Família de copiloto da Germanwings questiona versão oficial de suicídio

(dr) Andreas Lubitz / Facebook

Andreas Lubitz, co-piloto do avião da Germanwings, divulgada pela Paris Match

Andreas Lubitz, co-piloto do avião da Germanwings, divulgada pela Paris Match

A família de Andreas Lubitz, copiloto do avião da Germanwings que em 2015 caiu com 150 pessoas a bordo nos Alpes franceses, questiona a versão oficial do incidente, segundo a qual o profissional sofria de depressão e provocou deliberadamente a catástrofe.

O pai do jovem, Günter Lubitz, pretende apresentar na próxima sexta-feira um relatório elaborado por um jornalista especializado em tráfego aéreo, Tim van Beveren, que elenca as suas próprias conclusões, segundo divulgou a imprensa alemã.

O objectivo da apresentação é responder à “alegação de que o copiloto sofria de uma longa depressão e que provocou a colisão do avião contra a montanha premeditadamente para se suicidar”, segundo informa a convocatória para a conferência de imprensa, que terá a presença do especialista e do pai do piloto.

“Estamos convencidos que isso não está correcto”, prossegue o texto, que adverte que há ainda muitos pontos a esclarecer na catástrofe, na qual todos os ocupantes da aeronave morreram. A apresentação acontecerá no dia do segundo aniversário da tragédia, ocorrida a 24 de março de 2015.

O avião da Germanwings, filial de baixo custo da Lufthansa, caiu nos Alpes franceses com 150 pessoas a bordo quando realizava o trajeto entre Barcelona, na Espanha, e Düsseldorf, na Alemanha.

As investigações sobre as circunstâncias da catástrofe foram assumidas pela Justiça francesa, enquanto a promotoria de Düsseldorf abriu diligências para tentar estabelecer outras possíveis responsabilidades na tragédia.

De acordo com as conclusões de ambas, Lubitz provocou o acidente do avião, aproveitando a ausência momentânea do piloto, tendo bloqueado a porta de acesso à cabine para ficar sozinho.

Segundo foi revelado após a tragédia, Lubitz já tinha passado por cerca de 40 consultas médicas devido a diversos transtornos psíquicos e depressões, tinha tendências suicidas e no dia da catástrofe não estava autorizado pelos médicos a voar, mas ocultou a situação aos seus superiores.

// EFE

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Sangue, lágrimas e crianças escoltadas na primeira despromoção da história do Cruzeiro

O Cruzeiro desceu de divisão pela primeira vez na sua história. O último jogo do campeonato, que selou a despromoção, ficou marcado por episódios violentos entre adeptos e polícia. O cenário vivido no 'Mineirão', este domingo, …

Movimento "Convergência" prepara moção para convenção do Bloco (mas rejeita cisão)

Largas dezenas de elementos do Bloco de Esquerda (BE) estiveram reunidos para preparar uma moção para apresentar na próxima convenção do partido, mas rejeitam estar a criar uma nova tendência ou a preparar uma cisão. João …

Empresário lesou Fisco em 60 milhões, mas não tem de devolver nada

Um empresário do setor do ouro condenado a sete anos de prisão por fraude fiscal agravada não terá de devolver nenhuma parte dos 60 milhões de euros de prejuízo que deu ao Estado por não …

Maioria das pistolas Glock roubadas da PSP pode ter estado sempre com a polícia

Luís Gaiba defende que a contagem do armamento não estava atualizada e que, por isso, a maioria das armas alegadamente desaparecidas pode nunca ter saído da posse da polícia. O agente Luís Gaiba, suspeito do roubo …

Rússia banida dos Jogos Olímpicos e Mundiais por quatro anos

A Rússia foi banida, esta segunda-feira, de Jogos Olímpicos e Mundiais por quatro anos, na sequência de uma decisão, tomada por unanimidade, do comité da AMA que avalia o cumprimento dos regulamentos. A Rússia foi excluída dos …

Governo chinês bane compras públicas de computadores e software estrangeiros

O Governo chinês ordenou que todos os escritórios governamentais e instituições públicas removam computadores e software estrangeiros, ao longo dos próximos três anos, depois da decisão de Washington de banir aquisição de equipamentos da Huawei. A …

Arbitragem, relvado e azar. Sérgio Conceição explica deslize com o Belenenses

Desde a arbitragem ao relvado e de o azar à falta de discernimento, Sérgio Conceição explicou o empate contra o emblema de Belém. A equipa de arbitragem foi a principal visada. O FC Porto não foi …

A nova primeira-ministra da Finlândia é a pessoa mais nova de sempre a ocupar o cargo

A ministra dos Transportes da Finlândia, de 34 anos, foi escolhida para ser a próxima primeira-ministra do país, o que fará dela a pessoa mais nova de sempre — e terceira mulher — a ocupar …

Flamengo de Jesus goleado pelo Santos na despedida do "Brasileirão"

O já campeão Flamengo sofreu, este domingo, a primeira derrota depois de quatro meses, na visita ao Santos, por 4-0, na última jornada do campeonato brasileiro. Na Vila Belmiro, a formação do Rio de Janeiro, já …

Afinal, a Peste Justiniana não terá sido tão mortífera como contam os livros de História

A Praga Justiniana, a primeira pandemia conhecida de peste na Europa, dizimou a civilização mediterrânea, basicamente romana, entre 541 e 750, segundo contam os livros de História. No entanto, um grupo de investigadores norte-americanos pôs em …