Coreia do Norte pode estar a tentar desviar a atenção da pandemia no país (ou da saúde de Kim Jong-un)

(dv) KNS / KCNA

O Governo do Japão acredita que o aumento da hostilidade da Coreia do Norte pode ser uma forma de desviar a atenção da saúde precária do líder Kim Jong-un e da disseminação do coronavírus por todo o país.

De acordo com a Newsweek, numa conferência de imprensa, Taro Kono, ministro da Defesa do Japão, foi questionado sobre as ações do país liderado por Kim Jong-un, numa altura de tensões crescentes na península coreana.

No início do mês, a Coreia do Norte anunciou um corte de contactos com o Sul, tendo mesmo descrito o país como “inimigo” e feito explodir o escritório de ligação com a Coreia do Sul em Kaesong, uma cidade perto da fronteira.

Questionado sobre as ações da Coreia do Norte, Kono disse que o Japão “está a tentar descobrir o que está a acontecer”. “Os movimentos recentes são bastante estranhos“, afirmou.

“Número dois, suspeitamos sobre a saúde [de Kim Jong-un]. Terceiro, a colheita do ano passado na Coreia do Norte foi realmente má. A economia da Coreia do Norte não está a ir bem, por isso Kim Jong-un ou seu regime precisam de algum bode expiatório para que as pessoas não olhem para a Coreia do Norte”, explicou Kono.

“É possível que seja por isso que estejam a ser tão severos agora. Estamos a tentar recolher informações, analisá-las e ver o que realmente está a acontecer na Coreia do Norte”, garantiu o ministro da Defesa japonês. “Estamos a conversar com os Estados Unidos e outros países, estamos a trocar informações sobre isso”.

Houve especulações sobre a saúde de Kim Jong-un depois de o líder norte-coreano não ter comparecido às comemorações do Dia do Sol, dedicado ao seu falecido avô Kim Il Sung, em 15 de abril. Uma fonte anónima disse ao Daily NK que estava com problemas de saúde após uma cirurgia cardíaca em 12 de abril.

Kim Jong-un reapareceu após três semanas para participar na abertura de uma fábrica de fertilizantes. No início deste mês, ressurgiu após uma ausência de duas semanas para presidir uma reunião do Partido dos Trabalhadores da Coreia.

Kono disse ainda que informações públicas revelam que o novo coronavírus se está a espalhar pela Coreia do Norte e que “precisamos de estimar o quão amplamente se está a espalhar”. A Coreia do Norte continua a afirmar que tem zero casos a registar.

O ministro disse que Tóquio está a examinar se alguma ameaça de ação militar de Pyongyang é simplesmente desviar a atenção do povo norte-coreano “da saúde de Kim Jong-un, da má colheita ou da má economia”. “Não tenho uma resposta clara para isso, mas pessoalmente acredito que há algumas hipóteses de que seja uma dessas”, acrescentou.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Carlos Moedas "tem uma costela liberal". IL pondera apoio ao candidato à câmara de Lisboa

O líder da Iniciativa Liberal (IL), João Cotrim de Figueiredo, disse que Carlos Moedas, candidato à câmara de Lisboa apoiado pelo PSD, tem um "perfil liberal", mas que o partido precisa de perceber projeto do …

Primeiro-ministro da Arménia acusa militares de tentativa de golpe de Estado

O primeiro-ministro da Arménia referiu-se hoje a "tentativa de golpe de Estado" depois de o Estado Maior ter pedido o afastamento do governo num contexto de protestos por causa da derrota no último conflito com …

EUA condenam Coreia do Norte a indemnizar militares torturados em 1968

A Justiça dos Estados Unidos (EUA) condenou Pyongyang a indemnizar em 2,3 mil milhões de dólares (cerca de dois mil milhões de euros) os tripulantes de um navio da Marinha norte-americana, que foram capturados e …

Ex-gestores do Novo Banco seguem para Banco do Fomento e para CGD

Os gestores Vítor Fernandes e Jorge Freire Cardoso, que saíram do Novo Banco em divergência com a estratégia da Lone Star, vão desempenhar as funções de presidente do Banco de Fomento e de administrador na Caixa …

EUA acusado de prometer contrapartidas a Cabo Verde pela extradição de testa-de-ferro de Maduro

O antigo juiz espanhol Baltasar Garzón, que coordena a defesa de Alex Saab, detido em Cabo Verde e considerado testa-de-ferro do Presidente venezuelano Nicolás Maduro, acusou na quinta-feira os Estados Unidos (EUA) de prometerem contrapartidas …

Bispo italiano sugeriu a padre que pagasse 20 mil euros a vítima de pedofilia

O bispo católico de Como, em Itália, afirmou ter sugerido a um jovem padre suspeito de pedofilia que pagasse 20 mil euros à suposta vítima para encerrar uma investigação interna ao caso ocorrido numa residência …

Governo reforça financiamento de projetos LGBTI com 50 mil euros

O Governo vai reforçar em 50 mil euros o financiamento de projetos de organizações que atuem na defesa dos direitos das pessoas lésbicas, gays, bissexuais, trans e intersexo (LGBTI), anunciou o gabinete da secretária de …

CDS pede ao Governo "um plano de desconfinamento controlado, à inglesa"

Francisco Rodrigues dos Santos quer que o Executivo apresente um plano de desconfinamento que permita a retoma da atividade de alguns setores. Esta sexta-feira, o presidente do CDS-PP insistiu na necessidade de o Governo apresentar um …

Para os idosos que estão em lares, visitar a família sem isolamento poderá acontecer em maio

A CNIS estima que, com todos os idosos residentes em lares vacinados, maio possa ser o mês da libertação depois de mais de um ano de pandemia, confinamentos e restrições apertadas. DGS diz que orientações …

UE retalia e declara chefe da missão venezuelana "persona non grata"

A União Europeia (UE) decidiu, esta quinta-feira, declarar a chefe da missão venezuelana em Bruxelas persona non grata, respondendo ao anúncio feito por Caracas de dar 72 horas à embaixadora comunitária para abandonar o país. "Por …