Um milhão de infetados por Covid-19. Diretora-geral da Saúde foi “um pouco precipitada”

No seu espaço de comentário habitual na SIC, este domingo, Luís Marques Mendes falou da decisão “precipitada” de Graça Freitas em falar do cenário de um milhão de infetados, disse que Orlando Nascimento se deveria demitir e do chumbo de Vitalino Canas.

“A diretora-geral de Saúde [Graça Freitas] tem feito globalmente um bom trabalho, com honestidade, transparência mas foi precipitada ao falar ao Expresso no cenário de um milhão de infetados em Portugal”, disse  Marques Mendes. “Divulgar números tão exagerados pode levar a uma atitude alarmista”.

Para o comentador, a função da DGS é “informar e alertar, não é causar pânico e medo”.

Marques Mendes disse ainda que, no caso do novo coronavírus, “já há histeria a mais”. “Devemos evitar o pânico e praticar a prudência. Nem desvalorizar nem dramatizar. Como disse um médico italiano, o medo é um vírus e a informação é a vacina”.

“Sabemos que há um risco, sabemos o que fazer, sabemos quais as precauções a tomar. O medo não resolve problema nenhum. Não é o fim do mundo, nem perto disso. Temos de confiar nas instituições de saúde e fazer, o mais possível, a vida normal“, acrescentou.

Por outro lado, na economia, há razões para preocupação. “Vamos ter um abrandamento inevitável da economia mundial e europeia. Isso vê-se pela perturbação nas bolsas, no turismo, no consumo e nas exportações”. Há outro risco que se junta a este: a crise dos refugiados.

Orlando Nascimento deve demitir-se

Marques Mendes pediu a demissão do presidente do Tribunal da Relação, Orlando Nascimento, pelo caso “gravíssimo” de alegadas irregularidades na distribuição de processos, além da autorização a Vaz Neves para utilizar o Salão Nobre do tribunal para um julgamento privado, pelo qual recebeu 280 mil euros.

“O anterior presidente do Tribunal da Relação já foi constituído arguido esta semana por suspeitas de corrupção e de abuso de poder, e eu acho que o atual presidente, envolvido também nesta matéria, tem de demitir-se”, frisou, acrescentando que “ou então desmente categoricamente com provas, coisa que não o fez”.

O comentador justificou esta posição salientando que, independentemente das responsabilidades criminais que o atual presidente possa vir a ter, “ele não é exemplo”. Marques Mendes disse que não pode estar a dirigir um tribunal “alguém que dá exemplo de um comportamento censurável, absolutamente intolerável como este”, e realçou que “isto é muito grave para a imagem da Justiça”.

Chumbo de Vitalino Canas para o Tribunal Constitucional

Sobre o chumbo de Vitalino Canas para o Tribunal Constitucional, Marques Mendes diz que o PS “andou sempre mal” em tentar nomear um homem que é “essencialmente um político”, um “mistério” que Marques Mendes diz não saber decifrar.

Durante o processo, com a “contestação enorme” que houve, o PS não deveria ter mantido nome. Depois da votação, o PS continuou mal, com Ana Catarina Mendes a ter declarações “inaceitáveis” sobre as “forças de bloqueio”.

O PS “comporta-se como se fosse o dono disto tudo”, quando nem sequer tem maioria parlamentar, diz Luís Marques Mendes.

Aeroporto do Montijo: “É uma loucura”

Marques Mendes comentou o caso do aeroporto do Montijo, um caso que considera ser “uma loucura”. “O novo aeroporto é urgentíssimo. O turismo que o diga” e a solução Portela + 1 está decidida desde 2015. No Governo Passos Coelho houve um grupo de trabalho que estudou quatro hipóteses possíveis (Beja, Sintra, Alverca e Montijo) e concluiu que a melhor solução era o Montijo.

A hipótese Alcochete foi posta de lado há anos porque é seis ou oito vezes mais caro e tem tantos ou mais problemas ambientais que o Montijo.

“Em função de tudo disto é uma loucura completa voltar à estaca zero”, diz Marques Mendes, acrescentando que há outra “loucura” que é um governo que está em funções há mais de quatro anos e “só agora descobriu que há uma lei que pode bloquear a construção do aeroporto”.

Porque é que o Governo não pensou nisto antes? Por que é que não acautelou a situação? Porque é que não negociou atempadamente com os autarcas?”, pergunta.

“Só resta ao Governo um caminho – deixar-se de arrogâncias, dialogar com os municípios que contestam o Montijo e negociar medidas compensatórias dos seus problemas” e “se, no final, algum município se mantiver intransigente, fazendo braço de ferro, então, sim, fará sentido mudar a lei”. “O interesse nacional não pode ficar refém de uma teimosia local“, afirma Marques Mendes, que diz que o PSD tem de se lembrar que esta solução já vem do tempo de Passos Coelho.

Marques Mendes disse ainda que “o Governo está a desgastar-se a um ritmo brutal, enorme”. “O primeiro-ministro e o núcleo político do Governo deviam parar para pensar”, depois de vários casos que têm atormentado a governação, desde a negociação orçamental até aos casos mais recentes.

ZAP //

 

PARTILHAR

RESPONDER

Fim dos debates quinzenais. Rio diz que é o melhor para o país (e pensa em si próprio)

O líder do PSD, Rui Rio, explicou, num vídeo da PSD/TV que defende o fim dos debates quinzenais porque é o "melhor para o país", alegando que esta proposta não tem a "preocupação de dificultar …

Lei de segurança nacional. Taiwan teme ser próximo alvo da China (e Hong Kong pode ser o novo Tibete)

A decisão de Pequim em impor a Hong Kong uma lei draconiana sobre segurança faz crescer os receios de que Taiwan possa ser o próximo alvo da República Popular da China. Por outro lado, teme-se …

Patrick Mahomes assina o maior contrato da história do desporto: 10 anos por 446 milhões

O jogador de futebol americano Patrick Mahomes fez história ao assinar o maior contrato de sempre do mundo do desporto. O quarterback dos Kansas City Chiefs renovou por dez temporadas, num valor total de 446 …

Centeno rejeita conflito de interesses. “Não conseguia emprego em Portugal nas próximas décadas"

O antigo ministro das Finanças está esta quarta-feira a ser ouvido no Parlamento, naquela que é a sua primeira grande prova de fogo no caminho que terá que percorrer até chegar ao cargo de governador …

Centenas de holandeses nas ruas de Albufeira. GNR obrigada a intervir

A Guarda Nacional Republicana (GNR) levantou, no domingo, dezenas de autos de contraordenação a estabelecimentos e a pessoas, em Albufeira, no Algarve, por desrespeito das regras impostas devido à pandemia da Covid-19, disse esta terça-feira …

Soares atravessou jejum de golos, mas há uma estatística em que ninguém o bate

O avançado portista Tiquinho Soares é o jogador que mais golos faz de cabeça, em Portugal e na Europa. Esta temporada, já leva sete cabeceamento certeiros. Tiquinho Soares esteve 12 jogos sem marcar qualquer golo com …

"Dêem a Portugal uma Ponte Aérea". Escocês faz petição e diz que decisão do Reino Unido é injusta

Um escocês admirador de Portugal considera a exclusão da lista de países isentos de quarentena nas chegadas ao Reino Unido “injusta” e “pouco transparente” e por isso promoveu uma petição popular a pedir o levantamento …

Juiz Carlos Alexandre está em isolamento profilático

O juiz Carlos Alexandre encontra-se em isolamento profilático depois de ter participado, no final de junho, numa busca a uma agência bancária em que estiverem envolvidas três pessoas infetadas com covid-19. De acordo com a RTP, …

Jogo de loucos em Itália. Milan de Ibrahimovic derrota Juve de CR7 com golo português

Cristiano Ronaldo fez o 2-0 para a Juventus em casa do AC Milan, porém, o campeão perdeu 4-2 e desperdiçou a oportunidade de ampliar para 10 os pontos de vantagem para a Lazio, derrotada em …

A maior promessa do futebol alemão pede para sair. Chelsea prepara 100 milhões de euros

O internacional alemão Kai Havertz pediu à direção do Leverkusen para sair este verão. O Chelsea é o principal candidato à contratação do médio, tendo de desembolsar 100 milhões de euros. Kai Havertz é provavelmente a …