Lufthansa admite que conhecia depressão grave do copiloto

A Lufthansa reconhece que tinha conhecimento dos problemas psicológicos do copiloto Andreas Lubitz, que despenhou um avião da sua filial low cost, a Germanwings, contra as montanhas dos Alpes, matando 149 pessoas, além dele próprio.

Em comunicado divulgado por vários órgãos de informação internacionais, a companhia aérea alemã salienta que o copiloto informou a sua Escola de Voo do episódio de depressão grave que sofreu e que o afastou da formação profissional.

Esta posição pública da Lufthansa surge após averiguações internas e depois de ter enviado ao Ministério Público de Dusseldorf novos documentos sobre a formação do copiloto e sobre o seu historial clínico, adianta a própria empresa alemã.

Entre os dados disponibilizados pela Lufthansa ao Ministério Público estará uma troca de e-mails entre Andreas Lubitz e a Escola de Voo da companhia aérea, onde o copiloto dará informações sobre a depressão que sofreu em 2009.

Andreas Lubitz terá facultado à Escola de Voo da Lufthansa documentos médicos a comprovar que tinha ultrapassado o problema da depressão e a companhia frisa, no comunicado, que, após a pausa de vários meses na sua formação, ele recebeu o certificado clínico atestando que estava apto para voar.

A Lufthansa disponibiliza-se ainda para conceder o seu “apoio ilimitado” à investigação e facultar todos os dados possíveis para “um esclarecimento rápido e sem obstáculos” do acidente da Germanwings que vitimou 150 pessoas nos Alpes.

ZAP

PARTILHAR

RESPONDER

Vegano processa Burger King nos EUA por "contaminação" de hambúrguer

Um cliente vegano interpôs uma ação judicial contra o Burger King nos Estados Unidos, acusando a cadeira de restaurantes de fast-food de lhe ter servido um hambúrguer cozinhado na mesma grelha utilizada para preparar carne. De …

Dono do carro onde seguia Angélico condenado a dois anos de pena suspensa

O dono de um stand da Póvoa de Varzim e a sua ex-mulher foram, esta sexta-feira, condenados a dois anos de prisão, com pena suspensa. Em causa está a falsificação do contrato de compra e venda …

Mais de 500 mulheres assassinadas em Portugal nos últimos 15 anos

Mais de 500 mulheres foram assassinadas nos últimos 15 anos em contexto de relações de intimidade em Portugal, e só neste ano já morreram 28, algumas baleadas, outras estranguladas ou espancadas, a maioria vítima de …

Paulo Macedo diz que a CGD não vai ser "uma nêspera"

O presidente da CGD considera que há a expectativa de o banco público ficar "sossegado", mas que a sua equipa não é paga para "ficar a ver navios" e quer pagar o capital injetado pelo …

Foo Fighters são a primeira confirmação do Rock in Rio Lisboa

Os norte-americanos Foo Fighters vão atuar, a 21 de junho, no festival Rock in Rio Lisboa, no Parque da Bela Vista. A banda de Dave Grohl é a primeira confirmação do cartaz do Rock in Rio …

PS, Bloco e Livre recusam solidarizar-se com Bernardo Silva

PS, Bloco e Livre votaram, esta sexta-feira, contra a solidariedade do Parlamento para com o internacional português, condenado recentemente por um ato considerado racista pela Federação Inglesa de Futebol (FA). Socialistas, bloquistas e a deputada única …

Descoberta nova lesão pulmonar que poderá estar ligada a cigarros eletrónicos com líquido

Um grupo de investigadores do Canadá anunciou esta quinta-feira a descoberta do que considera ser um novo tipo de lesão pulmonar causado pela vaporização com cigarros eletrónicos com líquido e que é semelhante à bronquiolite …

Professor acusado de agredir aluno surdo em Penafiel

Um estudante surdo foi agredido, na terça-feira, por um professor dentro de uma das salas de aula da escola secundária Joaquim de Araújo, em Penafiel. Um estudante de 16 anos, da escola secundária Joaquim de Araújo, …

Presidente da Colômbia disse que o Governo ouviu protestos em massa

O Presidente da Colômbia, Iván Duque, garantiu que ouviu as exigências dos manifestantes que saíram há rua na quinta-feira para um protesto maciço contra a política económica e social do atual governo. "Hoje [quinta-feira], os colombianos …

Detido mais um suspeito do caso do camião do Reino Unido

Foi detida mais uma pessoa por suspeitas de ligação ao caso do camião encontrado em Essex, Inglaterra, com 39 cadáveres no seu interior. A polícia britânica prendeu, hoje de manhã, um homem de 23 anos, …