Bombista suicida de Manchester foi salvo da guerra da Líbia pela Marinha britânica

gmpolice / Twitter

O terrorista suicida de Manchester, Salman Abedi

Salman Abedi, o bombista que no ano passado matou 22 pessoas em Manchester, tinha sido salvo da guerra na Líbia por um navio da Marinha britânica, três anos antes de cometer o atentado.

O bombista suicida Salman Abedi, que se fez explodir na Manchester Arena, matando 22 pessoas, naquele que foi o maior ataque terrorista em solo britânico da última década, tinha sido salvo da guerra civil na Líbia por um navio pertencente à Marinha britânica, três anos antes do atentado em Manchester.

Tudo aconteceu em 2014, quando a guerra civil contra Muammar Kadhafi matava dezenas de pessoas todos os dias. Segundo o Daily Mail, Salman Abedi e o irmão, Hashem, estavam entre os mais de 100 britânicos resgatados, em agosto daquele ano. pelo navio “HMS Enterprise“.

Os irmãos estavam de férias na Líbia, onde residiam os pais, quando se viram apanhados pela guerra. O navio da Marinha britânica levou-os até Malta e, depois, viajaram até ao Reino Unido. Atualmente, Hashem está preso em Trípoli à espera de julgamento por cumplicidade no atentado.

“O facto de este homem ter cometido uma atrocidade destas no território do Reino Unido depois de o termos resgatado da Líbia, faz com que seja um ato de traição ainda maior”, disse ao jornal uma fonte governamental não identificada. Na altura, com 19 anos, Abedi já era um conhecido das autoridades britânicas mas, mesmo assim, foi-lhe autorizado o embarque no navio.

O mesmo artigo adianta que os Serviços de Informação britânicos estavam a planear discutir a ameaça que o jovem representava, numa reunião que estava marcada para apenas nove dias depois de Salman Abedi se ter feito explodir depois do concerto de Ariana Grande, na Manchester Arena.

De acordo com o jornal britânico, Ramadan, pai do bombista, juntou-se à revolta contra Kadhafi, em 2011, mas não se sabe, porém, se algum dos seus filhos se juntaram a ele nessa luta ou se, pelo contrário, se juntaram à mãe, que na altura residia na Tunísia. Fontes secretas contactadas pelo Daily Mail garantem que Abedi não teria sido ainda radicalizado na altura em que o navio o salvou, permitindo o seu regresso seguro a casa.

Num comunicado enviado à agência France-Press, o ministério da Defesa explica que o seu resgate aconteceu “com base na informação disponível no momento“.

Samlam Abedi estudou Gestão na Universidade de Salford, mas acabou por desistir dos estudos. Como refere o jornal, terá sofrido uma “lavagem cerebral” através da internet, onde consumia dezenas de vídeos que explicavam como fazer bombas e outras páginas ligadas a grupos terroristas. “Ele não era uma ameaça e eram outros tempos”, dizem os responsáveis.

De acordo com um relatório de David Anderson, advogado, consultor independente na área do terrorismo e conselheiro das autoridades britânicas nesta matéria, Abedi foi investigado em janeiro de 2014 pela primeira vez, ou seja, sete meses antes de ter sido resgatado pelo navio da Marinha britânica.

Depois, em outubro de 2015, voltou aos radares das autoridades quando contactou com uma figura proeminente do extremismo islâmico, na Líbia, mas em ambas as ocasiões o caso foi fechado.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Atencao, ninguém diga que tem alguma coisa a ver com a “religiao da paz”, o Islão. O homem “consumia” videos de como fazer bombas, deviam ser videos do Macguyver

RESPONDER

Jesus não "perdoa" Vlachodimos pelo erro no dérbi. Vieira já definiu preço para o guardião

O jornal O Jogo escreve este sábado que o treinador do Benfica, Jorge Jesus, ainda não esqueceu o erro do guardião Odysseas Vlachodimos frente ao Sporting, numa partida para o campeonato que acabou com a …

Abandonar Aeroporto do Montijo e apostar em Alcochete custará ao Estado tanto como "15 hospitais"

O Aeroporto do Montijo está, de novo, em águas de bacalhau, mas se o Governo tiver mesmo de abandonar o projecto, o Estado terá de desembolsar uma indemnização de 10 mil milhões de euros. Além …

Equipas móveis vão percorrer o país para testarem alunos, professores e funcionários de escolas públicas

Equipas móveis - compostas por enfermeiros, técnicos e administrativos - vão percorrer o país para testarem todas as escolas públicas do continente. Numa primeira fase, o universo de testados rondará as 500 mil pessoas. O Público …

Disse para mim mesma: "Auriol, o primeiro é o teu lugar" - e foi

A portuguesa Auriol Dongmo conquistou, esta sexta-feira, a medalha de ouro do lançamento do peso nos Campeonatos da Europa de atletismo de pista coberta, que se estão a disputar em Torun, Polónia. Auriol Dongmo conquistou a …

Eduardo Quaresma não tem o que é preciso para singrar, diz olheiro de topo

Um olheiro internacional de topo considera que Eduardo Quaresma não tem aquilo que é preciso para singrar ao mais alto nível. Em declarações ao ZAP, o scout argumenta que lhe faltam qualidades físicas. Eduardo Quaresma é …

Governo aprova proposta de lei para retirar veto de autarquias a aeroportos

Após o chumbo do Montijo, o Conselho de Ministros aprovou, esta sexta-feira, uma proposta de lei que prevê a dispensa do parecer favorável das autarquias na construção de aeroportos. De acordo com o Observador, esta proposta …

João Loureiro regressou a Portugal. Diz ter sido "ingénuo ou utilizado" no caso do avião com cocaína

João Loureiro, antigo presidente do Boavista, aterrou esta sexta-feira em Portugal. Em declarações aos jornalistas, remeteu explicações para mais tarde. João Loureiro regressou a Portugal esta sexta-feira. O ex-presidente do Boavista afirmou ter sido “ingénuo” ou …

Pavlopetri é uma impressionante cidade subaquática na Grécia (e é das mais antigas do mundo)

A cidade foi descoberta nos anos 60 e acredita-se que tenha mais de 5 mil anos de história. Com o seu planeamento urbano praticamente intacto, o local ainda exibe ruas, pátios, edifícios e até mesmo …

Dos partidos aos patrões, há expectativas quanto ao plano de desconfinamento

O primeiro esboço do plano de desconfinamento será apresentado na reunião do Infarmed, marcada para a próxima segunda-feira. A apresentação do roteiro para a reabertura do país acontece no dia 11 de março. Esta semana, o …

"Estamos em pé de guerra." OMS defende dispensa de patente para países poderem fazer cópias baratas de vacinas

Os laboratórios devem dispensar as patentes se tal for necessário para garantir que todas as pessoas são imunizadas contra o novo coronavírus, defendeu o diretor-geral da Organização Mundial da Saúde (OMS). Num artigo publicado esta sexta-feira …