Copiloto Andreas Lubitz consultou 41 médicos em cinco anos

Andreas Lubitz, o copiloto da Germanwings que em março despenhou um avião nos alpes, foi visto por 41 médicos em cinco anos antes de despenhar o aparelho contra os alpes franceses com 149 pessoas a bordo, disse o procurador Brice Robin.

Lubitz, de 27 anos, “despenhou deliberadamente o avião e assassinou 149 pessoas”, declarou o procurador de Marsella, Brice Robin.

O procurador falava aos jornalistas, em conferência de imprensa depois de um encontro de mais de quatro horas com 200 familiares das vítimas, que viajavam no avião que fazia a ligação entre Barcelona e Dusseldorf, na Alemanha.

Depois de dois meses e meio de investigação, Brice Robin vai entregar na próxima semana o dossier a três magistrados de Marselha (sul de França), que vão abrir uma investigação contra “desconhecidos” por “homicídio involuntário”, já que a lei francesa não permite acusar de homicídio pessoas mortas.

“O avião não teve nenhum problema de manutenção em Barcelona. O avião estava capaz de voar perfeitamente”, disse o procurador, acrescentando detalhes sobre a personalidade do copiloto.

Segundo o procurador, Andreas Lubitz, que sempre sonhou trabalhar como piloto de longo curso das linhas aéreas Lufthansa, a casa-mãe da Germanwings, sofria de psicose, problemas de visão, insónia e depressão.

Assim o diagnosticou um dos 41 médicos que consultou nos últimos cinco anos, entre os quais se encontram médicos de clínica geral, psiquiatras, neurologistas e oftalmologistas.

Em fevereiro, Lubitz consultou sete médicos e esteve 10 dias de baixa, salientou.

O procurador disse que ainda não tem os resultados toxicológicos do cadáver de copiloto, em cujo domicílio se encontraram restos de antidepressivos e medicamentos contra a insónia.

Os investigadores também descobriram que o copiloto procurou informação na Internet sobre formas de cometer suicídio.

(dr) Andreas Lubitz / Facebook

Foto de Andreas Lubitz, co-piloto do avião da Germanwings, divulgada pela Paris Match

Foto de Andreas Lubitz, co-piloto do avião da Germanwings, divulgada pela Paris Match

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Um terço dos franceses acredita que um novo Holocausto pode acontecer nos Estados Unidos

Um terço dos franceses (36%) acredita que um novo Holocausto pode vir a  acontecer nos Estados Unidos, de acordo com uma nova sondagem levada a cabo pela Conference on Jewish Material Claims Against Germany. De acordo …

Petição quer acabar com o uso de perfumes nos transportes públicos

Um cidadão endereçou uma petição ao Parlamento para que o uso de perfumes seja proibido em transportes públicos e locais públicos. De acordo com o jornal Público, a petição — apresentada numa folha de papel A4, …

Governo estuda hipótese de aeroporto na base aérea de Monte Real

O Governo está a estudar a hipótese de criar um aeroporto civil na Base Aérea 5 de Monte Real, em Leiria, confirmou o ministério das Infraestruturas. Em declarações a vários jornais, entre os quais o Público, …

Coronavírus chegou à Europa. Dois casos confirmados em França

O novo coronavírus chegou à Europa. A ministra da Saúde francesa anunciou, esta sexta-feira, que há dois casos confirmados no país. "Há dois casos confirmados", vincou a ministra da Saúde francesa, Agnes Buzyn, em conferência de …

Ucrânia perdeu 11 milhões de habitantes desde 2001

A Ucrânia perdeu mais de 11 milhões de habitantes desde o último censo de 2001 devido à imigração, à anexação da Crimeia e à guerra no leste do país. De acordo com os novos dados oficiais, …

CGD sobe comissões a partir deste sábado (incluindo MB Way)

As transferências por MB Way, as contas-pacote e os serviços mínimos bancários na Caixa Geral de Depósitos vão sofrer um agravamento a partir deste sábado. Tal como tinha sido anunciado em outubro do ano passado, a …

Isabel dos Santos não vai ser detida se for a Angola, garante PGR

O procurador-geral da República de Angola afirmou, esta sexta-feira, que a justiça quer esgotar todos os procedimentos para notificar a empresária angolana antes de pedir um mandado internacional de captura. "Primeiro vamos esgotar a possibilidade de …

Assange deixa ala médica da prisão e passa para área com outros reclusos

O fundador do WikiLeaks, Julian Assange, foi transferido da ala médica da prisão de Belmarsh, no sudeste de Londres, onde estava isolado, para uma área da prisão com outros presos, anunciou hoje um membro do …

"Saudações da Tailândia." Depois de fugir da prisão, Sekkaki enviou um postal aos diretores

Depois de fugir da prisão, Oualid Sekkaki provocou os responsáveis do estabelecimento prisional e enviou-lhes um postal. Em dezembro do ano passado, Oualid Sekkaki e outros quatro indivíduos fugiram do estabelecimento prisional de Turnhout, na Bélgica. …

Irlanda. Tribunal decide extraditar motorista acusado da morte de 39 migrantes vietnamitas

O tribunal de Dublin sentenciou, esta sexta-feira, que o motorista acusado da morte de 39 imigrantes vietnamitas - encontrados em outubro num contentor refrigerado, perto de Londres - pode ser extraditado para o Reino Unido, …