Mário Centeno anuncia queda inédita do PIB no segundo trimestre

Stephanie Lecocq / EPA

O ministro das Finanças afirmou, esta segunda-feira, que as estimativas do Governo apontam para uma queda de 6,5% do PIB anual por cada 30 dias úteis em que a economia esteja paralisada devido à covid-19.

“As estimativas que existem – e apresentaremos brevemente números nesse sentido – estão enquadradas em factos que vão desde 6,5% do PIB anual por cada 30 dias úteis em que a economia esteja parada, como está hoje em Portugal”, referiu Mário Centeno em entrevista à TVI.

O ministro avisou que este impacto dos 30 dias úteis no PIB (Produto Interno Bruto) “não é linear” e vai-se deteriorando à medida que o tempo passa.

“Não basta multiplicar por frações de 30 dias, porque o processo vai-se deteriorando“, precisou Centeno, assinalando a necessidade de ter de ser dada uma “resposta urgente e rápida à economia” assim como se está “agora a dar à saúde”.

No conjunto do ano, o governante considera que não vamos chegar a uma queda de dois dígitos do PIB, mas, no segundo trimestre, a queda será quatro ou cinco vezes qualquer queda já vista num trimestre em Portugal, cita o semanário Expresso.

“O segundo trimestre vai ter uma quebra próximo de quatro ou cinco vezes o máximo que já vimos o PIB num trimestre cair em Portugal”, disse Mário Centeno.

De acordo com o jornal Observador, o também presidente do Eurogrupo estima um impacto nas contas públicas entre os seis e os sete mil milhões de euros. “Não tenho números, pensamos que os estabilizadores automáticos possam representar, juntamente com as medidas que já tomámos de apoio ao emprego, números próximos dos seis a sete mil milhões de euros, que – obviamente – não vamos retirar da economia”.

Questionado sobre quando será possível voltar à situação financeira de 2019, Centeno disse acreditar que, se a crise for contida no segundo trimestre e a saída feita no terceiro e quarto trimestres, regressemos a esses números em cerca de “dois anos”.

Na mesma entrevista, o ministro abordou a questão da TAP, considerando que “há muitas formas de intervir” e a nacionalização pode ser uma delas. “Não seria correto ou verdadeiro que eu dissesse que qualquer opção fosse tabu. Não vamos retirar nenhuma possibilidade de cima da mesa. Mas há muitas formas de intervir na TAP que não passam por aí”.

Sobre o acordo do Eurogrupo, Centeno considerou que foi “uma vitória da Europa”, acrescentando que “foi um dos momentos em que mais acumulámos capital em favor do projeto europeu”.

“A crise de 2008 foi pré-anunciada pelo menos 10 anos e quando começou demorámos muito tempo a reagir. Desta vez tomámos decisões em 10 dias”, comparou, afirmando que a resposta europeia foi “muito corajosa”.

No entanto, o presidente do Eurogrupo lembra que “este não é o fim da linha” e que há “mais para fazer pela Europa”, sendo que “a questão que se coloca agora” é a de como pagar a dívida.

ZAP ZAP // Lusa

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Não acreditando que seja ingénuo, tem de ser mal intencionado. 30 dias úteis são 1,5 meses. Neste horizonte temporal, o limite máximo é de 12,5%. Ou seja, em termos relativos, 6,5% corresponde a uma paragem de 52%… Isto números dele…. Alguém que reflicta sobre o impacto disto aceita dizer que não chegaremos a uma quebra de mais de 10% para uma situação que impactará 9 meses do ano?!?! Eu digo que, a este ritmo, vamos ter uma quebra de 30 a 45 %, assumindo que vamos ter estes iluminados a tomar medidas diferentes em tempo útil. O raciocínio deste … está tão certo como estava antes com os 2 mil milhões por mês de impacto. Reactivem a economia JÁ!!! Precisamos de produzir, servir, vender!!! E já vamos tarde!!!

    Quanto a privatizar a TAP… é gozar com quem paga impostos. Algo que ele não diz é que as quebras da receitas do estado este ano devem ser de mais de 50%!!

  2. Ainda há bem poucos dias o primeiro-ministro afirmava que esta crise não iria ser tão grave como a de 2010/2011 porque estamos melhor preparados, mas as evidências vão aparecendo dia após dia e ninguém acredita em tais afirmações, melhor seria estar calado, até para não provocar quezílias partidárias num momento em que convêm que todos rumem no mesmo sentido porque a situação é demasiado grave e há que evitar clivagens desnecessárias.

RESPONDER

Pessoas que enfrentam bem a manhã são mais saudáveis (e trabalham melhor)

Vários estudos têm demonstrado que algumas pessoas enfrentam as manhãs de forma naturalmente melhor, o que faz com que tenham um conjunto de diferenças cerebrais que as tornam mais felizes quando acordam. Por outro lado, as …

Cavalos, elefantes e peixes. Circo alemão substitui animais por hologramas gigantes

Após muitas críticas e polémicas à volta do uso de animais em circos, o Circo Roncalli decidiu substituí-los por hologramas, tornando-se o pioneiro nesta abordagem futurista. Os circos têm uma história polémica devido ao facto de …

FC Porto 2-3 SC Braga | Vitória no Dragão leva Braga à final da Taça

O Sporting de Braga venceu hoje o FC Porto por 3-2, em jogo da segunda mão da meia-final da Taça da Portugal de futebol, e garantiu um lugar na final da competição. Depois do empate (1-1) …

Mona Lisa: a cadeira escondida que transforma o significado da obra de Da Vinci

O quadro da autoria de Leonardo Da Vinci é a obra de arte mais famosa do mundo. Contudo, há um detalhe que tem passado despercebido: a cadeira onde a misteriosa mulher está sentada. Escondida, mas …

"Projeto Xueliang". O plano chinês para fiscalizar 100% do espaço público

O "Projeto Xueliang" da China tem como objetivo fiscalizar a totalidade do espaço público, transformando vizinhos em agentes de vigilância do Estado. Em 2016, o município de Pingyi, localizado sete horas a norte de Shangai, tinha …

Há quem tome medicamento para cavalos para tratar covid-19, podendo envenenar-se acidentalmente

A pandemia de covid-19 gerou uma série de desinformações, algumas levando as pessoas a tomar medicamentos não prescritos para tratamento da doença, colocando em risco a sua saúde. Quando a cloroquina, medicamento para tratar a malária, …

Parece o "Batmóvel", é movido a energia solar e pode ser produzido em massa

A Aptera Motors está a preparar-se para lançar o primeiro automóvel movido a energia solar a ser produzido em massa até ao final do ano. A Aptera Motors, uma empresa norte-americana, apresentou recentemente o primeiro carro …

George Floyd. Minneapolis ia contratar influencers para combater desinformação durante julgamento de Derek Chauvin

A cidade de Minneapolis, nos Estados Unidos, planeava contratar seis influencers para ajudar a partilhar informações durante o julgamento de Derek Chauvin, o ex-polícia acusado de assassinar George Floyd. De acordo com a CNN, o plano …

Imagens revelam que a Coreia do Norte oculta local onde armazena armas nucleares. EUA planeiam agir

As imagens de satélite mostram que a Coreia do Norte tomou medidas para ocultar uma instalação, que as agências de inteligência dos EUA acreditam estar a ser usada para armazenar armas nucleares. A situação fez …

Antigo primeiro-ministro italiano Matteo Renzi recebeu envelope com duas balas

O antigo chefe do governo italiano Matteo Renzi recebeu, esta quarta-feira, um envelope com duas balas no interior, uma ameaça imediatamente denunciada por toda a classe política. O envelope foi entregue diretamente na sede do Senado, …