Sozinho na cabine, co-piloto da Germanwings poderá ter-se suicidado

As gravações áudio do avião da Germanwings que se despenhou na terça-feira nos Alpes franceses revelam que um dos pilotos saiu do cockpit e não conseguiu reentrar, adiantou ao New York Times um militar envolvido na investigação.

As gravações do cockpit mostram uma conversa “muito tranquila” entre os pilotos durante a parte inicial do voo, que partiu de Barcelona em direção a Düsseldorf, tendo posteriormente um dos pilotos abandonado o cockpit sem conseguir reentrar.

“O homem que ficou do lado de fora bate ligeiramente na porta e não tem resposta. Depois, bate com mais força e continua sem resposta. Nunca há resposta. Pode ouvir-se que ele está a tentar deitar a porta abaixo“, disse o investigador.

Embora a gravação possa dar alguns esclarecimentos sobre as circunstâncias que envolveram o acidente, que provocou a morte a 150 pessoas, ainda há várias questões por responder.

“Não sabemos por que é que um dos pilotos saiu”, continuou o responsável, que pediu o anonimato face à investigação em curso.

“O certo é que, na parte final do voo, o outro piloto está sozinho e não abre a porta“, sublinhou.

Hipótese de suicídio do co-piloto

Em declarações à Sic Notícias, Luís Coimbra, presidente da NAV, a empresa controladora do tráfego aéreo nacional, avança que o acidente “poderá ter sido um caso de suicídio do piloto“.

Segundo Luís Coímbra, se for esse o caso, será “o quarto caso da história da aviação civil em que um piloto se apanha sozinho no cockpit e se suicida”.

Os registos áudio não fornecem indicações sobre as condições ou a atividade do piloto que ficou dentro do cockpit, adensando o mistério, já que em nenhuma altura da descida do Airbus A320 houve comunicação por parte do cockpit com os controladores de tráfego ou qualquer outro sinal de emergência.

A informação tornada pública pelas autoridades de aviação francesas quanto ao conteúdo das gravações é escassa, desconhecendo-se se os registos são parciais ou estão completos.

O gabinete que investiga as causas do acidente confirmou apenas que foram detetadas vozes humanas e outros sons provenientes do cockpit, que serão sujeitos a uma análise detalhada.

Segundo avançam a BBC e a imprensa alemã, terá sido o comandante do avião a ausentar-se para ir à casa de banho, deixando o co-piloto sozinho na cabine.

(dr) Andreas Lubitz / Facebook

Foto de Andreas Lubitz, co-piloto do avião da Germanwings, divulgada pela Paris Match

Foto de Andreas Lubitz, co-piloto do avião da Germanwings, divulgada pela Paris Match

Procurador de Marselha diz que queda foi intencional

A Procuradoria de Marselha afirmou esta quinta-feira que o co-piloto, identificado como Andreas Lubitz, alemão de 28 anos, se trancou na cabine do voo e voluntariamente fez o avião perder altitude até contra uma montanha.

Segundo o procurador de Marselha, Brice Robin, citado pela BBC, as gravações de uma das caixas-pretas do voo revelaram que a determinado momento do voo o co-piloto alterou o sistema de orientação do avião para iniciar a descida. O piloto bateu na porta da cabine para voltar a entrar, mas o co-piloto permaneceu em silêncio.

“Penso que o co-piloto se recusou a abrir a porta e voluntariamente apertou o botão para o avião descer”, disse Robin.

Segundo informações da Lufthansa, citadas pelo semanário Sol, o co-piloto tinha sido admitido na Germanwings em Setembro de 2013, e teria apenas apenas 630 horas de voo.

O comandante, com mais de 10 anos de experiênca, tinha mais de seis mil horas de voo.

De acordo com o apurado pela AP, é possível entrar no cockpit mesmo que quem esteja dentro da cabine fique incapaz de abrir a porta – a não ser que o pedido de emergência para entrar seja recusado por quem se encontrar na cabine.

Lufthansa não confirma

A porta-voz da Germanwings, Martine del Bono, não quis comentar as novas provas divulgadas pelo New York Times.

Já esta quinta-feira, o grupo alemão Lufthansa, ao qual pertence a Germanwings, anunciou em comunicado não poder confirmar que um dos pilotos do Airbus A-320 que se despenhou nos Alpes franceses não estava na cabine de comando no momento do acidente.

Em declarações à agência noticiosa DPA, um porta-voz da Lufthansa disse “não ter atualmente nenhuma informação que possa confirmar a notícia do diário New York Times”.

No entanto, a companhia alemã comprometeu-se a divulgar toda a informação da tragédia, e apelou a que não seja dado crédito a “especulações” sobre as causas do acidente do voo 9525 entre Barcelona e Düsseldorf.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

“Os Maias” vão deixar de ser de leitura obrigatória no Secundário

Já a partir de setembro, os "Maias" e "A Ilustre Casa de Ramires", obras de Eça de Queirós, deixam de ser leituras obrigatórias no Ensino Secundário. Agora, cabe aos alunos em conjunto com os seus …

23 ex-gestores do BPN recebem carros topo de gama do Estado

A Parvalorem atribuiu a um grupo de altos quadros da empresa, ex-responsáveis do antigo BPN, 23 "viaturas familiares" topo de gama e várias regalias associadas como o pagamento do combustível até 300 euros por mês. O …

Preços praticados pela Airbnb não cumprem lei europeia

A plataforma Airbnb tem até ao final do mês de agosto para explicar os preços que pratica, dado que violam a legislação da União Europeia. A plataforma online de reserva de alojamento tem agora até ao …

Sarcófago negro encontrado no Egito pode pertencer a Alexandre, o Grande

O maior sarcófago já descoberto na cidade de Alexandria, no Egito, vai ser aberto nos próximos dias, depois de permanecer totalmente intacto mais de dois milénios. Os especialistas têm esperanças que o artefacto negro encontrado …

Vagas no Superior com aumento residual em ano de cortes em Lisboa e Porto

O concurso nacional de acesso ao Ensino Superior volta a registar um aumento de vagas, pelo terceiro ano consecutivo, ainda que residual e em ano de corte de vagas em Lisboa e Porto, por determinação …

A primavera chegou a Marte. E com ela, as misteriosas "aranhas marcianas"

A NASA publicou fotografias de um fenómeno peculiar avistado na superfície de Marte, que se assemelha com "aranhas". As imagens foram capturas na semana passada pela câmara HiRISE, instalada a bordo da nave espacial Mars …

As pessoas estão a ficar doentes após comerem salada do McDonald's

Mais de 100 pessoas apresentaram sintomas de contaminação pelo protozoário Cyclospora cayetanensis depois de comerem a salada do McDonald's, nos Estados Unidos. Mesmo que seja com a melhor das intenções, pedir uma salada no McDonald's pode …

Descobertas 12 novas luas em torno de Júpiter

Cientistas nos Estados Unidos descobriram mais 12 luas em torno do planeta Júpiter, conjeturando que as suas órbitas opostas resultam de colisões entre outros corpos celestes maiores. Com a descoberta das luas, que foram vistas pela …

Há 3.500 anos, os egípcios já faziam cosméticos

Cientistas sintetizaram tintas e cosméticos com cerca de 3.500 anos, uma descoberta feita graças ao facto de a equipa ter desenvolvido uma nova técnica de datação de compostos carbonatados inorgânicos. Uma equipa de cientistas internacional sintetizou …

Encontrados restos de pão de há 14.400 anos na Jordânia

Um grupo de investigadores encontrou vestígios de pão, feito por caçadores-recoletores que viveram há 14.400 anos, quatro milhares de anos antes do surgimento da agricultura. Esta é a mais antiga prova da existência de pão …