50 mil foram a Manchester dizer a Ariana que não têm medo

Nigel Roddis / EPA

Ariana Grande no palco no concerto de solidariedade pelas vítimas de Manchester

Ariana Grande no palco no concerto de solidariedade pelas vítimas de Manchester

Pharell Williams, Miley Cyrus, Take That e Robbie Williams foram alguns dos artistas que se juntaram a Ariana Grande no concerto solidário que decorre em Manchester, no Reino Unido, em favor das vítimas do atentado ocorrido naquela cidade.

Sob fortes medidas de segurança, o espetáculo “One Love Manchester” decorreu no campo de Old Trafford, com capacidade para 50 mil pessoas, e a receita de bilheteira, que esgotou em 20 minutos, reverte para um fundo de emergência criado pela autarquia de Manchester e pela Cruz Vermelha britânica.

Promovido por Ariana Grande, o concerto acontece depois de um atentado ocorrido a 22 de maio junto ao Manchester Arena, no final de um concerto da artista norte-americana, e que causou 22 mortos e 116 feridos. O grupo extremista Estado Islâmico reivindicou a autoria do ataque.

No espetáculo atuaram nomes como Robbie Williams, Katy Perry, Marcus Mumford, que protagonizou um minuto de silêncio pelas vítimas do atentado, Take That, Pharrell Williams, Niall Horan, Usher, Justin Bieber e Miley Cyrus.

Foram exibidas mensagens de solidariedade de celebridades como Stevie Wonder, Bono e do futebolista David Beckham, estrela da selecção inglesa e do Manchester United.

Ariana Grande, de 23 anos, surgiu em muito emocionada e e com os olhos em lágrimas, enquanto cantava ‘Be Alright’ e ‘Break Free’. “Manchester, nós vamos ficar bem“, disse a cantora aos milhares de fans presentes em Old Trafford.

Grande regressou ao palco para cantar ‘Where is the love’ com os Black Eyed Peas, mas o momento mais emocionante do espetáculo terá sido a interpretação de ‘Somewhere over the rainbow’, durante a qual a cantora não conseguiu conter as lágrimas – no que foi acompanhada de uma parte significativa dos milhares de presentes.

O espetáculo, que em Portugal foi visto através da RTP1, foi transmitido em direto na televisão e rádio pela BBC. A MTV assegurou a transmissão internacional do concerto, que foi também transmitido ao vivo em streaming no Twitter, iTunes, e no próprio canal de Ariana Grande no YouTube, onde agora está disponível na íntegra.

Na sexta-feira, Ariana Grande tinha estado em Manchester para fazer uma visita a algumas das pessoas que ficaram feridas no atentado. A cantora partilhou na sua conta no Instagram uma fotografia onde aparece ao lado de Jaden, uma das meninas feridas no atentado, na cama de hospital, uma imagem que acompanhou com o ícone de um coração.

arianagrande / Instagram

Ariana Grande com Jaden, uma das meninas feridas no atentado de Manchester

Ariana Grande com Jaden, uma das meninas feridas no atentado de Manchester

No dia 11 a cantora norte-americana atua pela primeira vez em Portugal, com um concerto marcado no Meo Arena, em Lisboa.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

Há 60 anos, Richard Nixon tricou uma sanduíche (e este homem guardou-a desde então)

Há 60 anos, o então vice-Presidente dos Estados Unidos, Richard Nixon, trincou uma sanduíche - e Steve Jenne, um homem que vive em Illinois, guardou-a os restos desde então. De acordo com o The New York …

Coreia do Norte adverte Sul para não procurar nas suas águas oficial assassinado

A Coreia do Norte pediu hoje à Marinha sul-coreana que deixe de entrar nas suas águas territoriais, numa altura em que Seul procura recuperar o corpo de um oficial sul-coreano morto a tiro no mar …

"Um abandonar dos utentes". Centros de saúde atiram pacientes para farmácias e privados

Sem resposta nos centros de saúde, vários utentes vêm-se obrigados a recorrer ao setor privado e a farmácias. A Entidade Reguladora de Saúde já recebeu várias reclamações. Face à pandemia de covid-19, os centros de saúde …

Polícia treinou uma cadela para farejar provas eletrónicas

No Minnesota, Estados Unidos, a polícia treinou uma cadela para farejar dispositivos eletrónicos. Sota já ajudou a encontrar provas em dez crimes. A polícia estatal do Minnesota treinou uma cadela labrador britânica para farejar dispositivos eletrónicos, …

Trabalhistas lideram primeira sondagem desde que Boris chegou ao poder

O partido do primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, situa-se hoje, pela primeira vez desde que chegou ao poder, atrás da oposição trabalhista nas intensões de voto, o que estará relacionado com a gestão da crise pandémica, …

Sporting vagueia mercado à procura de um avançado

Šporar, Luiz Phellype e Tiago Tomás não satisfazem as necessidades de Rúben Amorim, que quer trazer mais um avançado para o plantel antes do fecho do mercado de transferências. A janela de transferências está prestes a …

Transportes públicos são "ponto nevrálgico" da transmissão da covid-19

O infeciologista Jaime Nina defendeu hoje que é necessário quadruplicar a oferta dos transportes públicos para permitir a distância necessária entre os passageiros, considerando que são um “pontos nevrálgico” da transmissão da covid-19. "Os transportes públicos …

Estão a chegar os aviões movidos a hidrogénio. A Airbus é pioneira (e já está a trabalhar em três aeronaves)

Na passada segunda-feira, a Airbus apresentou três conceitos de aviões movidos a hidrogénio. A empresa quer estar na linha da frente no que toca às mudanças na indústria da aviação, e tem como objetivo pôr …

Fernando Pimenta com medalhas de ouro e prata na Taça do Mundo de Szeged

O canoísta português Fernando Pimenta conquistou o ouro em K1 1.000 metros e a prata em 500 metros na Taça do Mundo de Velocidade de Szeged, num dia com 'metais' também para Joana Vasconcelos e …

Após ataque ao Charlie Hebdo, França está "em guerra contra o terrorismo islâmico"

O ministro do Interior francês, Gérald Darmanin, alertou este domingo que a França está “em guerra contra o terrorismo islâmico”, dois dias depois do ataque junto às antigas instalações do jornal satírico Charlie Hebdo. “O Ministro …