos." Este é o título da peça da Reuters, publicada esta quarta-feira. Correspondentes da agência Reuters traçaram o cenário vivido atualmente pelos enfermeiros portugueses, que …

Chegou o Mate X2. O novo dobrável da Huawei muda a forma de guardar o ecrã

O novo smartphone da Huawei é dobrável. Porém, o X2 conta com mudanças na forma de dobrar e está equipado com uma nova dobradiça com design multidimensional. O equipamento vai chegar ao mercado chinês a …

"Dare mighty things." Detetives da Internet acreditam ter desvendado a mensagem secreta do paraquedas da Perseverance

A Internet, disfarçada de detetive, encontrou uma mensagem secreta no paraquedas que ajudou a Perseverance a pousar em Marte. Sem lupa nem gabardina: o mundo está concentrado na jornada do rover da NASA e os detetives …