Co-piloto da Germanwings tinha sido aconselhado a internar-se pouco antes da tragédia

(dr) Andreas Lubitz / Facebook

Foto de Andreas Lubitz, co-piloto do avião da Germanwings, divulgada pela Paris Match

Foto de Andreas Lubitz, co-piloto do avião da Germanwings, divulgada pela Paris Match

O relatório final sobre a catástrofe da Germanwings há cerca de um ano, nos Alpes franceses, foi apresentado este domingo e confirma definitivamente que o crash do avião foi provocado deliberadamente pelo co-piloto alemão do aparelho, Andreas Lubitz, que sofria de problemas psíquicos.

O avião fazia a ligação entre Barcelona e Dusseldorf quando se despenhou no sul dos Alpes franceses, a 24 de março de 2015, uma tragédia que resultou em 150 mortos.

relatório do BEA (Gabinete de Inquéritos e Análises para a Segurança Aeronáutica), divulgado numa conferência de imprensa em Bourget, perto de Paris, confirma a tese de que se tratou de um ato deliberado e relata que o co-piloto, que sofria de depressão e nos meses anteriores ao acidente tinha consultado vários médicos, teria sido convocado a ir a um hospital psiquiátrico poucas semanas antes do acidente.

Remy Jouty, director do BEA, confirma que Lubitz estava a tomar anti-depressivos na altura da tragédia.

A partir dos relatórios de vários médicos privados que Lubitz consultou nos meses antes do acidente, os peritos médicos concluem no relatório que o co-piloto tinha sofrido um “episódio depressivo psicótico” que o impediria de voar, mas nem Lubitz nem nenhum dos seus médicos terão alertado os seus empregadores.

Remy Jouty sublinha, no entanto, que o princípio do sigilo médico, essencial na relação de confiança entre médicos e pacientes, deve ser mantido. O BEA recomenda uma alteração na lei que protege os médicos nas situações em que estes transmitam informação médica sobre os seus pacientes com o objectivo de proteger o público, para garantir “um equilíbrio entre a confidencialidade do doente e a segurança pública”.

Regras mais claras devem ser exigidas para saber quando é que é necessário levantar o segredo médico”, declarou Arnaud Desjardins, um dos especialistas encarregados pela investigação deste acidente.

Os especialistas aeronáuticos franceses defendem um reforço do controlo médico dos pilotos, recomendando que em casos de histórico de problemas de saúde mental, os pilotos sejam avaliados anualmente.

Essa recomendação será passada à Organização Mundial de Saúde, ao ministério alemão dos transportes e ao Conselho de Médicos Alemão.

ZAP

PARTILHAR

RESPONDER

EUA. Advogado planeou o próprio assassinato para o filho receber seguro. Foi detido por fraude

Um influente advogado norte-americano, cuja esposa e um dos filhos foram assassinados, foi acusado de fraude contra uma empresa de seguros e falso testemunho por organizar o seu próprio assassinato. Segundo avançou a agência France-Presse, …

Norberto Mourão conquista bronze nos Mundiais de canoagem adaptada

Norberto Mourão já tinha conquistado o bronze nos Jogos Paralímpicos de Tóquio e junta agora mais uma medalha à colecção, desta vez nos Mundiais de canoagem adaptada. O atleta de canoagem adaptada Norberto Mourão conquistou hoje …

Caso George Floyd. Polícia condenado a 22 anos de prisão pode ver a sentença revertida

A intervenção do Supremo Tribunal do Minnesota num outro caso de violência policial para reduzir a pena de um agente pode abrir um precedente para que haja alterações na sentença de Derek Chauvin. Segundo avança a …

Futebol português contra Campeonato do Mundo de dois em dois anos

O futebol português está contra a intenção da FIFA de aumentar a periodicidade do Campeonato do Mundo, passando de quatro para de dois em dois anos, refere um comunicado conjunto divulgado hoje. O documento, assinado pela …

Governo quer proibir empresas de recorrer ao 'outsourcing' após despedimento coletivo

O Governo quer proibir as empresas que façam despedimentos coletivos de recorrerem ao 'outsourcing' (contratação externa) durante os 12 meses seguintes, disse hoje a ministra do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, Ana Mendes Godinho. No final …

Barcelona: Cruyff afasta-se e perder com o Benfica seria "um drama"

Ronald Koeman até poderá sair mas não será Jordi Cruyff a substituir o seu compatriota. O Barcelona atravessa uma fase perturbada, já há algum tempo, mas o panorama financeiro piorou o cenário fora de campo e …

Casa Branca oferece "telefonema educativo" a Nicki Minaj para acalmar apreensões sobre a vacina

Depois de um tweet de Nicki Minaj se ter tornado viral por associar a vacina contra a covid-19 à impotência, a Casa Branca convidou a rapper para um telefonema com especialistas para esclarecerem as suas …

Baterias de lítio-enxofre melhores e mais baratas? O segredo é uma pitada de açúcar

Uma colher cheia de açúcar pode ser o suficiente para permitir que um veículo elétrico faça uma viagem de Melbourne a Sidney (878 km) com uma única carga. Atualmente, os automóveis elétricos e os telemóveis utilizam …

Parlamento aprova na generalidade mudança do TC para Coimbra. Oito socialistas votaram a favor

A proposta passou com votos contra do Chega e PAN, abstenção do PCP, BE, PEV e maioria da bancada do PS e votos favoráveis do PSD, CDS, IL e de oito deputados socialistas. O resultado já …

Escola da Amadora queria proibir minissaias, decotes e chinelos - mas já voltou atrás

Um Agrupamento na Amadora publicou um código de vestuário que acendeu um debate nas redes sociais devido às regras que controlavam mais as raparigas. Entretanto, a escola já voltou atrás na decisão. Segundo escreve o Jornal …